Imunofluorescência Direta, material renal

Outros nomes:
IMUNOFLUORESCÊNCIA DIRETA DE RIM
IMUNOFLUORESCÊNCIA DIRETA RENAL
IMUNOFLUORESCÊNCIA DE BIÓPSIA RENAL

Agendamento

Este exame nao necessita ser agendado.

Prazo de Entrega

Em até 10 dias úteis (sem contar o sábado) às 22h

Orientações necessárias

- Este exame é realizado em material de biópsias de rim, percutâneas ou cirúrgicas, imerso em meio de transporte apropriado (MEIO DE MICHEL), fornecido pelo Fleury. - Após a coleta, as amostras podem permanecer até 48 horas no meio de transporte (MEIO DE MICHEL) em temperatura ambiente. - O Fleury não aceita materiais fixados em formol ou em qualquer outro tipo de fixador.

Processamento e adequação da amostra

- Enviar o material para seção em temperatura ambiente o mais rápido possível. - O PRET deve avisar o setor quando este material chegar no Jabaquara, para dar andamento no exame, o mais rápido possível

Método

- Reação de imunofluorescência direta, na qual os anticorpos utilizados (IgG, IgM, IgA, C1q, C3, albumina, kappa, lambda e fibrinogênio) são conjugados com fluoresceína. - A leitura e a interpretação do resultado são feitas por analistas ou assessores técnicos devidamente treinados e checadas por médico patologista com o uso de um microscópio de fluorescência.

Valor de referência

- Negativo.

Interpretação e comentários

- A imunofluorescência direta "in situ" das biópsias renais é um recurso indispensável para complementar o diagnóstico histológico das glomerulopatias. O exame se vale de um método imunoistoquímico fluorescente para a detecção de depósitos de imunoglobulinas (IgA, IgG e IgM), cadeias leves (kappa e lambda) da imunoglobulina, frações do complemento (C1q e C3c) e outras proteínas, como fibrinogênio e albumina, no tecido renal em estudo. As principais glomerulopatias cursam com depósitos renais das moléculas já citadas, principalmente as causadas por distúrbios imunológicos e/ou por deposição de imunocomplexos. - Seguem alguns exemplos de doenças renais glomerulares para as quais a imunofluorescência renal se faz necessária: -- diagnóstico diferencial entre nefrite lúpica e outras glomerulonefrites que cursam com sintomas clínicos semelhantes, mediadas ou não por imunocomplexos (glomerulopatia por IgA, glomerulopatia membranosa e glomerulosclerose segmentar e focal, além da glomerulopatia por lesões mínimas); -- diagnóstico diferencial da síndrome nefrótica (glomerulopatia membranosa, glomerulosclerose segmentar e focal e glomerulopatia por lesões mínimas); -- diagnóstico diferencial das glomerulopatias rapidamente progressivas (glomerulopatias crescênticas imunes ou paucimunes); -- diagnóstico diferencial das glomerulonefrites membranoproliferativas (glomerulonefrite lúpica, crioglobulinemia, glomerulonefrites idiopáticas); -- diagnóstico diferencial das glomeruloscleroses nodulares (nefropatia diabética ou glomerulopatia por depósitos de cadeias leves); -- auxílio ao diagnóstico de doenças como nefropatia por cadeias leves de Fanconi, doença de depósitos densos, glomerulosclerose segmentar e focal e crioglobulinemia.

Dias de Medicamento

0

Cobertura de convênios

Para informações sobre cobertura de convênio, consulte nossa página de Convênios ou ligue para nossa Central de Atendimento pelo telefone: (11) 3179-0822

Preços e Pagamento Particular

Sabia que o Fleury oferece parcelamento em até 6x sem juros e condições especiais para pagamento particular para os médicos cadastrados?

Não possui cadastro? Cadastre-se já!

Entre em contato com a nossa Central de Atendimento e agende seu exame: (11) 3179-0822