Informe-se sobre COVID-19 clicando aqui

O caminho do sangue | Revista Fleury Ed. 32

Descubra o que acontece com a amostra que é coletada quando você faz um exame no Fleury

Descubra o que acontece com a amostra que é coletada quando você faz um exame no Fleury

Infográfico: O caminho percorrido pela amostra de sangue coletada no Fleury
Veja o caminho do sangue em detalhes aqui:

Infográfico: Unitri, Maíra Termero e Luiz Felipe Monteiro


1 - ATENDIMENTO

O funcionário insere todos os dados do cliente e do pedido de exames no sistema do laboratório Fleury.
A partir dessas informações, o sistema calcula a quantidade de sangue a ser coletada, quais e quantos tubos serão usados. Além disso, é gerado um código único, que acompanha os tubos durante todo o trajeto, permitindo o rastreio em qualquer etapa do processo e também o direcionamento do recipiente pelo caminho certo.

Identificação em todo o processo
NOME, NASCIMENTO, SEXO, NÚMERO DE IDENTIFICAÇÃO, SETOR TÉCNICO, TEMPERATURA DE CONSERVAÇÃO E ANTICOAGULANTE

2 - COLETA

A amostra
O sangue é coletado em tubos, que recebem uma etiqueta.  

Cores
As tampas coloridas ajudam a guiar os técnicos. Elas trazem informações específicas sobre o material utilizado no exame, informam se o frasco tem ou não anticoagulante e para qual setor será enviado.
O tubo é fabricado com uma tecnologia de vácuo que coleta a quantidade necessária de sangue.

Um mesmo tubo passa por diversas etapas e três deles podem fornecer material para mais de trinta exames.

São processados cerca de 300 mil tubos por mês

3 - DISTRIBUIÇÃO

A distribuição do Fleury é responsável pela triagem do material.

Pré-processamento
Uma equipe de profissionais confere novamente as informações da etiqueta, as condições da coleta, a quantidade correta de sangue coletado e a temperatura, entre outros fatores.
Uma máquina chamada “sorteador” identifica os tubos, faz a triagem e também a separação, quando necessária. O “sorteador” processa cerca de 850 tubos por hora.

Centrifugação
O sangue passa por uma separação para isolar o soro ou plasma das células vermelhas. O soro, isolado sem o uso de anticoagulante, e o plasma, mantido com algum tipo de anticoagulante, seguem para ser examinados.

Ou

Sangue total
Parte das amostras é examinada em forma de sangue total, ou seja, sem passar pela centrifugação.

Você já reparou que às vezes, no pedido médico, é solicitado hemograma sangue total?

4 - SETORES TÉCNICOS

Os tubos seguem para um dos setores técnicos do Fleury, onde serão realizados exames de complexidades diferentes, sob a responsabilidade de farmacêuticos, bioquímicos, biomédicos, biólogos e químicos.

Hematologia, Semiautomação, Imunologia, Cromatografia, Especial de bioquímica, Imuno-hematologia, Biologia molecular, Automação, Citometria de fluxo, Citogenética, Hemostasia

5 - AUTOMOÇÃO

A primeira triagem é manual, feita por profissionais do Fleury.
Vão para a análise dos profissionais os tubos que, por algum motivo, não podem seguir diretamente para as máquinas. Por exemplo: as amostras infantis, porque geralmente contêm menor quantidade de sangue.
O restante segue para “sorteadores” do setor.

Resultado de exames
Cada equipamento registra no sistema o resultado do exame que, na maioria dos casos, pode ser consultado na hora no site do Fleury (www.fleury.com.br). Os resultados fora do padrão seguem para análise antes da liberação. A equipe compara os dados com exames anteriores, investiga as diferenças e, se necessário, entra em contato com o médico do cliente.

As amostras que não podem mais ser utilizadas para outros exames são descartadas.

Linha de automoção
A chamada linha de automação é um conjunto de quase 30 máquinas que realizam exames como colesterol, triglicérides, hormônios, HIV, rubéola e vitamina D.

Controle de qualidade
Todos os dias, é inserido no processo um material de referência, parecido com a amostra dos clientes, mas com índices e resultados já conhecidos, para a calibragem e checagem dos equipamentos.

6 - ARMAZENAMENTO

Os tubos podem ser armazenados de 7 a 60 dias, em média, de acordo com a melhor condição de temperatura e estabilidade do exame, e com normas previstas em legislação.

7 - DESCARTE

Todos os resíduos químicos são segregados e encaminhados para tratamento final. O resíduo infectante recebe dois tipos
de tratamento. Uma parte segue para descarte externo. Outra parte é tratada internamente.

Todos os resíduos gerados são segregados e tratados seguindo a legislação vigente.

Descarte especial

Autoclave
esterilizado sob ação de alta temperatura
TRITURAÇÃO E DESCARTEDE RESÍDUO COMUM

Parceria Fleury
Um serviço exclusivo que demonstra nosso olhar para o cliente é a assessoria médica, que atua como parceira na investigação da hipótese clínica e na abordagem médica. Os assessores entram em contato proativamente com os médicos dos pacientes e emitem relatórios integrados, os quais apresentam o cruzamento dos resultados de todos os exames e procedimentos. Isso gera uma solução de maior eficácia para o médico. Em 2014, prestamos mais de 160 mil assessorias médicas e emitimos mais de 65 mil relatórios integrados.


Você Sabia?
O setor de automação recebe cerca de 12 mil tubos por dia. Nele, são realizados, em média, 1,7 milhão de exames por mês.

ASSUNTOS RELACIONADOS:

Exames – Hemograma, Sangue Total

Exames – Exame de sangue – Perguntas frequentes