Informe-se sobre COVID-19 clicando aqui

Etimologia Médica | Revista Fleury Ed. 13

O grego parásitos nomeava na Antiguidade aquele que “come ao lado de”, que “come com alguém”.

Parasita
O grego parásitos nomeava na Antiguidade aquele que “come ao lado de”, que “come com alguém”. Na Grécia antiga, os parasitas eram os funcionários de confiança que fiscalizavam o plantio de trigo, a preparação do pão e a oferenda de alimentos em honra aos deuses. O latim parasitus incorporaria, depois, os sentidos de “conviva”, “comensal”, “comediante”, “papa-jantares”, aquele que senta ao lado do rico para entretê-lo. Hoje, “parasita” é usado tanto para falar do organismo que suga seus nutrientes de outro sem colaborar para a sobrevivência desse outro, quanto, por extensão, das pessoas que se comportam dessa maneira na vida cotidiana (o que retoma o sentido original da palavra, o do aproveitador social de quem é mais poderoso).