Mycobacterium avium e M. intracellulare, pesquisa por PCR, Vários Materiais

Agendamento

Este exame nao necessita ser agendado.

Prazo de Entrega

Em até 20 dias corridos às 18h

Orientações necessárias

- É necessário trazer documento de identidade (RG). - Este exame pode ser realizado em: lavado brônquico, sangue, ou escarro. Lavado brônquico: - Para que a coleta seja efetuada no Fleury, o cliente tem de agendar também uma broncoscopia. Líquido pleural: - A coleta pode ser feita no Fleury, guiada por ultrassom, com agendamento prévio. - Amostras não colhidas no Fleury devem permanecer refrigeradas e ser entregues em até 7 dias após a coleta. Escarro: - É necessário retirar previamente no Fleury as instruções e o kit para a coleta de escarro, que deve ser feita em casa, antes do café-da-manhã. - O cliente deve escovar os dentes e bochechar com bastante água, tossir profundamente (tosse tipo diafragmática) e colocar o material no recipiente de coleta, observando bem o processo para que a amostra obtida seja realmente escarro, e não saliva. - O material deve ser entregue no Fleury em até 2 horas após a coleta, se em temperatura ambiente, ou até 72 horas, se mantido refrigerado (2 a 8 ºC).

Processamento e adequação da amostra

1. Lavado brônquico - Não Centrifugar - Enviar mínimo de 2 mL de lavado brônquico, em frasco estéril, refrigerado. 2. Sangue: - Não Centrifugar - Enviar o material no próprio tubo de coleta, refrigerado. 3. Líquido pleural: - Não Centrifugar - Enviar mínimo de 2 mL de líquido pleural, em frasco estéril, refrigerado. 4. Escarro: - Enviar mínimo de 2 mL de escarro, em frasco estéril, refrigerado. NÃO congelar. - Estabilidade da amostra: Lavado brônquico, Sangue, Líquido Pleural: Temperatura ambiente: 24 horas Refrigerada (2-8ºC): 14 dias Congelada (-20ºC): 1 mês Escarro: Temperatura ambiente: 6 horas Refrigerada (2-8ºC): 14 dias Congelada (-20ºC): não aceitável

Método

- PCR em Tempo Real (Reação de Polimerase em Cadeia em tempo real)

Valor de referência

- Negativo

Interpretação e comentários

Os dois quadros clínicos mais frequentemente observados em pacientes infectados por Mycobacterium avium e M. intracellulare são micobacteriose pulmonar em pacientes com bronquiectasias, e e doença disseminada em pacientes com aids. Essas espécies são encontradas em diversos nichos como solo, sistemas de abastecimento de água potável, e em animais. A via de infecção pode ser inalação ou ingestão. O teste é particularmente útil nos casos de baciloscopia positiva, permitindo a diferenciação entre M. tuberculosis e M.avium ou M. intracellulare, uma vez que o tratamento das infecções por M. avium ou M. intracellulare deve inicialmente incluir claritromicina, antimicrobiano sem atividade contra M. tuberculosis. A PCR positiva para M. avium ou M. intracellulare não pode ser utilizada como o único critério para diagnóstico de micobacteriose pulmonar por essas espécies. A exclusão do diagnóstico de tuberculose, particularmente em paciente brasileiros, é mandatória. Nesse contexto, a PCR específica para o complexo M. tuberculosis deve fazer parte do algoritmo diagnóstico.

Dias de Medicamento

0

Cobertura de convênios

Para informações sobre cobertura de convênio, consulte nossa página de Convênios ou ligue para nossa Central de Atendimento pelo telefone: (11) 3179-0822

Preços e Pagamento Particular

Sabia que o Fleury oferece parcelamento em até 6x sem juros e condições especiais para pagamento particular para os médicos cadastrados?

Não possui cadastro? Cadastre-se já!

Entre em contato com a nossa Central de Atendimento e agende seu exame: (11) 3179-0822