FEBRE AMARELA, Pesquisa de anticorpos IGG e IGM, Vários Materiais

Outros nomes:
SOROLOGIA PARA FEBRE AMARELA
SOROLOGIA PARA VÍRUS DA FEBRE AMARELA
RESPOSTA A VACINA DA FEBRE AMARELA

Agendamento

Este exame nao necessita ser agendado.

Prazo de Entrega

Em até 20 dias corridos às 18h

Orientações necessárias

- Não é necessário preparo para este exame. - Este exame pode ser realizado no sangue (soro) ou no liquor. - O exame pode ser realizado em liquor colhido no Fleury ou enviado. Para a coleta no Fleury, é necessário agendamento prévio. Para material enviado, é necessário volume de 2 mL de liquor, acondicionado em tubo cônico estéril, refrigerado, entregue em até 72 horas após a coleta.

Processamento e adequação da amostra

1) SORO - Centrifugar por 10 min., a 2200 g, a 18°C. - Aliquotar 1 mL de soro em tubo de alíquota padrão. ATENÇÃO: Utilizar a etiqueta SORO/TESTE para fazer alíquota extra de 0,5 mL de soro, caso tenha volume suficiente, e encaminhar para o setor do LARI/LARN. Estabilidade da amostra: Temperatura Ambiente: 1 dia Refrigerado (2º-8ºC): 14 dias Congelado: 28 dias 2) LIQUOR - Enviar no mínimo 2 mL de liquor (mínimo 1 mL) em tubo cônico estéril. - Refrigerar a amostra a 2-8ºC. ATENÇÃO: Utilizar a etiqueta SORO/TESTE para fazer alíquota extra de 0,5 mL de liquor, caso tenha volume suficiente, e encaminhar para o setor do LARI/LARN. - Estabilidade da amostra: -- Temperatura ambiente: 72 horas -- Refrigerada: 30 dias -- Congelada: 90 dias

Método

Imunofluorescência indireta.

Interpretação e comentários

O teste é utilizado para o diagnóstico de febre amarela, doença grave, de alta letalidade, causada pelo vírus da febre amarela. A doença é endêmica no Brasil, mas se comporta com ondas epidêmicas periódicas. O exame é importante ainda para diagnóstico diferencial das várias arboviroses que circulam concomitantemente no Brasil atualmente: dengue, zika, chikungunya, febre amarela, mayaro, oropouche e vírus do Nilo Ocidental. Os anticorpos contra o vírus da febre amarela começam a ser produzidos cerca de 5 dias após o início dos sintomas, para IgM, e 7 dias para IgG. Na primeira semana de doença, portanto,o teste recomendado para o diagnóstico é a PCR, enquanto a pesquisa de anticorpos é útil a partir da segunda semana. Na suspeita da infecção, a presença de IgM e a soroconversão de IgG confirmam o diagnóstico. A presença de IgG, isoladamente, indica infecção ou vacinação pregressas. Pessoas vacinadas apresentam dinâmica de produção de anticorpos muito semelhante à observada na infecção natural, de modo que este teste não permite distinguir anticorpos produzidos em uma ou em outra situação. A detecção de IgM no liquor sugere a produção intratecal de anticorpos contra o vírus da febre amarela e presença de atividade da doença no sistema nervoso central. Em casos suspeitos de doença neurotrópica associada à vacinação contra febre amarela, a presença de IgM no liquor confirma o diagnóstico (Brasil. Ministério da Saúde. Manual de vigilância epidemiológica de eventos adversos pós-vacinação. 3ed, 2014. Página 80).

Valor de referência

IgG: Não reagente: Inferior a 1/20 Reagente: Igual ou superior a 1/20 IgM: Não reagente: Inferior a 1/20 Reagente: Igual ou superior a 1/20

Dias de Medicamento

0

Cobertura de convênios

Para informações sobre cobertura de convênio, consulte nossa página de Convênios ou ligue para nossa Central de Atendimento pelo telefone: (11) 3179-0822

Preços e Pagamento Particular

Sabia que o Fleury oferece parcelamento em até 6x sem juros e condições especiais para pagamento particular para os médicos cadastrados?

Não possui cadastro? Cadastre-se já!

Entre em contato com a nossa Central de Atendimento e agende seu exame: (11) 3179-0822