Escritório: também uma sala de ginástica | Revista Fleury Ed. 15

Que os exercícios físicos são benéficos, isso é sabido por todos. Mas se exercitar requer importantes cuidados, pois, se feito de forma incorreta, o que é para trazer saúde pode acabar causando problemas.


Horas e horas sentado à frente do computador, e o principal movimento é a frenética digitação. Quando chega a noite, como pensar em praticar um esporte? Você não consegue imaginar como encaixar outra atividade ao seu cotidiano?

A rotina de trabalho parece ser um impeditivo para pôr o corpo em movimento. Mas um estilo de vida sedentário e, por vezes, um cotidiano estressante não apresentam consequências importantes ao corpo em curto prazo, especialmente em pessoas mais jovens. Inicialmente, o corpo consegue se recuperar muito bem das condições adversas promovidas pelo estresse e falta de movimento. Mas, em médio e longo prazos, particularmente a falta de alongamento e movimento podem resultar em prejuízos para o corpo, como dores de coluna e limitações em articulações como joelhos, quadril, ombros e braços. Por exemplo: o corpo sentado à frente do computador busca uma adaptação com uma posição que facilite a leitura na tela, para maior eficiência e menor consumo de energia do sistema visual. Mas essa adaptação pode ter uma consequência ruim para o sistema muscular e ósseo, se o computador estiver mal posicionado. Por isso, há necessidade de curvar a coluna de forma inadequada, projetar os ombros à frente e posicionar mal os membros inferiores. Como a concentração é total à atividade de trabalho, você só vai notar a postura inadequada se sentir dor ou desconforto em algum momento de seu dia.

Preste atenção às mensagens que seu corpo lhe dá. A falta de movimentos por cerca de duas horas gera certa rigidez, que pode se refletir em dor ou desconforto. É como se o corpo reclamasse da imobilidade prolongada. Ouvir a sua queixa é ter consciência corporal.

Isso sem contar que o sedentarismo em si é um convite a outros problemas de saúde, como colesterol alto, hipertensão arterial e diabetes. Além de melhorar a posição de seus equipamentos de trabalho, saiba que é possível programar exercícios físicos e movimentos saudáveis no seu dia a dia que podem melhorar sua saúde, sua qualidade de vida, até mesmo seu desempenho no ambiente corporativo, e prevenir possíveis doenças do sistema musculoesquelético, explica Páblius Staduto Braga Silva, médico do Esporte do Fleury.
Estimule-se
Toda e qualquer ideia que estimula o movimento é bem-vinda. Bolinhas debaixo da mesa para massagear os pés, bolas de plástico para fazer exercícios e elásticos para fortalecer os braços.

Para quem ainda não se exercita regularmente, criar o hábito de se movimentar ao longo do dia pode ajudar na escolha da atividade física ideal. Naturalmente você vai descobrir o que combina melhor com você. Mas se você já faz algum esporte ou ginástica, terá um aproveitamento cada vez maior e se sentirá menos cansado. De acordo com Silva, ao pôr o corpo em movimento com frequência, o primeiro ganho é uma sensação de bem-estar – o que já é uma motivação para seguir adiante. O sono também melhora. Aos poucos, você ganha condicionamento aeróbico e maior força muscular.

As empresas podem obter excelentes resultados se colaborarem, oferecendo não apenas ginástica laboral, mas também ressaltando a importância da consciência corporal para a saúde de todos. “Mas a motivação maior tem que vir de cada indivíduo. Lembre-se sempre de que você é um indivíduo único, e que sua saúde é importante não só para você mesmo como para todos com quem convive – família, amigos, colegas de trabalho. Portanto, cuide-se o melhor que puder.”

Mexa-se
“Movimentar o pescoço e os ombros, esticar as pernas e alongar os braços e as mãos são movimentos que qualquer pessoa pode fazer enquanto está sentada e que não exigem mais do que cinco minutos”, exemplifica Silva. Para um melhor efeito, esses movimentos precisam ser repetidos várias vezes ao dia. Quando for ao banheiro, aproveite para alongar o corpo todo em pé.

Outra dica é propor que as conversas de trabalho sejam realizadas durante uma caminhada no quarteirão ou até pela própria empresa. “Se você se movimentar 10 minutos num ritmo acelerado, três vezes por dia – sem contar a hora do almoço – já está de bom tamanho. Lembrando que 30 minutos de caminhada rápida cinco vezes por semana é a recomendação padrão para ter uma vida saudável”, aconselha Silva.

Outras Notícias

Relatório Anual de Sustentabilidade 2019

Acesse o Relatório Anual de Sustentabilidade 2019 do Grupo Fleury, baseado nas diretrizes da Global Reporting Initiative (GRI) em sua versão Standard, opção Essencial, e em linha com as orientações do Relato Integrado (IR).

Semana Mundial de Conscientização Sobre Alergias

A Organização Mundial de Alergia (World Allergy Organization/WAO) realiza anualmente, juntamente com as diversas sociedades de alergia no mundo, uma semana para a conscientização sobre as doenças alérgicas e suas alterações. A partir de hoje e até o dia 4 de julho traremos informações sobre uma alergia diferente.

Checkpoints para o seu tratamento infusional: O passo a passo para alcançar mais qualidade de vida.

Qualidade de vida é uma das maiores aspirações do ser humano, expectativa que parece distante para quem sofre de doenças crônicas e incapacitantes. Mas, com o avanço das pesquisas e dos novos medicamentos da terapia infusional, é possível um cotidiano mais confortável e com maior autonomia. Para você iniciar seu tratamento com mais tranquilidade e saber quais resultados esperar, trouxemos algumas respostas para ajudá-lo.

Grupo Fleury participa do processo de testes para vacina contra a COVID-19

Grupo Fleury realizará testes para 2 mil candidatos selecionados pela Unifesp para estudo sobre a vacina contra a COVID-19 desenvolvida pela Universidade de Oxford. Em estudo conduzido pela Escola Paulista de Medicina, da Unifesp, Grupo fará exames do tipo sorológico durante triagem de participantes de experimento. Vacina está sendo testada em 50 mil pessoas em vários lugares do mundo. IMPORTANTE: Os 2000 candidatos para o estudo da vacina serão selecionados exclusivamente pela Unifesp. Nossa central de atendimento não recebe candidaturas.