Informe-se sobre COVID-19 clicando aqui

Consulta nutricional | Revista Fleury Ed. 21

A síndrome metabólica, também conhecida como síndrome X, é definida como um conjunto de alterações orgânicas resultantes da ação ineficiente da insulina: um hormônio produzido pelo pâncreas, cuja principal função é retirar a glicose do sangue e levá-la às células, além de estar envolvido em uma série de outras vias do metabolismo, inclusive o processamento das gorduras.

A síndrome metabólica, também conhecida como síndrome X, é definida como um conjunto de alterações orgânicas resultantes da ação ineficiente da insulina: um hormônio produzido pelo pâncreas, cuja principal função é retirar a glicose do sangue e levá-la às células, além de estar envolvido em uma série de outras vias do metabolismo, inclusive o processamento das gorduras. “Quase 30% dos homens na faixa etária dos 42 aos 44 anos que apresentam obesidade abdominal desenvolvem síndrome metabólica. Esse quadro aumenta o risco de doenças como infartos cardíacos e acidentes vasculares cerebrais, além de distúrbios dos vasos sanguíneos periféricos”, alerta Carla Yamashita, nutricionista do Fleury.

Os dados obtidos a partir de uma amostra de 260 indivíduos avaliados na consulta nutricional do serviço de Check-Up do Fleury, entre janeiro e junho de 2009, revelaram que 81,5% dos homens com diagnóstico de síndrome metabólica apresentaram hipertensão arterial. A importância da síndrome é uma das razões pelas quais o serviço de Check-Up do Fleury a inclui uma consulta nutricional, realizada na mesma data do retorno com o clínico, com objetivo de orientar a alimentação do indivíduo de acordo com os riscos de saúde apurados durante a avaliação global.