Cultura, para Fungos, Vários Materiais

Outros nomes:
CANDIDA, CULTURA
CULTURA PARA FUNGOS
FUNGOS, CULTURA
LEVEDURAS, CULTURA
MICOLOGICO COMPLETO
MICOLÓGICO INDIRETO
DERMATÓFITOS, CULTURA PARA

Agendamento

Este exame nao necessita ser agendado.

Prazo de Entrega

Em até 30 dias corridos às 18h

Orientações necessárias

I - Material - Esse exame pode ser realizado em diferentes materiais clínicos, tais como pele, pêlo, unhas, material de córnea, secreção genital, materiais do trato respiratório e urina, entre outros. Entretanto, não é realizado em fezes. II - Preparo - De preferência, o cliente não deve utilizar medicamentos tópicos nos três dias que antecedem o exame. Caso não possa suspender o tratamento, precisa informar ao Fleury as medicações usadas nesse período. - No caso de uso prévio ou atual de antifúngicos, o nome do medicamento precisa ser informado. A administração de antifúngicos não impede a realização do exame, mas, em algumas situações, pode interferir no resultado. - Em coletas em unhas, é necessário remover eventual esmalte um dia antes do exame. Além disso, as unhas não devem ser cortadas. - Se a análise envolver material de córnea, a coleta deve ser realizada pelo médico oftalmologista. No Fleury a coleta é realizada com agendamento prévio. - As coletas de material genital masculino são realizadas de segunda a sábado das 7 às 12 horas, em todas as Unidades de Atendimento. - ATENÇÃO, as unidades São Bernardo do Campo, Granja Viana, Chácara Klabin e Oscar Americano NÃO realizam coleta masculina. - No período da tarde, de segunda a sexta, somente na unidade Paraíso (até às 21 horas). - Aos domingos e feriados, das 7 às 12 horas, somente na Unidade Paraíso. - Para coleta em material vaginal, é necessário seguir os cuidados abaixo nas 48 horas anteriores ao exame: - não usar creme e/ou óvulo vaginal; - não utilizar ducha nem fazer lavagem interna; - não realizar exame ginecológico com toque e/ou ultra-sonografia transvaginal. - não manter relações sexuais, com ou sem uso de preservativos. - O ideal é não fazer o exame durante a menstruação. III - Materiais enviados - Se for enviado ao Fleury, o material clínico precisa estar refrigerado, com exceção de pele, unha ou pêlo. - No período da tarde, o exame é colhido de segunda a sexta-feira na Unidade República do Líbano I (até as 18 horas)

Processamento e adequação da amostra

Para materiais de Trato Respiratório (Secreção traqueal, Lavado brônquico ou broncoalveolar, escarro, fragmentos de pulmão) Se houver a solicitação de exames de AP na mesma amostra, enviar o material primeiramente ao setor MIC devidamente identificado com as etiquetas código de barras (tanto da MIC quanto do AP) correspondentes aos exames solicitados, utilizando protocolo específico para envio de amostras nestas condições. - Verificar se os materiais recebidos estão de acordo com o item ENFERMAGEM. Digitar no computador o local da coleta e a descrição do material. - Qualquer que seja o material clínico enviar o mesmo para a Seção de Microbiologia sem manipular, em saco plástico em temperatura ambiente. Se M/E vier refrigerado, enviar à Seção refrigerado. - Atenção: enviar urina refrigerada em tubo cônico. Estabilidade da amostra Temperatura ambiente: 12 horas Refrigerado (2-8 °C): 72 horas

Método

- Cultura em diversos meios apropriados para isolamento de fungos e leveduras.

Valor de referência

- Cultura negativa.

Interpretação e comentários

- O exame é útil no diagnóstico das infecções causadas por fungos ou leveduras, permitindo o isolamento e a identificação de agentes causadores de micoses superficiais ou sistêmicas, tais como dermatófitos, Histoplasma capsulatum, Aspergillus spp, Candida spp, Cryptococcus neoformans, Paracoccidioides brasiliensis e outros. - A coleta da amostra clínica tem papel crucial para o sucesso do exame micológico direto e de cultura. Da mesma forma, deve haver um cuidado especial na interpretação de alguns resultados, em especial no caso de isolamento de fungos filamentosos no trato respiratório de pacientes hospitalizados, pois, em grande parte dos casos, esse achado pode refletir contaminação por ocasião da coleta. Outra situação que merece atenção na interpretação é a cultura positiva de ponta de cateter venoso, uma vez que o resultado, nesse tipo de material, não é critério seguro para a definição de fungemia, visto que pode haver contaminação da amostra ao longo de sua coleta ou mesmo colonização do cateter pela levedura, sem relação obrigatória com infecção sistêmica. - Entre as leveduras, a Candida spp tem importante papel. Quanto à interpretação laboratorial em materiais clínicos variados nos quais foram isolados fungos do gênero Candida, é necessário, sempre que possível, estabelecer sua real participação na etiologia do processo infeccioso. Parte das infecções causadas por agentes desse gênero é de natureza oportunista e freqüentemente afeta mucosas e pele, podendo causar processos infecciosos agudos ou crônicos, superficiais ou profundos, com grande variedade de manifestações clínicas. O patógeno mais isolado é a Candida albicans, embora seja crescente o isolamento de outras espécies do gênero, como C. tropicalis, C. parapsilosis, C. krusei, C. glabrata e C. guillermondii. - É cada vez mais importante a identificação das diversas espécies de Candida, pois algumas apresentam resistência intrínseca a determinados antifúngicos, como a C. glabrata e a C. krusei, que são resistentes ao fluconazol. - Na rotina do Fleury, esta cultura inclui também o exame micológico direto, que é fundamental para a valorização de fungos de patogenicidade discutível, isolados em cultura. - O uso prévio de antifúngicos de uso tópico ou sistêmico pode ocasionar resultados falso-negativos.

Hospital

Nota: Digitar no computador o local da coleta e a descrição do material. PELE - Encaminhar o material para a MIC em saco plástico apropriado a temperatura ambiente. - Plantão Noturno: idem, manter o material a temperatura ambiente até encaminhar para a MIC. PÊLO - Encaminhar o material para a MIC em saco plástico apropriado a temperatura ambiente. - Plantão Noturno: idem, manter o material a temperatura ambiente até encaminhar para a MIC. UNHA - Encaminhar o material para a MIC em saco plástico apropriado a temperatura ambiente. - Plantão Noturno: idem, manter o material a temperatura ambiente até encaminhar para a MIC. SECREÇÕES - Encaminhar o tubo de salina para a MIC em saco plástico apropriado a temperatura ambiente. - Plantão Noturno: idem, manter o material a temperatura ambiente até encaminhar para a MIC. SECREÇÃO VAGINAL - Encaminhar o tubo de salina a temperatura ambiente em saco plástico apropriado. - Plantão Noturno: idem. Manter a amostra a temperatura ambiente até encaminhar para a MIC. URINA - Encaminhar o material refrigerado em saco plástico apropriado. - Plantão Noturno: idem. Manter a amostra refrigerada até encaminhar para a MIC. SANGUE - Deve ser aberto com a sigla WHEMOFUN. ABSCESSO: - Encaminhar a seringa em saco plástico adequado a temperatura ambiente para a Microbiologia. - Plantão noturno: idem. Manter a amostra refrigerada até o envio e enviar a temperatura ambiente. PONTA DE CATETER OU INTRACATH: - Manter o material a temperatura ambiente até o envio para a Microbiologia. - Enviar em saco plástico apropriado a temperatura ambiente. - Plantão noturno : idem MATERIAL DE CELULITE: - Manter o material a temperatura ambiente até o envio para a Microbiologia. - Encaminhar o material em saco plástico apropriado. - Plantão noturno: idem. Manter a amostra refrigerada até encaminhar para a MIC. BIÓPSIA: - Manter o material a temperatura ambiente até o envio para a Microbiologia. - Encaminhar a temperatura ambiente em saco plástico apropriado. - Plantão noturno: manter o material refrigerado até o envio para a MIC. LÍQUIDOS CAVITÁRIOS (L. ASCÍTICO, L.PLEURAL, L.PERICÁRDICO,L. SINOVIAL,L. PERITONEAL, BILE, L. DIÁLISE). - Manter o material a temperatura ambiente até encaminhar - Encaminhar a seringa a temperatura ambiente para a Microbiologia em saco plástico apropriado - Plantão Noturno : idem MEDULA ÓSSEA - Deixar o frasco a temperatura ambiente até encaminhar para a Microbiologia. - Colocar a lâmina em frasco porta lâminas - Colocar o material e o frasco porta lâminas em saco plástico apropriado e encaminhar - Plantão noturno: idem. - Prazo de resultado para medula óssea é o mesmo do WHEMOFUN: em até 45 dias corridos. ESCARRO E LAVADO BRONCOALVEOLAR - Encaminhar o material em saco plástico adequado a temperatura ambiente para a Microbiologia. - Plantão noturno: idem. Manter a amostra refrigerada até enviar para a Microbiologia.

Dias de Medicamento

IMPORTANTE: Anotar medicamento(s) do (s)último(s): 7 dias(s).

Cobertura de convênios

Para informações sobre cobertura de convênio, consulte nossa página de Convênios ou ligue para nossa Central de Atendimento pelo telefone: (11) 3179-0822

Preços e Pagamento Particular

Sabia que o Fleury oferece parcelamento em até 6x sem juros e condições especiais para pagamento particular para os médicos cadastrados?

Não possui cadastro? Cadastre-se já!

Entre em contato com a nossa Central de Atendimento e agende seu exame: (11) 3179-0822