Cigarro = TPM | Revista Fleury Ed. 15

Se você tem entre 30 e 40 anos e se deparou com espinhas e cravos, saiba que isso não é só coisa de adolescente.

São muitos os males do cigarro, e um estudo feito recentemente pela Universidade de Massachusetts, nos Estados Unidos, agregou mais um à lista. Fumar pode potencializar a tensão pré-menstrual, a tão famosa TPM. A pesquisa constatou que as fumantes têm o dobro de chance de desenvolver a TPM. E que, quanto mais cigarros elas fumam por dia, e quanto mais cedo as mulheres adquirem o vício, maior a probabilidade de sofrerem com a TPM. “Antes, não se sabia se as mulheres fumavam por causa da TPM, para tentar relaxar, ou se o cigarro é que estimulava o problema”, explica João Marcos Salge, pneumologista do Fleury. De acordo com Ubiratan de Paula Santos, da Faculdade de Medicina da USP, alguns estudos sugerem que certos produtos contidos na fumaça do cigarro estão associados a maiores concentrações de hormônios como a testosterona, o estrógeno e a progesterona. Isso pode estar associado ao aumento da frequência e da intensidade dos sintomas da TPM observados nas mulheres que fumam.

Outras Notícias

Aleitamento Materno – Agosto Dourado

A amamentação é uma das melhores estratégias para salvar vidas infantis e melhorar a saúde e o desenvolvimento econômico e social dos indivíduos e das nações. Vale ressaltar que o profissional de saúde deve sempre informar sobre a importância da amamentação e apoiar a resolução materna. O suporte à mulher que amamenta é fundamental para a manutenção do aleitamento materno.

Webmeeting Centro de Infusões

Doença inflamatória intestinal e Covid-19: implicações em pacientes adultos e pediátricos

Hereditariedade das condições clínicas tratadas por infusões. É possível saber se meu filho também será acometido?

Ao receber o diagnóstico de uma doença grave, os pais sempre ficam aflitos para saber se ela é hereditária e qual a probabilidade de afetar os seus filhos. Para entender melhor essa questão, é preciso definir quais são as doenças tratadas por infusões que podem ser hereditárias.

Campanha Cuide com Todo Coração

Ele está com você desde o primeiro instante. Acompanhando a sua trajetória pelas batidas. Pulsando a cada nova etapa, conquista, sensação. E agora, mais do que nunca, você deve entendê-lo. Prevenindo-se para que o amanhã seja sempre melhor. Por isso vamos falar desse órgão tão importante nos próximos dias, para que você aprenda ou continue a cuidar dele com todo o seu coração.