Fibronectina fetal, teste de

Outros nomes:
FIBRONECTINA FETAL (FFN)
RASTREAMENTO BIOQUÍMICO DA PREMATURIDADE POR FIBRONECTINA FETAL
PREDIÇÃO DA PREMATURIDADE PELA FIBRONECTINA FETAL

Agendamento

Este exame nao necessita ser agendado.

Prazo de Entrega

Em até 1h

Principais indicações

- O exame avalia o risco de parto prematuro, ou seja, antes de 37 semanas gestacionais. Se for positivo, existe um risco aumentado para prematuridade e, se for negativo, essa possibilidade é baixa. - Assim sendo, o teste está principalmente indicado nos seguintes casos: -- gestações únicas, entre 22 e 35 semanas, com queixas de cólica e/ou contrações uterinas; -- grávidas com história de partos prematuros anteriores; -- gestações múltiplas (dois ou mais fetos); -- grávidas com colo curto ou dilatação do colo uterino; -- gestantes com história de cirurgias de colo uterino (amputações, conizações e CAF - cirurgia de alta frequência); -- grávidas com malformações uterinas (útero bicorno, útero didelfo, útero septado)

Regiões estudadas

- Fundo de saco vaginal (conteúdo/secreção vaginal).

Orientações necessárias

1 - Critérios de realização - O exame deve ser realizado entre a 22ª e a 35ª semana de gestação, mediante apresentação de solicitação médica.. - Exame realizado nas Unidades Paraíso das 7 às 18h, de segunda a sexta e no sábado das 7 às 12h. - A coleta é feita por via vaginal, com a colocação de espéculo para a visualização do colo uterino. - Resultado liberado em 1 hora - Na presença de sangramento genital não será realizada a coleta. - Em caso de dúvida contactar o médico da Medicina Fetal 2 - Preparo . Na véspera e no dia do exame, a cliente deve evitar: -- relações sexuais; -- toque vaginal; -- cremes ou óvulos locais; -- duchas vaginais; -- ultrassom transvaginal. 3 - Observações - Após o exame, a cliente pode continuar utilizando medicações vaginais, como cremes ou óvulos. - Não há necessidade de repouso depois da coleta.

Método

- O Fleury utiliza o teste da ACTIM PARTUS, um ensaio por imuno-ouro de fase sólida, que detecta qualitativamente a presença da proteína IGFBP-1 na secreção cervicovaginal.

Valor de referência

- Negativo.

Interpretação e comentários

- A fibronectina está normalmente presente na secreção vaginal nas primeiras 22 semanas de gestação e após a 36ª semana. Contudo, essa proteína não deve ser encontrada na secreção cervicovaginal entre a 22ª e 36ª semana de gravidez. - Esse teste rápido de avaliação qualitativa detecta a fibronectina fetal na secreção vaginal de gestantes exatamente nesse período, entre a 22ª e 36ª semana gestacional. A presença dessa proteína indica risco aumentado para o parto prematuro, principalmente nas duas semanas seguintes. - O resultado do teste, que é realizado pela coleta da secreção vaginal do fundo de saco posterior, fica pronto em até 15 minutos, sendo expresso como positivo ou negativo. A positividade representa risco de prematuridade, mas convém alertar que a presença de sangue, sêmen, medicações e gel na região cervicovaginal podem interferir no teste, assim como o toque vaginal, gerando resultados falso-positivos. - É possível combinar o exame com outros testes para a predição da prematuridade, tais como ultrassonografia transvaginal do colo uterino e cardiotocografia para registro das contrações uterinas.

Dias de Medicamento

0

Cobertura de convênios

Para informações sobre cobertura de convênio, consulte nossa página de Convênios ou ligue para nossa Central de Atendimento pelo telefone: (11) 3179-0822

Preços e Pagamento Particular

Sabia que o Fleury oferece parcelamento em até 6x sem juros e condições especiais para pagamento particular para os médicos cadastrados?

Não possui cadastro? Cadastre-se já!

Entre em contato com a nossa Central de Atendimento e agende seu exame: (11) 3179-0822