Mensageiros do organismo | Revista Fleury Ed. 27

Para o funcionamento harmonioso do organismo, é vital a “comunicação” entre os órgãos.

Mensageiros do organismo
Para o funcionamento harmonioso do organismo, é vital a “comunicação” entre os órgãos. Um dos responsáveis pela tarefa são os hormônios, substâncias químicas produzidas por células especializadas que viajam pelo sangue com uma missão: produzir determinados efeitos em órgãos específicos. Há mais de 100 tipos de hormônios, e alguns deles são bastante conhecidos – como a insulina, a tiroxina, a progesterona e a testosterona – e aparecem frequentemente nos exames de sangue mais comuns. Conheça um pouco mais sobre a atividade desses mensageiros do corpo.
Hormônios sexuais
História

Em 1899, um professor de Harvard tentou produzir, a partir do extrato de testículo de porquinho-da-Índia, um “elixir de rejuvenescimento”.
A substância seria isolada e ganharia o nome de testosterona em 1935. O papel do estrógeno havia sido definido pouco antes, em 1929

Têm influência no desejo sexual e na sensação de bem-estar
Controlam a massa muscular, a produção de espermatozoides e o ciclo menstrual
Sua produção depende do colesterol proveniente da dieta ou da ação do FÍGADO
Os hormônios sexuais são produzidos nos TESTÍCULOS (testosterona) e nos OVÁRIOS (progesterona e estrógeno)

Mito ou verdade

A testosterona só é produzida pelos homens?
Mito A substância também é produzida pelas mulheres, embora em menor quantidade

Insulina
História

O papel da insulina começou a ser desvendado em 1899, após estudos com cães. Mas a substância só seria isolada em 1922

Atua em vários locais, como nos músculos e tecido adiposo
Sua produção é estimulada pela ingestão de carboidratos (açúcar, arroz, trigo)
Produzida no pâncreas, controla os níveis de açúcar no sangue
Está envolvida na produção de proteínas e no armazenamento da gordura
Permite que a glicose absorvida seja utilizada pelas células do corpo
Mito ou verdade

A insulina está relacionada ao diabetes?
Verdade A produção insuficiente de insulina pelo pâncreas está relacionada ao diabetes tipo 1. Já o diabetes tipo 2, a obesidade e a síndrome dos ovários policísticos estão associados à resistência das células do corpo à substância

Tiroxina
História

A função da tiroxina começou a ser esclarecida em 1891, mas a substância só foi isolada pela primeira vez em 1919 e sintetizada em 1927 por cientistas europeus

Produzida na TIREOIDE, é responsável por controlar o metabolismo
Sua produção depende, entre outros fatores, da ingestão de iodo, nutriente presente nos alimentos provenientes do mar, leite, ovos e sal de cozinha
A deficiência de tiroxina pode causar lentidão do raciocínio, sonolência e intestino preso

Mito ou verdade

A falta de tiroxina no organismo causa obesidade?
Mito A tiroxina influencia o metabolismo, mas é responsável apenas por aumentos de 3 ou 4 kg no peso. Mas isso se dá em função do acúmulo de líquido no organismo.

Outras Notícias

Aleitamento Materno – Agosto Dourado

A amamentação é uma das melhores estratégias para salvar vidas infantis e melhorar a saúde e o desenvolvimento econômico e social dos indivíduos e das nações. Vale ressaltar que o profissional de saúde deve sempre informar sobre a importância da amamentação e apoiar a resolução materna. O suporte à mulher que amamenta é fundamental para a manutenção do aleitamento materno.

Webmeeting Centro de Infusões

Doença inflamatória intestinal e Covid-19: implicações em pacientes adultos e pediátricos

Hereditariedade das condições clínicas tratadas por infusões. É possível saber se meu filho também será acometido?

Ao receber o diagnóstico de uma doença grave, os pais sempre ficam aflitos para saber se ela é hereditária e qual a probabilidade de afetar os seus filhos. Para entender melhor essa questão, é preciso definir quais são as doenças tratadas por infusões que podem ser hereditárias.

Campanha Cuide com Todo Coração

Ele está com você desde o primeiro instante. Acompanhando a sua trajetória pelas batidas. Pulsando a cada nova etapa, conquista, sensação. E agora, mais do que nunca, você deve entendê-lo. Prevenindo-se para que o amanhã seja sempre melhor. Por isso vamos falar desse órgão tão importante nos próximos dias, para que você aprenda ou continue a cuidar dele com todo o seu coração.