Arte ou meditação? | Revista Fleury Ed. 28

Fotografia contemplativa propõe um novo olhar sobre o mundo para tornar a vida mais leve

Arte ou meditação?
Fotografia contemplativa propõe um novo olhar sobre o mundo para tornar a vida mais leve por maíra termero
Arte e meditação
Para fotografar, não basta ter os melhores equipamentos, técnica e experiência. Também não é suficiente ter um bom cenário, personagem ou objeto – é preciso, sobretudo, sensibilidade. Para os praticantes da fotografia contemplativa, conhecida por Miksang, o processo para desenvolver esse olhar delicado sobre o que nos cerca importa muito mais que a fotografia em si. O importante mesmo é se conectar ao presente e perceber a graça do cotidiano. “Miksang é uma prática de meditação, de contemplação”, esclarece o fotógrafo Yuri Bittar, que oferece workshops sobre a prática. “É um momento em que a gente se desliga do passado, do futuro, da ansiedade, das expectativas. Fotografamos simplesmente com o olhar, não com as imagens preconcebidas na mente”, explica.
Arte e meditação
“A arte maior, mais plena, é deixar que a beleza e a harmonia se expressem com sua técnica fotográfica. A arte é uma expressão do mundo: ela passa por você” Yuri Bittar


Arte e meditação

Miksang é um termo tibetano que significa “o bom olho”. O objetivo primordial da prática é o trabalho mental, mas as fotos acabam ficando, de fato, muito bonitas. “Toda sua vida se torna mais bela e agradável quando capta a beleza e a harmonia das coisas comuns”, diz Bittar. Em seus workshops, grupos de dez pessoas saem às ruas de São Paulo para andar e observar, fotografando quando algo chama a atenção. “É desestressante”, atesta.

Uma de suas alunas, Daisy Serena, confirma. “Como sou muito ansiosa, pratico para me acalmar. Faço exercícios de respiração antes e saio com a minha máquina”, conta a estudante de ciências sociais. Moradora do centro da cidade de São Paulo, Daisy dá preferência às manhãs de domingo para essas caminhadas, quando a região é mais calma. “Saio sem prazo e não penso em nada. As imagens simplesmente vêm.” Para ela, a prática do Miksang lhe é natural. Desde os 13 anos, gostava de fotografar detalhes. Cinéfila, intensificou esse gosto quando assistiu ao filme O Fabuloso Destino de Amélie Poulain. “O filme mudou meu olhar.” Hoje, compara o Miksang a uma definição que traz do escritor argentino Julio Cortázar. “Ele diz que o fantástico é o que te tira do cotidiano. Tem muito a ver. É aquilo que você foca e não consegue olhar para outra coisa.”
Miksang

Quem pretende conhecer melhor a prática pode começar pela leitura de The Practice of Contemplative Photography: Seeing the World with Fresh Eyes, de Andy Karr e Michael Wood. Também é interessante procurar fotos de Miksang em sites de fotografia, como o Flickr, e conhecer outros praticantes. No site www.fotocultura.net, Yuri Bittar ensina e publica exercícios para se iniciar na prática.

Arte e meditação
As fotografias que ilustram esta reportagem foram clicadas por Daisy Serena e Yuri Bittar, praticantes da meditação Miksang

Outras Notícias

Relatório Anual de Sustentabilidade 2019

Acesse o Relatório Anual de Sustentabilidade 2019 do Grupo Fleury, baseado nas diretrizes da Global Reporting Initiative (GRI) em sua versão Standard, opção Essencial, e em linha com as orientações do Relato Integrado (IR).

Semana Mundial de Conscientização Sobre Alergias

A Organização Mundial de Alergia (World Allergy Organization/WAO) realiza anualmente, juntamente com as diversas sociedades de alergia no mundo, uma semana para a conscientização sobre as doenças alérgicas e suas alterações. A partir de hoje e até o dia 4 de julho traremos informações sobre uma alergia diferente.

Checkpoints para o seu tratamento infusional: O passo a passo para alcançar mais qualidade de vida.

Qualidade de vida é uma das maiores aspirações do ser humano, expectativa que parece distante para quem sofre de doenças crônicas e incapacitantes. Mas, com o avanço das pesquisas e dos novos medicamentos da terapia infusional, é possível um cotidiano mais confortável e com maior autonomia. Para você iniciar seu tratamento com mais tranquilidade e saber quais resultados esperar, trouxemos algumas respostas para ajudá-lo.

Grupo Fleury participa do processo de testes para vacina contra a COVID-19

Grupo Fleury realizará testes para 2 mil candidatos selecionados pela Unifesp para estudo sobre a vacina contra a COVID-19 desenvolvida pela Universidade de Oxford. Em estudo conduzido pela Escola Paulista de Medicina, da Unifesp, Grupo fará exames do tipo sorológico durante triagem de participantes de experimento. Vacina está sendo testada em 50 mil pessoas em vários lugares do mundo. IMPORTANTE: Os 2000 candidatos para o estudo da vacina serão selecionados exclusivamente pela Unifesp. Nossa central de atendimento não recebe candidaturas.