Preparo de material, para transplante fecal, fezes

Outros nomes:

Preparo de fezes para transplante fecal

Transplante de fezes

Orientações necessárias

- O doador deve ser previamente qualificado por exames de sangue e de fezes, mediante requisição e análise dos resultados pelo clínico responsável pelo transplante. - Pelo menos 24 horas antes da coleta da amostra de fezes para doação, o doador deve manter seus hábitos alimentares usuais, mas evitando alimentos com excesso de condimentos, gorduras e fibras. - O Fleury não realiza o procedimento de transplante. Apenas prepara a suspensão fecal para o transplante. - Médico responsável pelo transplante deve entrar primeiro em contato com a Diretoria Clínica da instituição na qual será realizado o transplante para confirmar se o procedimento pode ser realizado. - É recomendável que a terapia antimicrobiana administrada ao doador seja interrompida pelo menos 12 horas antes do transplante.

Processamento e adequação da amostra

- Enviar refrigerado para a seção processante, sem manipular.

Método

- Diluição, homogeneização e filtragem de fezes

Interpretação e comentários

- O transplante de fezes está indicado em casos de diarreia causada por Clostridioides difficile, nos quais tenha havido falha terapêutica ou recidiva. A literatura diverge em relação aos exames a serem realizados para a qualificação do doador, conforme detalhado na publicação Kapel et al. Clin Microbiol Infect 2014; 20: 1098-1105. - Nenhum exame é feito na suspensão fecal a ser transplantada, em função da labilidade do material. - O ideal é que o transplante seja realizado em até seis (6) horas após a doação das fezes. Recomendamos a seguinte lista mínima de exames para a qualificação do doador: 1- Sorologias 1a- HIV 1b- HTLV 1c- Hepatite A (anticorpos totais e IgM) 1d- Hepatite B (HBs Ag, anti-HBs e anti-HBc) 1e- Hepatite C (anticorpos totais) 1f- EBV (importante avaliar também o receptor, pois deve haver concordância, ou seja, se o doador for positivo o receptor também deve ser positivo) 1g- CMV (importante avaliar também o receptor, pois deve haver concordância, ou seja, se o doador for positivo o receptor também deve ser positivo) 2- Exames nas fezes 2a- Parasitológico (inclui pesquisa de Strongyloides stercoralis pelo método de Baermann-Moraes) 2b- Pesquisa de antígeno de Giardia lamblia 2c- Pesquisa de antígeno de Cryptosporidium 2d- ELISA para pesquisa de toxinas de Clostridioides difficile ou PCR 2e- Cultura de fezes 2f- Cultura para bacilo gram negativo multirresistente 2g- Cultura para Enterococcus sp resistente à vancomicina 2h- Cultura para bacilos gram-negativos resistente a carbapenêmicos Itens 2f; 2g; 2h - seguir a rotina de pesquisa da Comissão de Controle de Infecção Hospitalar do respectivo hospital.

Cobertura de convênios

Para informações sobre cobertura de convênio, consulte nossa página de Convênios ou entre em contato com a nossa Central de Atendimento pelo Whatsapp (11) 3179-0822.

Preços e Pagamento Particular

Sabia que o Fleury oferece parcelamento em até 10x sem juros e condições especiais para pagamento particular para os médicos cadastrados?

Não possui cadastro? Cadastre-se já!

Entre em contato com a nossa Central de Atendimento e agende seu exame pelo Whatsapp (11) 3179-0822.