Fleury Medicina e saúde lança exames inéditos no Brasil para diabéticos

Estima-se que, atualmente, mais de 380 milhões de pessoas no mundo tenham diabetes, número que deve chegar a mais de 590 milhões em 2035.

No Brasil, o Censo de 2010 apontou a presença de mais de 12 milhões de diabéticos. Pensando nesse aumento e no bem-estar dos pacientes, o Fleury Medicina Diagnóstica traz ao país duas novidades para os diabéticos. Um teste garante o controle mais precoce da glicemia, o 1,5-AG, e o segundo pode ajudar a preceder em alguns anos o diagnóstico da doença, o anti-Znt8.

Chamado de 1,5-anidroglucitol (1,5-AG), o exame foi recentemente incorporado à rotina do Fleury Medicina e Saúde como um novo marcador de controle glicêmico. A novidade, já utilizada nos EUA e no Japão, estreia agora na América Latina como uma alternativa às tradicionais medidas de frutosamina e hemoglobina glicada. “Os valores de 1,5-AG refletem elevações transitórias de glicemia de poucos dias, permitindo um controle glicêmico mais precoce (das últimas 24 a 72 horas). Além disso, estudos demonstraram que o teste apresenta boa correlação com a hiperglicemia pós-prandial, mesmo em indivíduos com HbA1c dentro do alvo (de 6% a 8%)”, explica Milena Gurgel Teles Bezerra,  assessora médica em endocrinologia do Fleury.

O exame serve para todos os tipos de diabetes, analisando o histórico recente da glicemia do paciente nos últimos dias. “É uma boa ferramenta de controle glicêmico para as pessoas que estão dentro do grupo de moderadamente controlados. Não é um exame de rotina. Há uma indicação bastante específica para indivíduos que exijam um ajuste semanal, já que seu marcador precoce permite um tempo de oscilação menor”, explica a especialista.

Já o anti-Znt8, anticorpo contra o transportador de zinco 8, é um novo e promissor marcador do diabetes tipo 1 (DM1). “Ele é capaz de predizer o diagnóstico da doença em alguns anos e o risco de progressão para DM1 em indivíduos assintomáticos com a história familiar positiva”, pontua Milena. Observada em 60% a 80% dos pacientes recentemente diagnosticados, a proteína encontrada na membrana dos grânulos secretores de insulina das células beta, produzida pelo gene SLC30A8, é capaz de revelar um diagnóstico mais precoce.

O acréscimo da determinação do anti-Znt8 ao painel que inclui outros anticorpos reconhecidamente envolvidos na patogênese do DM1, como anti-GAD, anti-insulina e antitirosina fostafase 512, aumenta a sensibilidade da detecção de autoimunidade para 98%. Além disso, é possível considerá-lo um marcador independente da doença, uma vez que estudos mostram que de 14% a 26% dos diabéticos tipo 1 negativos para os anticorpos tradicionais apresentam positividade para o anti-Znt8.

Ambos os testes são feitos por uma simples coleta de sangue. O preparo compreende um jejum de quatro horas.  Para saber quais as unidades do Fleury Medicina e Saúde que oferecem os testes basta acessar o site www.fleury.com.br ou ligar para o telefone (11) 3179-0822.

Outras Notícias

Relatório Anual de Sustentabilidade 2019

Acesse o Relatório Anual de Sustentabilidade 2019 do Grupo Fleury, baseado nas diretrizes da Global Reporting Initiative (GRI) em sua versão Standard, opção Essencial, e em linha com as orientações do Relato Integrado (IR).

Semana Mundial de Conscientização Sobre Alergias

A Organização Mundial de Alergia (World Allergy Organization/WAO) realiza anualmente, juntamente com as diversas sociedades de alergia no mundo, uma semana para a conscientização sobre as doenças alérgicas e suas alterações. A partir de hoje e até o dia 4 de julho traremos informações sobre uma alergia diferente.

Checkpoints para o seu tratamento infusional: O passo a passo para alcançar mais qualidade de vida.

Qualidade de vida é uma das maiores aspirações do ser humano, expectativa que parece distante para quem sofre de doenças crônicas e incapacitantes. Mas, com o avanço das pesquisas e dos novos medicamentos da terapia infusional, é possível um cotidiano mais confortável e com maior autonomia. Para você iniciar seu tratamento com mais tranquilidade e saber quais resultados esperar, trouxemos algumas respostas para ajudá-lo.

Grupo Fleury participa do processo de testes para vacina contra a COVID-19

Grupo Fleury realizará testes para 2 mil candidatos selecionados pela Unifesp para estudo sobre a vacina contra a COVID-19 desenvolvida pela Universidade de Oxford. Em estudo conduzido pela Escola Paulista de Medicina, da Unifesp, Grupo fará exames do tipo sorológico durante triagem de participantes de experimento. Vacina está sendo testada em 50 mil pessoas em vários lugares do mundo. IMPORTANTE: Os 2000 candidatos para o estudo da vacina serão selecionados exclusivamente pela Unifesp. Nossa central de atendimento não recebe candidaturas.