Fleury Medicina e Saúde lança teste molecular pioneiro para detecção da febre chikungunya

O Fleury Medicina e Saúde acaba de lançar no mercado nacional um teste molecular para diagnóstico da chikungunya.

O exame, elaborado pela área de Pesquisa e Desenvolvimento da empresa em dois meses, é realizado em todas as unidades da marca a partir de uma pequena amostra de sangue. O resultado fica pronto em até quatro dias para amostras coletadas em São Paulo e em cinco dias para amostras de outros Estados. O exame não necessita de preparo ou jejum e será oferecido a preço de custo - R$ 270,00.

“O exame é muito sensível e é capaz de identificar o vírus em pessoas com um dia de doença”, informa o diretor Clínico do Fleury Medicina e Saúde, Celso Granato. Segundo o infectologista, a empresa optou por oferecer o exame a preço de custo para colaborar com os esforços de combate à febre, que tem potencial para repetir o comportamento verificado em outros países por onde circulou, notadamente nos da África, Américas Central e do Sul, e se alastrar como uma epidemia na próxima estação de chuvas do verão brasileiro.

Onde o exame é realizado?
O Fleury possui  unidades de atendimento nos municípios de São Paulo (SP), Santo André (SP), São Bernardo do Campo (SP), Barueri (SP), Cotia (SP), Campinas (SP) e Jundiaí (SP), além de Brasília (DF).

Sobre a chikungunya
De acordo com o Ministério da Saúde, já são mais de 1,3 mil casos registrados no Brasil. A infecção da chikungunya acontece por meio da picada do mosquito Aedes, o mesmo que transmite a dengue.

Os sintomas
Chikungunya e dengue apresentam febre, mal-estar e dor nas articulações. Além disso, ocorrem normalmente nos locais que oferecem condições favoráveis para a proliferação de mosquitos. A grande diferença entre as doenças, porém, está nas sequelas. A dengue pode provocar hemorragia, o que não acontece com o outro tipo de febre. Mas metade dos indivíduos infectados por chikungunya desenvolve artrite crônica, segundo a literatura médica. “O diagnóstico correto é importante para definir o tipo de tratamento e indicar com maior clareza qual será a possível evolução da doença”, explica Granato.

Prevenção
Valem as mesmas recomendações contra a dengue para prevenir a chikungunya. Para evitar o contágio, é aconselhável evitar a exposição ao mosquito. Por exemplo, não permitir o acúmulo de água parada em vasos de plantas, pneus expostos na chuva, baldes ou água empoçada em geral, que possam servir de criadouro para esses insetos.

Para crianças, o uso do repelente tópico é recomendado somente após os dois anos de idade. Adultos podem usar repelente, camisa e calça compridas, principalmente quando estiverem em regiões com alto risco de contágio.
"

Outras Notícias

Aleitamento Materno – Agosto Dourado

A amamentação é uma das melhores estratégias para salvar vidas infantis e melhorar a saúde e o desenvolvimento econômico e social dos indivíduos e das nações. Vale ressaltar que o profissional de saúde deve sempre informar sobre a importância da amamentação e apoiar a resolução materna. O suporte à mulher que amamenta é fundamental para a manutenção do aleitamento materno.

Webmeeting Centro de Infusões

Doença inflamatória intestinal e Covid-19: implicações em pacientes adultos e pediátricos

Hereditariedade das condições clínicas tratadas por infusões. É possível saber se meu filho também será acometido?

Ao receber o diagnóstico de uma doença grave, os pais sempre ficam aflitos para saber se ela é hereditária e qual a probabilidade de afetar os seus filhos. Para entender melhor essa questão, é preciso definir quais são as doenças tratadas por infusões que podem ser hereditárias.

Campanha Cuide com Todo Coração

Ele está com você desde o primeiro instante. Acompanhando a sua trajetória pelas batidas. Pulsando a cada nova etapa, conquista, sensação. E agora, mais do que nunca, você deve entendê-lo. Prevenindo-se para que o amanhã seja sempre melhor. Por isso vamos falar desse órgão tão importante nos próximos dias, para que você aprenda ou continue a cuidar dele com todo o seu coração.