Mulheres fumantes | Revista Fleury Ed. 22

Pesquisa do Instituto Nacional do Câncer (Inca) mostra que as mulheres têm começado a fumar antes dos homens.

Pesquisa do Instituto Nacional do Câncer (Inca) mostra que as mulheres têm começado a fumar antes dos homens. O número de jovens do sexo feminino que inicia o hábito antes dos 15 anos de idade é maior do que o do sexo masculino, em todas as regiões do país. “Atualmente, a proporção de homens e a de mulheres fumantes são muito próximas, um cenário diferente do que ocorreu no passado”, afirma Thiago Pavin, o psicólogo da área de Promoção de Saúde e responsável pelo Programa Antitabagismo do Fleury.

Ele coordena os programas que auxiliam os funcionários de empresas a parar de fumar e afirma que a porcentagem de mulheres participantes tem sido grande. “O cigarro não é mais um sinal de elegância e a mulher costuma ser mais sensível aos efeitos estéticos negativos do cigarro, que, entre outros prejuízos, afeta a pele, as unhas, os cabelos e, também, o aroma do perfume.” Além disso, as mulheres se preocupam muito mais com a maternidade.

Outra preocupação que vem em mente nesse processo é o risco do aumento de peso. “É muito comum a pessoa trocar a compulsão pelo cigarro por alimentos. Por isso, além do tabagismo, é necessário tratar os sentimentos que levam à compulsão, explica o psicólogo.

Outras Notícias

Grupo Fleury e Kunumi fecham parceria para uso de inteligência artificial no combate à COVID-19

Projeto prevê aplicação de algoritmos para identificar e comparar padrões em hemogramas de pacientes testados para doença. Objetivo é desenvolver modelo preditivo para auxiliar médicos no diagnóstico da doença.

Resultados da terceira fase do mapeamento da COVID-19 em São Paulo

Pesquisa estima 1,5 milhão de pessoas com 18 anos ou mais infectadas pelo novo coronavírus na capital paulista. Dados são da terceira etapa do projeto de monitoramento da soroprevalência do SARS-CoV-2 no município; baixa renda segue como grupo mais atingido pela pandemia.

Campanha Cuide com Todo Coração

Ele está com você desde o primeiro instante. Acompanhando a sua trajetória pelas batidas. Pulsando a cada nova etapa, conquista, sensação. E agora, mais do que nunca, você deve entendê-lo. Prevenindo-se para que o amanhã seja sempre melhor. Por isso vamos falar desse órgão tão importante nos próximos dias, para que você aprenda ou continue a cuidar dele com todo o seu coração.

Aleitamento Materno – Agosto Dourado

A amamentação é uma das melhores estratégias para salvar vidas infantis e melhorar a saúde e o desenvolvimento econômico e social dos indivíduos e das nações. Vale ressaltar que o profissional de saúde deve sempre informar sobre a importância da amamentação e apoiar a resolução materna. O suporte à mulher que amamenta é fundamental para a manutenção do aleitamento materno.