O corpo em transição | Revista Fleury Ed. 35

O que acontece no organismo de meninos e meninas na puberdade? Durante todo o processo, os hormônios trabalham para preparar o corpo para a vida reprodutiva.

O que acontece no organismo de meninos e meninas na puberdade? Durante todo o processo, os hormônios trabalham para preparar o corpo para a vida reprodutiva.


0 - CADA UM DE UM JEITO
As fases da puberdade podem variar bastante de uma pessoa para outra. Para acompanhar o crescimento do adolescente, os médicos fazem a análise da idade óssea, que é uma referência mais precisa.
.
8 e 13 anos, nas meninas.
9 e 14 anos, nos meninos.
1 - CASCATA HORMONAL
Quem dá o gatilho para a puberdade é o hipotálamo, uma região do cérebro ligada ao sistema nervoso central e ao sistema endocrinológico. É ele quem passa a produzir o hormônio GnRH, que, por sua vez, dá o comando para a hipófise. A glândula, localizada na base do cérebro, produz dois hormônios
ligados à puberdade: o LH e o FSH.

Glândulas suprarrenais

2 - ESPINHAS E PELOS
O mesmo eixo influencia o trabalho das suprarrenais, que também produzem a testosterona, mesmo nas meninas. Assim, esse eixo ainda comanda a produção de pelos púbicos e as alterações de oleosidade na pele, associada aos cravos e às espinhas.

LH e FSH são os hormônios ligados à puberdade que atuam nos órgãos reprodutivos de meninos e meninas.

ACELERAÇÃO
Diferenças étnicas, genéticas ou mesmo ambientais e emocionais podem adiantar ou atrasar o processo. Baixo peso e a prática de esporte extenuante, por exemplo, podem atrasar. Sobrepeso, traumas e os chamados disruptores endócrinos (como agrotóxicos) podem provocar a puberdade precoce.

3 - Nos meninos, o LH e o FSH estimulam a produção de testosterona pelos testículos.
O LH e o FSH atuam nos ovários das meninas, estimulando a produção de estradiol e progesterona.


ESTIRÕES
As crianças crescem de 4 a 6 centímetros por ano. No pico do estirão, crescem de 8 a 10 cm. As meninas, porém, começam esse processo antes e, quando menstruam, crescem menos até chegar à altura adulta. Já os meninos começam depois, mas acabam crescendo mais. no final dessa fase.


4 - COMO ELES MUDAM
Os testítulos se desenvolvem para produzir a secreção que carrega os espermatozoides. A voz muda de timbre e o menino ganha barba, massa muscular e perde gordura.


4 - COMO ELAS MUDAM
O broto mamário aparece primeiro. A menstruação só vem dois anos depois. Os ovários, o corpo e colo do útero crescem até começarem a trabalhar em ciclos. E elas ganham mais gordura nos quadris.

Testosterona, estradiol e progesterona são os hormônios que iniciam as alterações físicas em meninos e meninas.

AQUELE HUMOR...
Como a produção hormonal da puberdade está bastante relacionada ao sistema nervoso central, é comum que tanto meninos como meninas passem por alterações de humor, que são típicas dessa fase.

CADA VEZ MAIS PRECOCES?
Sim. Estudos mostram que, no século 19, as meninas tinham a primeira menstruação por volta dos 16 anos de idade. No século 20, essa média passou para os 12 anos. Essa antecipação ocorreu provavelmente por conta dos avanços em saneamento básico e na disponibilidade de alimentos. É como se o corpo já pudesse contar com reservas suficientes e se considerar “pronto” para a transição mais cedo.


Infográfico e ilustração Maíra Termero, Jorge Oliveira e Lucas Gomes
Fontes Dra. Maria Izabel Chiamolera, endocrinologista e assessora de endocrinologia do Fleury, e Dra. Patrícia Debora Cavalcanti Tosta Hernandez, endocrinologista pediátrica e médica do Grupo de Pediatras do Fleury

Outras Notícias

Webmeeting Centro de Infusões

Doença inflamatória intestinal e Covid-19: implicações em pacientes adultos e pediátricos

Hereditariedade das condições clínicas tratadas por infusões. É possível saber se meu filho também será acometido?

Ao receber o diagnóstico de uma doença grave, os pais sempre ficam aflitos para saber se ela é hereditária e qual a probabilidade de afetar os seus filhos. Para entender melhor essa questão, é preciso definir quais são as doenças tratadas por infusões que podem ser hereditárias.

Campanha Cuide com Todo Coração

Ele está com você desde o primeiro instante. Acompanhando a sua trajetória pelas batidas. Pulsando a cada nova etapa, conquista, sensação. E agora, mais do que nunca, você deve entendê-lo. Prevenindo-se para que o amanhã seja sempre melhor. Por isso vamos falar desse órgão tão importante nos próximos dias, para que você aprenda ou continue a cuidar dele com todo o seu coração.

Dia Mundial de Luta Contra as Hepatites Virais

As hepatites virais são um problema mundial para a saúde pública. Embora possam ser causadas por diferentes vírus, elas apresentam sintomas similares, dificultando seu diagnóstico sem o uso de exames específicos. A seguir você vai conhecer mais sobre essas afecções.