Etimologia médica: raios X | Revista Fleury Ed. 25

Descobertos em 8 de novembro de 1895 pelo físico alemão Wilhelm Roentgen (1845-1923), os raios X são ondas eletromagnéticas carregadas por partículas chamadas fótons.

Descobertos em 8 de novembro de 1895 pelo físico alemão Wilhelm Roentgen (1845-1923), os raios X são ondas eletromagnéticas carregadas por partículas chamadas fótons. Esse processo se dá quando há movimentação dos elétrons entre os orbitais de um átomo, gerando emissão de energia em forma de fótons. Essa energia se propaga em ondas, como a luz, porém, seu comprimento não é visível aos olhos humanos. A descoberta dos raios X revolucionou a medicina diagnóstica, possibilitando a visualização através de tecidos e partes moles e a avaliação de ossos, cavidades e órgãos internos, o que permite detectar fraturas, tumores, inflamações e processos inflamatórios.

Outras Notícias

Aleitamento Materno – Agosto Dourado

A amamentação é uma das melhores estratégias para salvar vidas infantis e melhorar a saúde e o desenvolvimento econômico e social dos indivíduos e das nações. Vale ressaltar que o profissional de saúde deve sempre informar sobre a importância da amamentação e apoiar a resolução materna. O suporte à mulher que amamenta é fundamental para a manutenção do aleitamento materno.

Webmeeting Centro de Infusões

Doença inflamatória intestinal e Covid-19: implicações em pacientes adultos e pediátricos

Hereditariedade das condições clínicas tratadas por infusões. É possível saber se meu filho também será acometido?

Ao receber o diagnóstico de uma doença grave, os pais sempre ficam aflitos para saber se ela é hereditária e qual a probabilidade de afetar os seus filhos. Para entender melhor essa questão, é preciso definir quais são as doenças tratadas por infusões que podem ser hereditárias.

Campanha Cuide com Todo Coração

Ele está com você desde o primeiro instante. Acompanhando a sua trajetória pelas batidas. Pulsando a cada nova etapa, conquista, sensação. E agora, mais do que nunca, você deve entendê-lo. Prevenindo-se para que o amanhã seja sempre melhor. Por isso vamos falar desse órgão tão importante nos próximos dias, para que você aprenda ou continue a cuidar dele com todo o seu coração.