Bartonella henselae e Bartonella quintana, Anticorpos IgG e IgM, soro

Outros nomes:
DOENÇA DE ARRANHADURA DE GATO
BARTONELLA HENSELAE IGG/IGM
BARTONELLA QUINTANA IGG/IGM
BARTONELLA HENSELAE E BARTONELLA QUINTANA, SOROLOGIA
BARTONELLA HENSELAE, SOROLOGIA
BARTONELLA QUINTANA, SOROLOGIA
SOROLOGIA PARA BARTONELLA, SOROLOGIA PARA DOENÇA DA ARRANHADURA DO GATO, SOROLOG

Agendamento

Este exame nao necessita ser agendado.

Prazo de Entrega

Em até 15 dias corridos às 18h

Orientações necessárias

- Não é necessário preparo para este exame.

Processamento e adequação da amostra

- Receber a amostra em embalagem REF e mantê-la nesta condição até a manipulação. - Aguardar 30 minutos; - Centrifugar a 2200 g por 10 minutos a 4 ºC; - Aliquotar 1 mL de soro em tubo seco de alíquota padrão; - Enviar refrigerado ao LARI. -Volume mínino: 0,5 mL Estabilidade da amostra: Temperatura ambiente: não aceitável Refrigerado (2º-8ºC): 30 dias Congelado (-20ºC): 30 dias Amostras em temperatura ambiente não são aceitáveis.

Método

Imunofluorescência

Valor de referência

Bartonella henselae IgG: Menor que 1:128 IgM: Menor que 1:20 Bartonella quintana IgG: Menor que 1:128 IgM: Menor que 1:20

Interpretação e comentários

Bartonella henselae and Bartonella quintana são bactérias gram-negativas pleomórficas de formato alongado. O piolho humano (Pediculus humanus) é considerado o vetor da B. quintana. Nenhum hospedeiro animal foi ainda descrito para a B quintana O gato doméstico é considerado tanto o vetor, como o reservatório animal da B. henselae. Os gatos podem infectar seres humanos tanto pela arranhadura como por mordidas ou lambeduras ou, ainda, indiretamente por ação de vetores artrópodes. Seres humanos são os únicos hospedeiros nos quais a Bartonella causa doença significativa. B. henselae é o agente da doença da arranhadura do gato, uma linfadenite crônica supurativa, microscopicamente caracterizada por agregados de bactérias, microabcessos estrelados, granulomas com ou sem necrose. Além disso, pode causar peliose hepática, endocardite, doença ocular e do SNC, e até doença disseminada ou FOI. B. quintana causa angiomatose bacilar e endocardite, além de possíveis manifestações atípicas. A sorologia é útil para o diagnóstico rápido de infecção pela Bartonella, especialmente no contexto da doença da arranhadura do gato, visto que o isolamento em cultura tem baixa sensibilidade devido à característica insidiosa do agente. Interpretação IgG: amostras com títulos de IgG inferiores a 1/128 são consideradas negativas. O título de 1/128, isoladamente, não permite diferenciar infecção pregressa de recente por Bartonella, e deve suscitar o seguimento sorológico para verificar a elevação do título, para confirmar infecção ativa. Títulos iguais ou superiores a 1/256 são sugestivos de infecção ativa ou recente, mesmo na ausência de IgM. IgM: qualquer título igual ou superior a 1/20 é considerado indicativo de infecção ativa. Pode existir reatividade cruzada de IgG entre as espécies de Bartonella; contudo, os títulos costumam ser mais altos para a espécie infectante. Não ocorre reatividade cruzada de IgM.

Dias de Medicamento

0

Cobertura de convênios

Para informações sobre cobertura de convênio, consulte nossa página de Convênios ou ligue para nossa Central de Atendimento pelo telefone: (11) 3179-0822

Preços e Pagamento Particular

Sabia que o Fleury oferece parcelamento em até 6x sem juros e condições especiais para pagamento particular para os médicos cadastrados?

Não possui cadastro? Cadastre-se já!

Entre em contato com a nossa Central de Atendimento e agende seu exame: (11) 3179-0822