Insulina, pós prandial, soro

Outros nomes:
INSULINA, PÓS PRANDIAL

Agendamento

Este exame nao necessita ser agendado.

Prazo de Entrega

Em até 2 dias úteis (incluindo sábados) às 18h

Orientações necessárias

- O cliente não deve se submeter a esforço físico antes do teste. - A amostra precisa ser colhida duas horas após o início da refeição (almoço) ou conforme solicitação médica. No primeiro caso, o tempo deve ser cronometrado a partir do começo da refeição. - Por razões eminentemente técnicas, é importante que o horário de coleta seja respeitado. A tolerância de atraso será de, no máximo, 15 minutos, depois dos quais não há mais possibilidade de realizar o exame. - O uso de medicamentos para diabetes não deve ser suspenso, a não ser que exista informação contrária do médico assistente. - O uso de biotina e suplementos alimentares que contenham biotina devem ser suspensos 3 dias antes da coleta. Obs.: Se a glicemia de jejum também tiver sido solicitada e a coleta da glicemia pós-prandial não for possível no mesmo dia, colher glicemia pós prandial preferencialmente até três dias após a glicemia de jejum.

Processamento e adequação da amostra

- Receber a amostra em embalagem REF e mantê-la nesta condição até a manipulação. - Informar, no sistema, o peso e altura do cliente; - Aguardar 30 minutos; - Centrifugar a 2200 g por 10 minutos a 4 ºC; - Não aliquotar; - Enviar à seção, refrigerado; UNIDADE BRASÍLIA: - Aliquotar 1 mL de soro, enviar congelado. Estabilidade da amostra: Temperatura ambiente: não aceitável; Refrigerada (2-8 ºC): 5 dias; Congelada (-20 ºC): 1 ano.

Método

- Ensaio eletroquimioluminométrico.

Valor de referência

- Insulina (em jejum): -- Indivíduos com glicose normal (inferior a 100 mg/dL) e IMC até 25: 2 a 13 mU/L -- Indivíduos com glicose normal (inferior a 100 mg/dL) e IMC entre 25 e 30: 2 a 19 mU/L -- Indivíduos com glicose normal (inferior a 100 mg/dL) e IMC acima de 30: 2 a 23 mU/L - Glicose (em jejum) : 75 a 99 mg/dL COMENTÁRIOS: Não existem valores de referência estabelecidos para os níveis de insulina pós-prandiais. A interpretação desse resultado deve ser feita pelo médico assistente, baseado nas características de cada paciente.

Interpretação e comentários

- A dosagem de insulina pós-prandial pode ser útil para a avaliação de reserva insulínica em portadores de diabetes mellitus. - O cálculo do índice HOMA-IR é baseado em modelo matemático com emprego das dosagens de insulina e glicose de jejum. Trata-se de informação adicional para aferição de resistência à insulina. Não existem valores que definem normalidade. A interpretação do resultado deve ser feita junto com outros parâmetros clínicos e laboratoriais, tais como peso, índice de massa corpórea (IMC), medida da circunferência da cintura, níveis glicêmicos e pressóricos. Em uma população estudada no Fleury, composta de mais de 1800 adultos normoglicêmicos, encontramos as seguintes distribuições de HOMA-IR, em função do IMC: IMC........................Insulina de jejum HOMA-IR Kg/m2............................mU/L até 25............................2 a 13..................0,4 a 2,9 de 25 a 30.....................2 a 19..................0,4 a 4,3 acima de 30...................2 a 23..................0,7 a 8,2

Dias de Medicamento

IMPORTANTE: Anotar medicamento(s) do (s)último(s): 30 dias(s).

Cobertura de convênios

Para informações sobre cobertura de convênio, consulte nossa página de Convênios ou ligue para nossa Central de Atendimento pelo telefone: (11) 3179-0822

Preços e Pagamento Particular

Sabia que o Fleury oferece parcelamento em até 6x sem juros e condições especiais para pagamento particular para os médicos cadastrados?

Não possui cadastro? Cadastre-se já!

Entre em contato com a nossa Central de Atendimento e agende seu exame: (11) 3179-0822