Urina, Exame de, sondagem vesical, urina colhida por sonda vesical de alívio

Outros nomes:
URINA TIPO I COLETADA COM SONDA VESICAL
URINA TIPO I COLETADA COM CATETERISMO VESICAL
URINA TIPO I COLETADA COM SONDA DE ALÍVIO

Agendamento

Precisa Agendar

Prazo de Entrega

Em até 1 dia útil (incluindo sábados) às 18h

Processamento e adequação da amostra

- Enviar a urina em um tubo cônico plástico descartável à seção, na parte de baixo da caixa de malote refrigerado. - Volume ideal alíquota para envio: 10 ml em tubo cônico quando possível. - Volume mínimo: 4 mL - Quando PROTISO acompanhados de urina tipo I, separar a alíquota e enviar para os respectivos setores processantes (LBIO e ESPB). ATENÇÃO - Unidades fora de São Paulo (Brasília): -- Enviar os tubos refrigerados (2-8 °C) - Enviar os tubos envoltos em papel alumínio para evitar a degradação da bilirrubina pela luz Estabilidade da amostra: Temperatura ambiente: 2 horas Refrigerada (2-8 ºC): 24 horas Congelada (-20 ºC): não aceitável.

Orientações necessárias

I - Critérios de realização - Deve vir descrito na solicitação médica coleta de urina por sondagem vesical/alivio. - Este exame está indicado para crianças e adultos que necessitem de coleta de urina por sonda vesical/alívio. - Recomenda-se colher a primeira urina da manhã ou, então, qualquer outra amostra isolada desse material, desde que o cliente fique pelo menos duas horas sem urinar antes da coleta. - Não há necessidade de ingerir líquidos antes de realizar o exame. - O cliente não pode ter usado contraste radiológico nas 48 horas que antecedem o exame. - A coleta de urina não deve ser realizada imediatamente após a prática de exercício físico intenso, incluindo o teste ergométrico, pois essa situação pode produzir alterações no resultado da análise. Importante: - Caso a coleta se destine tanto ao exame de cultura quanto ao de urina tipo I, é necessário seguir as orientações para a realização da cultura de urina. - Clientes com ultrassom de abdome total ou pelve, marcado para o mesmo dia não deve ingerir líquidos para induzir o enchimento da bexiga, mas sim permanecer sem urinar nas quatro horas que antecedem esse exame, quando possível. Esta orientação visa evitar que a urina fique muito diluída e interfira na análise. Caso já tenha tomado a água, deve-se desprezar toda a urina logo após o ultrassom e colher a amostra após 2 horas, ou após o maior tempo possível. II - Restrição de horário - Para este procedimento entre em contato com a Central de Atendimento.

Método

Exame automatizado através de leitor de tiras reagentes com sensibilidade para: cor, aspecto, densidade, pH, proteínas, glicose, corpos cetônicos, bilirrubina, urobilinogênio, hemoglobina (eritrócitos), nitrito e esterase leucocitária. -Para confirmação e dosagem outros métodos são rotineiramente utilizados: -Proteínas: dosagem por método colorimétrico automatizado; -Glicose: Hexoquinase dosado por método automatizado; -Bilirrubinas: reativo de Fouchet; -Densidade: tiras reagentes e refratometria, quando necessário; -Microscopia de fase do sedimento e microscopia com análise digital de imagens

Valor de referência

- Proteínas: inferior a 0,1g/L. - Glicose: inferior a 0,3 g/L. - Corpos cetônicos: negativo. - Bilirrubina: negativa. - Urobilinogenio: inferior a 1mg/dL. - Nitrito: negativo - Densidade: 1.010 a 1.030 - pH: 5.0 a 8.0 - Aspecto: límpido - Pesquisa de elementos figurados: homens, até 20.000 leucócitos por mL e até 10.000 eritrócitos por mL; mulheres, até 30.000 leucócitos por mL e até 12.000 eritrócitos por mL.

Interpretação e comentários

- A primeira urina da manhã é geralmente concentrada (densidade >1,025) e ácida (pH <6,5). Seu teor de proteínas é negativo, ou inferior a 0,1 g/L, e a glicose, os corpos cetônicos e a bilirrubina estão ausentes. - A glicosúria ocorre quando há hiperglicemia ou redução da capacidade de reabsorção de glicose do túbulo proximal. A cetonúria, por sua vez é encontrada em descompensação diabética cetoacidótica, após jejum prolongado ou em dieta cetogênica. Já a presença de bilirrubina denota aumento, no plasma, da fração conjugada hidrossolúvel. O urobilinogênio normalmente está presente até 1 mg/dL, mas fica reduzido ou não pode não ser detectado nas obstruções biliares, além de aumentar nas hemólises e em algumas hepatites. - O aumento do número, ou leucocitúrua, de leucócitos sugere processo inflamatório localizado em qualquer ponto do trato urinário, do glomérulo à uretra, podendo ser de causa infecciosa ou de outra natureza. Encontra-se leucocitúria com urocultura negativa nas glomerulonefrites proliferativas, nas nefrites tubulointersticiais, na nefrolitíase, na rejeição de enxerto renal, em quadros febris na infância, na infecção por clamídia ou na tuberculose. - Quando há hematúria, a análise inclui sempre a investigação de dismorfismo eritrocitário, caracterizado pela presença de acantócitos e/ou codócitos. Hematúrias de origem glomerular apresentam-se com dismorfismo, enquanto as não glomerulares não evidenciam essa característica. - A sensibilidade e a especificidade diagnósticas desta pesquisa estão entre 95% e 98%. - Embora a presença de cristais de cistina faça o diagnóstico de cistinúria, o exame é pouco sensível para tal finalidade (de 40% a 50%

Dias de Medicamento

IMPORTANTE: Anotar medicamento(s) do (s)último(s): 7 dias(s).

Cobertura de convênios

Para informações sobre cobertura de convênio, consulte nossa página de Convênios ou ligue para nossa Central de Atendimento pelo telefone: (11) 3179-0822

Preços e Pagamento Particular

Sabia que o Fleury oferece parcelamento em até 6x sem juros e condições especiais para pagamento particular para os médicos cadastrados?

Não possui cadastro? Cadastre-se já!

Entre em contato com a nossa Central de Atendimento e agende seu exame: (11) 3179-0822