Vacina, contra Hepatite B, adulto

Outros nomes:
VACINA CONTRA VÍRUS DA HEPATITE B, ADULTO
HEPATITE B, ADULTO
HEPATITE B, AD

Agendamento

Este exame nao necessita ser agendado.

Orientações necessárias

- Esta vacina é aplicada a partir de 20 anos de idade. - A aplicação da vacina é realizada após entrevista médica nas Unidades: -- Alphaville: de segunda a sexta, das 07h às 17h45, aos sábados das 07h às 12h. -- Anália Franco II: de segunda a sexta, das 07h às 12h, aos sábados das 07h às 12h. -- Braz Leme: de segunda a sexta, das 07h às 12h, aos sábados das 07h às 12h. -- Morumbi: de segunda a sexta, das 07h às 12h, aos sábados das 07h às 12h. -- Paraiso: de segunda a sexta, das 07h às 18h, aos sábados das 07h às 17h, aos domingos das 07h às 11h. -- República do Líbano I: de segunda a sexta, das 07h às 18h, aos sábados das 07h às 12h30, aos domingos das 07h às 12h. -- Rochaverá Morumbi: de segunda a sexta, das 07h às 12h, aos sábados das 07h às 12h. - Há restrições para a aplicação da vacina nas seguintes condições: -- alergia ao alumínio; -- vigência de quadro febril - neste caso, recomenda-se apenas adiar a vacina, já que não se trata de uma contra-indicação absoluta; Observação: o preço da vacina refere-se sempre a cada dose.

Interpretação e comentários

- Esta vacina serve para prevenir a infecção pelo vírus da hepatite B. Está indicada principalmente para grupos de risco para a doença, tais como homossexuais, usuários de drogas injetáveis, profissionais da área de saúde e lixeiros, mas deve ser aplicada universalmente. - A eficácia do produto é superior a 95% e a duração da imunidade, de pelo menos dez anos. São considerados protetores títulos de anticorpos anti-HBs maiores que 10 mUI/mL. - As doses nunca se perdem se, por acaso, o intervalo não for mantido. Por exemplo, se uma pessoa ultrapassou o prazo para a aplicação da segunda dose, a vacina deve ser feita assim que possível. Evidentemente, isso muda o período da terceira dose, que precisa ser aplicada entre 3 e 5 meses depois da segunda. Além disso, as vacinas dos vários fabricantes são intercambiáveis, podendo-se iniciar o esquema com uma e completá-lo com uma outra, sem prejuízo. - Em geral, não há necessidade de realizar sorologia após a vacinação, exceto em grupos de risco, como profissionais da área de saúde, imunodeprimidos, portadores de doença renal crônica, entre outros. Para maus respondedores, ou seja, pessoas que mantêm sorologia negativa após a aplicação das doses, nos intervalos preconizados, deve-se reiniciar o esquema.

Doses e intervalos

- Utilizam-se duas doses, com intervalo de um mês entre cada uma, e mais uma dose seis meses após a primeira. - Pessoas com alto risco de infecção: -- aplicam-se três doses, com intervalos de um mês entre elas, e reforço após um ano; -- esquema hiperacelerado também pode ser realizado: 0,7 e 21 dias e um reforço após 12 meses, quando a vacina feita for a Twinrix (vacina combinada contra hepatite A e B - VCHEPAB). -- trata se de um esquema acelerado de imunidade, porém com títulos menores de anticorpos, por isso a necessidade da quarta dose. -- para esquema acelerado apenas com a vacina contra hepatite B (VCHEPBAD), o intervalo mínimo entre a primeira e a segunda dose é de 4 semanas e entre a segunda e a terceira dose, de 8 semanas. Contudo, para o esquema ser considerado válido, deve haver um intervalo de 16 semanas entre a primeira e a terceira dose. - Imunodeprimidos e pacientes em hemodiálise: -- são usadas quatro doses dobradas da vacina (0, 30 dias, 60 dias e 6 meses); -- recomenda-se monitorizar o nível de anticorpos anti-HBs e, quando os títulos estiverem menores que 10 mUI/mL, fazer dose de reforço. Profilaxia pós-exposição - A imunoprofilaxia pode ser feita de acordo com o tipo de exposição: -- contato doméstico com portador crônico: vacinação; -- contato doméstico com sangue de portador agudo: vacinação + Imunoglobulina para hepatite B; -- perinatal em mãe HBsAg-positiva: vacinação + Imunoglobulina para hepatite B; -- contato sexual com portador crônico: vacinação; -- contato sexual com portador de infecção aguda: vacinação + Imunoglobulina para hepatite B.

Efeitos adversos

- Costumam ser relatados febre baixa e dor no local da aplicação.

Composição

- Partícula do antígeno de superfície da hepatite B (HBsAg), produzida por recombinação genética em fungo (Saccharomyces cerevisiae); - Hidróxido de alumínio (adjuvante); - Timerosal (conservante).

Dias de Medicamento

IMPORTANTE: Anotar medicamento(s) do (s)último(s): 7 dias(s).

Cobertura de convênios

Para informações sobre cobertura de convênio, consulte nossa página de Convênios ou ligue para nossa Central de Atendimento pelo telefone: (11) 3179-0822

Preços e Pagamento Particular

Sabia que o Fleury oferece parcelamento em até 6x sem juros e condições especiais para pagamento particular para os médicos cadastrados?

Não possui cadastro? Cadastre-se já!

Entre em contato com a nossa Central de Atendimento e agende seu exame: (11) 3179-0822