Teste cardiopulmonar

Outros nomes:
CARDIO PULMONAR, TESTE
CONSUMO DE O2 EM EXERCICIO
ERGOESPIROMETRIA
ESPIROERGOMETRICO, TESTE
ESPIROERGONOMETRIA
TESTE CARDIO PULMONAR
TESTE DE POTENCIA AEROBICA
TESTE ERGOESPIROMETRICO
TESTE ERGOMETRICO COM CONSUMO DE OXIGENIO
TESTE ERGOMETRICO COM V O2
TESTE ESPIROERGOMETRICO
TERGO C/V O2
TESTE ERGOMÉTRICO ASSOCIADO À ESPIROMETRIA
TESTE ERGOMÉTRICO COM CAPACIDADE AERÓBICA PARA CONDICIONAMENTO FÍSICO
TESTE CARDIO ESPIROMETRICO
TESTE CARDIO RESPIRATORIO
TESTE CARDIORRESPIRATORIO
TESTE CARDIOPULMONAR DE EXERCÍCIO (TCPE)
TESTE DE ESFORÇO CARDIOPULMONAR
TESTE ERGOESPIROMETRICO EM ESTEIRA
TESTE CARDIOPULMONAR EM ESTEIRA

Agendamento

Precisa Agendar

Prazo de Entrega

Em até 2 dias úteis (incluindo sábados) às 18h

Orientações necessárias

I - Critérios de realização - Este exame é realizado somente com pedido médico. - Menores de 18 anos precisam estar acompanhados de um adulto responsável no dia do teste. - O cliente deve apresentar exames cardiológicos e pulmonares dos últimos dois anos. - O teste cardiopulmonar não pode ser feito na vigência de estado febril ou gripe, infecções agudas, enxaqueca, diarreia, gestação e problemas ou dores de coluna que impeçam a caminhada rápida. - Este exame deve ser realizado preferencialmente fora do período menstrual. - O limite de peso para a realização do exame é de 200 kg. II - Preparo - Nas 24 horas anteriores ao exame, a pele do tórax não deve receber cremes, pomadas, bronzeadores ou qualquer substância oleosa. Já no dia do exame, antes da avaliação, é preciso, também, evitar o uso de sabonete com hidratante no corpo. - No dia do teste, o cliente não pode fazer exercícios físicos nem ingerir bebidas alcoólicas ou energéticos que contenham cafeína. ATENÇÃO: O cliente precisa levar consigo roupas adequadas para o exercício físico (agasalho, shorts ou bermuda). O calçado deve ser preferencialmente TENIS. Caso não tenha tênis pode ser calçado com sola de borracha, fechado e sem salto (adequado para exercício). O exame NÃO poderá ser realizado descalço, com chinelos, croc ou sandálias. - Mulheres devem levar à unidade top de ginástica ou sutiã adequado para a realização do exercício. Para que seja avaliada a saturação de oxigênio durante o exame é necessário que as unhas das mãos estejam sem esmalte ou base. Caso verificada presença de esmalte nas unhas, será avaliada a necessidade de remover antes do início do exame. - Homens, pode haver necessidade de uma raspagem de pelos em alguns pontos do tórax para permitir a fixação dos eletrodos. - A alimentação é permitida até uma hora antes do teste. Se a prova for de manhã, deve-se manter o desjejum habitual. Se for à tarde, convém ingerir um almoço leve ou um lanche com suco natural. - O cliente precisa chegar ao Fleury no horário marcado para o exame, pois os atrasos prejudicam toda a agenda do dia. A tolerância máxima é de 15 minutos - Após o teste, recomenda-se evitar a exposição da pele do tórax à luz solar por um período de sete dias. - IMPORTANTE: É fundamental chegar à unidade com, pelo menos, uma hora de antecedência sempre que precisar coletar qualquer tipo de exame antes da realização do exame.

Método

- O procedimento é realizado em laboratório adaptado especialmente para essa prova, sob supervisão de um médico e com auxílio de um técnico ou enfermeiro treinado para esse fim. Inicialmente, o paciente é recebido pelo técnico que realiza anamnese sumária, mede a pressão arterial em repouso, prepara a pele e coloca os eletrodos (monitorização eletrocardiográfica) para a obtenção dos traçados eletrocardiográficos nas condições de repouso e esforço, de modo tradicional; - Posteriormente, já na presença do médico, que complementa as informações clínicas e efetua exame físico dirigido, define-se o protocolo de exercício a ser realizado após nova investigação sobre hábitos e atividades físicas exercidas; - Posiciona-se o paciente em pé sobre a esteira rolante adapta-se a válvula especial ou máscara sobre o rosto do paciente, de maneira que ele respire através dela, para que seja coletado todo o ar expirado; - Durante todo o período de exercício e recuperação, sob monitorização contínua e sempre na presença dos dois profissionais, rigoroso controle clínico é mantido, com obtenção de dados de pressão arterial, frequência cardíaca e registros eletrocardiográficos em intervalos pré-determinados; - Os dados obtidos (variáveis respiratórias, metabólicas, eletrocardiográficas, hemodinâmicas e clínicas)são expressos em valores numéricos e curvas de tendência, posteriormente interpretados pelo médico especialista. Nota: Para que seja avaliada a saturação de Oxigênio durante o exame é necessário que as unhas das mãos estejam sem esmalte ou base. Obs.: é de fundamental importância o esclarecimento prévio da prova, tendo em vista que a utilização da máscara pode causar ansiedade exagerada, interferindo nas variáveis ventilatórias a serem estudadas. O início do teste deverá ser realizado de 3 a 5 minutos após a colocação da máscara, que deve ser ajustada e fixada o mais confortavelmente possível, instruindo o cliente a realizar algumas respirações para adaptação previamente ao início do teste. Equipamento - inclui esteira ergométrica e sistema de monitorização eletrocardiográfica, da marca Marquette e sistema metabólico da marca Sensormedics modelo Vmax.

Valor de referência

- A comparação dos dados obtidos é realizada com valores previstos estimados, considerando-se variáveis respiratórias, hemodinâmicas e metabólicas.

Interpretação e comentários

- As indicações para o teste cardiopulmonar são inúmeras e podem ser avaliadas dentro dos conceitos de saúde e doença. Na prática, o exame tem grande utilidade na determinação da capacidade funcional ou da capacidade aeróbia porque obtém os dois índices de limitação funcional mais empregados, que são o consumo máximo de oxigênio (VO2 MAX) e o limiar anaeróbio ventilatório (LAV). Dessa forma, este recurso diagnóstico pode ser empregado tanto para a avaliação de atletas e de indivíduos sedentários que planejam se exercitar, para a determinação do nível apropriado de exercício a ser praticado, quanto na de cardiopatas e pneumopatas em condições clínicas estáveis, para diagnosticar a limitação funcional. - Na atividade física, seja para iniciantes, seja para indivíduos que se exercitam com regularidade, o teste discrimina a intensidade de exercício aeróbio a ser prescrita, considerando-se, obviamente, as informações da ergometria tradicional, implícitas no procedimento, associadas aos dados sobre o mecanismo de transporte de gases envolvidos. - A importância na detecção do limiar aeróbio para o clínico se deve ao fato de que exercícios praticados numa intensidade acima desse patamar podem provocar um aumento abrupto nos níveis de catecolaminas, causando consequências indesejáveis, tais como arritmias, hipertensão e isquemia miocárdica. Vale acrescentar a isso o risco da realização de exercício em regime fixo de acidose. - Na avaliação fisiológica de atletas das mais variadas modalidades, o exame se impõe pela quantidade de detalhes que oferece e pela facilidade de execução. É utilizado para o diagnóstico das necessidades energéticas específicas, em praticantes de diferentes esportes, e para a determinação das capacidades funcionais individuais, que inclui a análise dos índices de aptidão física, a obtenção de médias de referência, o cálculo dos desvios percentuais e o diagnóstico geral da aptidão física. - O teste cardiopulmonar tem sido utilizado com importância crescente para a avaliação da insuficiência cardíaca congestiva sob prismas diversos, com a definição da capacidade funcional não apenas subjetivamente, com parâmetros clínicos, mas com informações que permitem uma categorização objetiva e paramétrica. Da mesma forma, possibilita a discriminação de portadores de disfunção ventricular em classes funcionais próximas, mas que apresentam diferentes expectativas de vida, o que constitui um fator fundamental na indicação de transplante cardíaco. Além disso, contribui com o diagnóstico diferencial da dispneia, elucidando a origem cardíaca ou pulmonar, com a determinação do prognóstico e com a avaliação da efetividade de tratamento, clínico ou cirúrgico, sendo considerado como o padrão-ouro nesse tipo de investigação. - O método também fornece dados de medida do gasto calórico indireto, o que é feito pela análise da razão de trocas gasosas, isto é, pela relação entre a produção de gás carbônico e o consumo de oxigênio. Dessa forma, mostra-se útil na avaliação de diabéticos em atividade física e de indivíduos em programa de dieta para perder peso, sendo, na prática, ótimo para determinar o gasto energético de uma pessoa e adequar dietas balanceadas e equilibradas. - Sem dúvida nenhuma, a avaliação ergoespirométrica é de fundamental importância na propedêutica não-invasiva para a determinação da real capacidade funcional em atletas e em pessoas com comprometimento cardiovascular e/ou pulmonar.

Dias de Medicamento

IMPORTANTE: Anotar medicamento(s) do (s)último(s): 5 dias(s).

Cobertura de convênios

Para informações sobre cobertura de convênio, consulte nossa página de Convênios ou ligue para nossa Central de Atendimento pelo telefone: (11) 3179-0822

Preços e Pagamento Particular

Sabia que o Fleury oferece parcelamento em até 6x sem juros e condições especiais para pagamento particular para os médicos cadastrados?

Não possui cadastro? Cadastre-se já!

Entre em contato com a nossa Central de Atendimento e agende seu exame: (11) 3179-0822