Protrombina, Tempo de, teste rápido, para Hospitais, sangue total

Outros nomes:

TP por método point of care

TP teste rápido

TP por método pocket

TP Cascade POC

INR por método point of care

INR teste rápido

INR por método pocket

INR Cascade POC

Orientações necessárias

O cliente deve informar os medicamentos tomados nos últimos sete dias, especialmente heparina e anticoagulantes orais. Esta é uma metodologia de point-of-care que deve ser usada apenas para triagem e com cautela na decisão terapêutica. Recomenda- se correlação clínico laboratorial e realização do teste em metodologia de referência sempre que seus resultados estiverem alterados.

Processamento e adequação da amostra

Antes de iniciar o procedimento, todo o material necessário para a execução deverá ser organizado sobre a mesa. Os cartões deverão ser mantidos à temperatura ambiente (20 a 25ºC) antes da retirada da embalagem individual e antes da execução do teste. CUIDADO: Os cartões devem ser utilizados dentro de 15 minutos após a abertura da embalagem individual e não devem ser reaquecidos ou novamente levados ao refrigerador. Remova o cartão de teste da embalagem e segure-o de maneira que o nome completo do teste esteja virado para cima. Passe o cartão firmemente e corretamente no leitor do cartão (parte superior do equipamento) O analisador interpretará a informação decodificada e mostrará cada etapa seguinte do procedimento. Quando estiver pronto, posicione o cartão no analisador (parte anterior do equipamento) e deixe-o aquecer. CUIDADO: Não deixe o cartão no analisador por mais de 15 minutos antes de aplicar a amostra. O aquecimento prolongado do cartão pode afetar o desempenho do teste. Após ser inserido, o analisador indica o operador para selecionar o tipo de amostra utilizada no teste. Quando solicitado, adicione 30 a 35?L de amostra na superfície indicada no cartão (círculo colorido). A colocação da amostra inicia o teste automaticamente. Na tela do equipamento aparecerá a mensagem de execução do teste e ao término, o resultado em segundos e o INR. Cada cartão deve ser utilizado somente 1 vez e descartado ao término do procedimento e caso o volume de sangue adicionado não seja suficiente para a execução do teste, deve-se utilizar outro cartão, não sendo possível adicionar novo volume de sangue após o início da execução do teste

Método

O CASCADE POC ® é um equipamento point-of-care de hemostasia que permite executar testes de coagulação em sangue citratado, sem preparo prévio da amostra. Utiliza como metodologia a química seca, através de cartão reagente com partículas paramagnéticas (detecção óptica da formação da fibrina). Possui calibração automática, ao ligar o equipamento. Controle de qualidade biológico em dois níveis, Normal (Level 1) e Anormal (Level 2) e sistema habilitado para interfaceamento.

Valor de referência

9,6 a 13,1 segundos

Interpretação e comentários

: O teste do TP (INR) é sensível a reduções dos fatores I, II, V, VII, IX, X e pode estar prolongado na deficiência de um ou mais destes fatores - O exame tem utilidade na detecção de deficiências congênitas e adquiridas dos fatores da via extrínseca da coagulação e geralmente é usado como teste de triagem pré-operatória. Seu prolongamento pode ocorrer: -- durante terapêutica com anticoagulantes orais, principalmente os derivados cumarínicos -- na presença de inibidores inespecíficos -- na presença de inibidores específicos de fator (anti-FV, anti-FVII); -- em doenças hepáticas; -- em desordens do metabolismo da vitamina K (deficiência de síntese ou de absorção); -- na presença de produtos de degradação da fibrina (PDF); -- na coagulação intravascular disseminada (CIVD); -- na disfibrinogenemia, na afibrinogenemia e na hipofibrinogenemia (fibrinogênio menor que 100mg/dL). Em pessoas que usam anticoagulante oral, a estabilização do TP só é atingida em torno de 6 a 10 dias após o início dessa terapêutica e, quando o anticoagulante é suspenso, são necessários de 4 a 7 dias para que o TP volte a níveis normais. A administração de vitamina K parenteral reverte a ação dos anticoagulantes orais de 12 a 14 horas após seu uso. - Na fase estável de anticoagulação oral, os indivíduos devem ser monitorados com resultados de TP expressos em INR. Na maioria dos casos de uso de anticoagulante oral, o INR tem de ser mantido entre 2,0 e 3,0. As exceções ficam por conta de portadores de válvula cardíaca mecânica, de pessoas com recidiva de trombose (quando esta recidiva ocorreu em vigência de nível terapêutico entre 2,0 e 3,0) e de portadores de síndrome antifosfolipídica, quando podem ser consideradas faixas terapêuticas de INR acima de 3,0 É importante lembrar o efeito que medicamentos, alimentação e outras situações causam no resultado deste teste.

Cobertura de convênios

Para informações sobre cobertura de convênio, consulte nossa página de Convênios ou entre em contato com a nossa Central de Atendimento pelo Whatsapp (11) 3179-0822.

Preços e Pagamento Particular

Sabia que o Fleury oferece parcelamento em até 10x sem juros e condições especiais para pagamento particular para os médicos cadastrados?

Não possui cadastro? Cadastre-se já!

Entre em contato com a nossa Central de Atendimento e agende seu exame pelo Whatsapp (11) 3179-0822.