Palavra do especialista | Revista Fleury Ed. 18

O que é hiperparatiroidismo? O que causa essa disfunção? Quais são os sinais e sintomas dessa doença?


O hiperparatiroidismo
Fleury: O que é hiperparatiroidismo?
Ana Hoff: O hiperparatiroidismo é uma doença caracterizada pelo mau funcionamento das paratiroides. Essas glândulas são responsáveis pela produção do hormônio PTH (paratormônio), que regula o nível de cálcio. Se o cálcio estiver baixo no sangue, os sensores das paratiroides detectam essa falha e liberam o PTH, que retira cálcio dos ossos. Quando há disfunção, as glândulas liberam o hormônio independentemente do nível de cálcio, o que pode trazer problemas para a saúde.

Fleury: O que causa essa disfunção?
AH: Existem dois tipos de hiperparatiroidismo: o primário e o secundário. No primário, a disfunção ocorre quando uma das quatro glândulas aumenta, normalmente por causa de um tumor benigno, e começa a produzir muito PTH. Já no secundário, o problema não é resultado de uma disfunção da paratiroide. O hormônio é liberado porque a pessoa não ingere cálcio ou simplesmente não o absorve. Uma das principais causas de hiperparatiroidismo secundário é a deficiência de vitamina D, já que esta é importante para a absorção de cálcio no intestino. A deficiência de vitamina D pode ocorrer por diversos motivos, entre eles a baixa exposição ao sol.

Fleury: Quais são os sinais e sintomas dessa doença?
AH: Além da perda óssea, podem ocorrer hipertensão arterial, sintomas gastrointestinais, como náuseas e vômitos, problemas renais, como pedras, e também sintomas neuropsiquiátricos, inclusive cansaço, depressão, insônia e mal-estar. Vale observar ainda que pode haver um aumento da sensação de sede e da frequência com que a pessoa urina. Quanto mais alto o nível do cálcio no sangue, mais intensos tendem a ser os sintomas.