Fleury Medicina e Saúde adota novo laudo para a densitometria de corpo inteiro

Novo relatório correlaciona quantidade de gordura e de músculos com a altura. O laudo é útil para avaliar a perda de massa muscular com o avanço da idade

O Fleury Medicina e Saúde passa a oferecer um novo laudo de composição corporal, mais abrangente do que o anterior. Anteriormente, o exame informava apenas o peso da gordura e da massa magra, sem relacionar esses dados com a altura do paciente.  A nova versão traz essas informações.

Sabe-se que o Índice de Massa Corpórea (IMC) não distingue o que é gordura e o que é músculo. Hoje, o novo laudo é muito mais preciso ao oferecer novos parâmetros valorizados pela literatura médica corrente. Com a mudança no laudo, as quantidades de gordura e de músculos são analisadas de forma diferenciada.

“Agora, nós analisamos o quanto cada paciente tem de massa magra – músculos – dos braços e pernas e a relacionamos com a altura, por intermédio da aplicação do índice conhecido como Baumgartner, que ajuda a fazer uma avaliação da perda de massa muscular com o avanço da idade”, explica o endocrinologista Sérgio Maeda, do Fleury Medicina e Saúde.

Essa iniciativa posiciona o Fleury na vanguarda das mais recentes tendências da medicina diagnóstica. Hoje, o paciente que se submete à densitometria do corpo inteiro recebe informações mais amplas e detalhadas. “Os índices são corrigidos pela altura, para fornecer ao médico informações mais precisas sobre o paciente”, detalha o médico.

Sarcopenia
Com o avançar da idade há perda de massa muscular, situação que é conhecida como sarcopenia e está associada à diminuição da força muscular. Devido ao aumento da expectativa de vida da população mundial e consequentemente da população idosa, a sarcopenia vem se tornando uma questão de saúde bastante relevante no mundo desenvolvido. Assim, mesmo uma pessoa que esteja dentro do IMC normal, pode ter mais gordura do que músculos, o que pode ser um fator prejudicial à sua saúde.

Essa informação é especialmente útil para médicos endocrinologistas – quando acompanham pacientes com alteração de peso ou que realizaram a cirurgia bariátrica -, geriatras, reumatologistas, fisiatras e médicos do esporte.

As imagens são captadas nos exames realizados nas unidades do Fleury que dispõem do densitômetro (mesmo aparelho que avalia a coluna e os fêmures e dá o diagnóstico da osteoporose).

Outras Notícias

Relatório Anual de Sustentabilidade 2019

Acesse o Relatório Anual de Sustentabilidade 2019 do Grupo Fleury, baseado nas diretrizes da Global Reporting Initiative (GRI) em sua versão Standard, opção Essencial, e em linha com as orientações do Relato Integrado (IR).

Semana Mundial de Conscientização Sobre Alergias

A Organização Mundial de Alergia (World Allergy Organization/WAO) realiza anualmente, juntamente com as diversas sociedades de alergia no mundo, uma semana para a conscientização sobre as doenças alérgicas e suas alterações. A partir de hoje e até o dia 4 de julho traremos informações sobre uma alergia diferente.

Checkpoints para o seu tratamento infusional: O passo a passo para alcançar mais qualidade de vida.

Qualidade de vida é uma das maiores aspirações do ser humano, expectativa que parece distante para quem sofre de doenças crônicas e incapacitantes. Mas, com o avanço das pesquisas e dos novos medicamentos da terapia infusional, é possível um cotidiano mais confortável e com maior autonomia. Para você iniciar seu tratamento com mais tranquilidade e saber quais resultados esperar, trouxemos algumas respostas para ajudá-lo.

Grupo Fleury participa do processo de testes para vacina contra a COVID-19

Grupo Fleury realizará testes para 2 mil candidatos selecionados pela Unifesp para estudo sobre a vacina contra a COVID-19 desenvolvida pela Universidade de Oxford. Em estudo conduzido pela Escola Paulista de Medicina, da Unifesp, Grupo fará exames do tipo sorológico durante triagem de participantes de experimento. Vacina está sendo testada em 50 mil pessoas em vários lugares do mundo. IMPORTANTE: Os 2000 candidatos para o estudo da vacina serão selecionados exclusivamente pela Unifesp. Nossa central de atendimento não recebe candidaturas.