Manual de exames

Ecoendoscopia, diagnóstica baixa

Outros nomes: Ecoendoscopia diagnóstica de reto, ULTRA-SOM ENDOSCÓPICO OU ECOENDOSCOPIA DO RETO, ULTRA-SOM ENDOSCÓPICO OU ECOENDOSCOPIA DO CÓLON, Ultra-som Endoscópico ou Ecoendoscopia de Lesões da Mucosa ou Submucosa do Reto, Ultrassom endoscópico por via baixa, Ecoendoscopia do reto, Ultrassom endoscópico do cólon, Ecoendoscopia do cólon, Ecoendoscopia de lesões da mucosa ou submucosa do reto, Ecocolonoscopia do reto

Este exame precisa ser agendado

Principais indicações

Avaliação endoscópica e ultrassonográfica de afecções das paredes do cólon, reto e/ou estruturas adjacentes.

Orientações necessárias

I – INFORMAÇÕES SOBRE O EXAME

- O procedimento é executado sob sedação, sempre com agendamento prévio e mediante a apresentação do pedido médico.
- Recomenda-se a apresentação de exames anteriores.
- O medicamento a ser utilizado para o preparo do exame é o Manitol. O Manitol é fornecido pelo Fleury e deve ser retirado na véspera do exame nas Unidades: Alphaville, Rochaverá-Morumbi, Brasil II, Paraiso, Higienópolis e Itaim de Segunda-feira à Sexta-feira no horário das 7 às 18 h e aos Sábados das 7:00 às 12:00h. No momento da retirada do medicamento serão prestadas orientações.

II – CONTRAINDICAÇÕES A REALIZAÇÃO DO EXAME NO FLEURY

A colonoscopia com preparo domiciliar NÃO poderá ser realizado no Fleury nas seguintes situações:
a. Pacientes com IMC* maior de 40. Em tais casos, para a segurança do paciente, a recomendação médica é de que o exame seja feito em ambiente hospitalar;
b. Menores de 15 anos
c. Pacientes com mais de 65 anos de idade. Para estes, a parte final do preparo necessariamente tem de ser feita na unidade de atendimento, sob supervisão das equipes médica e de enfermagem.
d. Pacientes com intestino preso.
e. Pacientes com uso de contraste por via oral (ex: trânsito intestinal) nos últimos cinco dias;
f. Portadores de doença inflamatória intestinal ativa (Doença de Crohn ou retocolite ulcerativa).
g. Portadores de colostomia, gestantes, alérgicos a Látex ou em dieta com restrição de potássio.
h. Portadores de doenças sistêmicas descompensadas, ou condições consideradas de risco pela equipe médica (pacientes com insuficiência cardíaca, renal ou pulmonar, entre outras).
i. Usuários de CDI (cardiodesfibrilador implantável) ou oxigênio domiciliar
j. Portadores de tetraplegia, paraplegia ou pacientes com limitação no caminhar recomenda-se a realização do exame em ambiente hospitalar, em razão das dificuldades impostas ao preparo.

*Para obter o valor do IMC, basta dividir o peso (kg) pelo quadrado da altura (m).
Acompanhante
O exame só é realizado mediante a presença de um acompanhante adulto, maior de 18 anos e capaz, que deve estar presente durante toda a permanência do paciente no Fleury. Esta condição é indispensável.
- Clientes menores de idade: o acompanhante deve ser um responsável legal (pai, mãe ou tutor). A presença dos pais é permitida na sala de exame somente até iniciar a sedação.

III – MEDICAMENTOS A SEREM SUSPENSOS COM CONCORDÂNCIA DO SEU MÉDICO

Alguns medicamentos precisam ser suspensos antes do exame conforme abaixo, sempre com a concordância do seu médico.
Anticoagulante/antiagregantes: podem trazer risco de sangramento.
Antidiabéticos injetáveis: podem dificultar o esvaziamento gastrointestinal.
O ácido acetilsalicílico (AAS® e Aspirina®) não precisa ser suspenso.

Confira a lista abaixo:

21 dias antes:
Semaglutida (Ozempic®)
Semaglutida (Rybelsus® - via oral)


10 dias antes:
Dulaglutida (Trulicity®)
Tirzepatida (Monjauro®)

7 dias antes:
Varfarina (Marevan®, Coumadin®)
Clopidogrel (Plavix®, Plagrel®, Iscover®)
Prasugrel (Effient®)
Ticlopidina (Ticlid®)
Ticagrelor (Brilinta®)

48 horas antes:
Reposição de ferro via oral (não há necessidade de suspenção da reposição via injetável).
Dabigatrana (Pradaxa®)
Rivaroxabana (Xarelto®)
Apixabana (Eliquis®)
Edoxabana (Lixiana®)
Liraglutida (Victoza®, Saxenda®, Xutolphy®)

24 horas antes:
Enoxaparina (Clexane®)

Marcapasso

Usuários de marca-passo devem reprogramar o dispositivo com seu cardiologista antes do exame.
Para usuários portadores de CDI (cardiodesfibrilador implantável) o procedimento deve ser realizado em ambiente hospitalar.

IV – DIETA E PREPARO

Para um bom preparo do intestino, é necessário a suspensão de alguns alimentos e uso de laxantes. 5 DIAS ANTES: interromper o uso de sementes e cereais integrais, como linhaça, trigo, aveia, centeio e cevada, incluindo produtos que contêm esses grãos em sua composição, a exemplo de macarrão integral, pão integral, arroz integral, cereais matinais e biscoito de aveia, entre outros; frutas como mamão, laranja, mexerica, manga, melancia.

VÉSPERA DO EXAME:

A. Alimentação:

- Líquidos: durante o dia, o cliente deve ingerir, no mínimo, dois litros de líquidos de coloração clara, como água, chá, sucos coados ou em caixa e bebidas isotônicas. Quanto maior a ingestão destas bebidas melhor!
- Alimentos: a restrição de alimentos integrais deve ser mantida. A dieta precisa ser leve, de preferência pastosa, à base de alimentos como purê, arroz branco, ovo cozido, frango ou peixe grelhado, batata cozida, caldo sem sólidos, macarrão sem molho, bolacha de água e sal, pão de forma, torrada ou pão francês (exceto pães integrais) e gelatinas claras.
- O paciente não pode comer carnes vermelhas, verduras e legumes em geral, frutas, cascas, leite e derivados, tampouco ingerir bebida alcoólica.
- Na véspera do exame, o cliente pode alimentar-se até as 20horas. A partir desse horário, só é permitido ingerir líquidos, sempre de coloração clara.

B. Laxativos:

Os medicamentos utilizados no preparo deste exame, o paciente pode escolher Dulcolax® ou Muvinlax®.
Dulcolax :Tomar, por via oral, dois comprimidos de Dulcolax® às 18 h e mais dois comprimidos às 22h.
Muvinlax: Às 18h Tomar por via oral, dez envelopes de Muvinlax® diluídos em um litro de água. Essa solução deve ser consumida aos poucos, num período máximo de duas horas.
- Depois disso, é necessário ingerir, também aos poucos, em um intervalo de uma a duas horas, mais um litro de água ou de algum outro líquido de coloração clara, como chá, sucos coados ou em caixa e bebidas isotônicas.
- Essas medicações causam diarreia, com o objetivo de limpar o intestino, e podem causar cólicas abdominais. É aconselhável que o paciente permaneça em casa, preferencialmente acompanhado.

DIA DO EXAME:

A - ALIMENTAÇÃO (DIETA)

- É obrigatório fazer jejum de alimentos sólidos.
- Só é permitido ingerir líquidos claros, a exemplo de água, sucos claros coados, bebidas isotônicas claras e chá, até 4 horas antes do horário do exame agendado para o exame. Água de côco e leite NÃO devem ser ingeridos.


B - MEDICAMENTO NO DIA DO EXAME

- O medicamento a ser utilizado no dia do exame é o Manitol.
- Para preparar a solução de Manitol, deve-se dissolver o conteúdo do sachê em 1500ml (1,5L) de água e adicionar 60 gotas de dimeticona nesta solução.
A solução deve ser ingerida ao longo de uma hora e meia, iniciando-se a ingesta 6 horas antes do horário agendado. Sugere-se manter o ritmo de 1 copo de 250 ml a cada 10 minutos.
A adição do suco coado de dois limões pode tornar o preparo mais palatável.
Água ou líquidos claros poderão ser ingeridos antes do início da tomada da solução de manitol.
Durante a ingesta do Manitol não ingerir outro líquido.
Finalizada a ingesta da solução, permanecer sentado(a) ou em pé, mantendo o jejum.

Interpretação e comentários

- Este exame serve para a avaliação de lesões da parede do reto, do cólon e de estruturas ou órgãos adjacentes. De maneira genérica, está indicado para o estadiamento de neoplasias do reto e para o diagnóstico de lesões da submucosa ou adjacentes ao reto e cólon. Na presença de lesões com indicação de diagnóstico citopatológico, pode-se realizar punção guiada pela ecoendoscopia ou biópsia, com índice de complicação muito baixo.


Regiões estudadas

Paredes do cólon, reto e/ou estruturas adjacentes.


Convênio e cobertura

Consulte nossa página de Convênios para mais informações

Particular e valores

Não tem convênio? Fale com a gente e consulte as condições especiais de pagamento particular.

Faça em casa

Agora, você pode fazer exames de sangue, urina e fezes em casa, no trabalho ou onde preferir. Consulte as regiões de cobertura