Disfibrinogenemia, pesquisa, plasma

Outros nomes:
FIBRINOGÊNIO FUNCIONAL, PESQUISA
DISFIBRINOGENEMIA

Agendamento

Este exame nao necessita ser agendado.

Prazo de Entrega

Em até 15 dias corridos às 18h

Orientações necessárias

- Após dieta leve, o jejum não é necessário. Caso contrário, sugere-se jejum de três horas. - O cliente deve informar todos os medicamentos tomados nos últimos sete dias.

Processamento e adequação da amostra

Atenção: solicitar novo material para amostra hemolisada. Não serão aceitas amostras com o mínimo grau de hemólise. - PREPARO DO PPP (plasma pobre em plaquetas) - No MÁXIMO até 3 horas após a coleta, centrifugar o sangue em 18 ºC, por 15 minutos a 2200 g. - Identificar 2 tubos plásticos de 4,0 mL - Utilizando pipeta plástica, separar o plasma cuidadosamente com pipeta plástica sem tocar na camada onde estão as plaquetas e sem formar "espuma" - Colocar o plasma nos tubos etiquetados e tampar - Volume mínimo de plasma a enviar: 2 mL - Encaminhar 1 tubo congelado em gelo seco para a Hemostasia para a realização do fibrinogênio funcional (FIBRIN) e 1 tubo congelado em gelo seco que será encaminhado para a Nichols para a realização do fibrinogênio imunológico

Método

- Método Imunológico (Nefelometria) e Método Funcional (Método de Clauss).

Valor de referência

- Fibrinogênio Imunológico: 180 a 350 mg/dL Fibrinogênio Funcional: 200 a 400 mg/dL

Interpretação e comentários

- A disfibrinogenemia é uma doença rara, caracterizada pela presença de fibrinogênio funcionalmente alterado e em concentração normal ou aumentada, de acordo com métodos imunológicos. Essa alteração é determinada por uma mutação em um dos genes que codificam as cadeias do fibrinogênio (genes das cadeias alfa, beta ou gama), a qual, portanto, ocasiona a produção de molécula de fibrinogênio mutante e funcionalmente anormal. - A maioria dos indivíduos com disfibrinogenemia não apresenta manifestações clínicas. No entanto, uma parcela dessas pessoas pode ter manifestações hemorrágicas ou mesmo trombóticas, causadas por mecanismos ainda pouco esclarecidos. - A pesquisa laboratorial de disfibrinogenemia é feita por meio da quantificação de fibrinogênio por dois métodos: funcional e imunológico. Em indivíduos normais, há equivalência entre essas duas dosagens e nos casos suspeitos para disfibrinogenemia são observados níveis normais de fibrinogênio imunológico (antígeno) em associação à diminuição do fibrinogênio funcional (atividade). - Este teste, portanto, está indicado para a investigação laboratorial de manifestações hemorrágicas ou trombóticas, especialmente quando as causas mais comuns para essas duas entidades tiverem sido afastadas.

Dias de Medicamento

IMPORTANTE: Anotar medicamento(s) do (s)último(s): 14 dias(s).

Cobertura de convênios

Para informações sobre cobertura de convênio, consulte nossa página de Convênios ou ligue para nossa Central de Atendimento pelo telefone: (11) 3179-0822

Preços e Pagamento Particular

Sabia que o Fleury oferece parcelamento em até 6x sem juros e condições especiais para pagamento particular para os médicos cadastrados?

Não possui cadastro? Cadastre-se já!

Entre em contato com a nossa Central de Atendimento e agende seu exame: (11) 3179-0822