Segredo da longevidade | Revista Fleury Ed. 23

Um relatório publicado pela Sociedade Americana de Geriatria indica que um grupo de judeus asquenazes (de origem europeia) que viveram 95 anos ou mais não tinha hábitos ou estilos de vida melhores que os da população em geral.

Um relatório publicado pela Sociedade Americana de Geriatria indica que um grupo de judeus asquenazes (de origem europeia) que viveram 95 anos ou mais não tinha hábitos ou estilos de vida melhores que os da população em geral. Na realidade, os homens do grupo bebiam em média um pouco mais e faziam menos exercícios que seus congêneres. “O estudo sugere que os centenários podem possuir genes adicionais de longevidade que os ajudam a amortizar os efeitos nocivos de um estilo de vida pouco saudável”, disse o autor principal do estudo, Nir Barzilai, do Instituto de Pesquisa do Envelhecimento da Escola de Medicina Albert Einstein, da Universidade Yeshiva, em Nova York.

Participaram do estudo 477 judeus asquenazes de 95 a 122 anos. Deles, 75% eram mulheres com características similares à população em geral na relação altura/peso, tabagismo, prática de exercício físico e dieta. Cerca de 24% dos homens longevos bebiam álcool diariamente, em comparação com os 22% da população em geral, enquanto 43% dos longevos faziam exercícios regularmente, contra 57% da população em geral. Os indivíduos de ambos os grupos eram propensos ao sobrepeso, mas os longevos tinham menos chances de alcançar altos níveis de obesidade. Os cientistas recomendam, entretanto, que as pessoas não confiem apenas na genética e cuidem da saúde.

Outras Notícias

Relatório Anual de Sustentabilidade 2019

Acesse o Relatório Anual de Sustentabilidade 2019 do Grupo Fleury, baseado nas diretrizes da Global Reporting Initiative (GRI) em sua versão Standard, opção Essencial, e em linha com as orientações do Relato Integrado (IR).

Semana Mundial de Conscientização Sobre Alergias

A Organização Mundial de Alergia (World Allergy Organization/WAO) realiza anualmente, juntamente com as diversas sociedades de alergia no mundo, uma semana para a conscientização sobre as doenças alérgicas e suas alterações. A partir de hoje e até o dia 4 de julho traremos informações sobre uma alergia diferente.

Checkpoints para o seu tratamento infusional: O passo a passo para alcançar mais qualidade de vida.

Qualidade de vida é uma das maiores aspirações do ser humano, expectativa que parece distante para quem sofre de doenças crônicas e incapacitantes. Mas, com o avanço das pesquisas e dos novos medicamentos da terapia infusional, é possível um cotidiano mais confortável e com maior autonomia. Para você iniciar seu tratamento com mais tranquilidade e saber quais resultados esperar, trouxemos algumas respostas para ajudá-lo.

Grupo Fleury participa do processo de testes para vacina contra a COVID-19

Grupo Fleury realizará testes para 2 mil candidatos selecionados pela Unifesp para estudo sobre a vacina contra a COVID-19 desenvolvida pela Universidade de Oxford. Em estudo conduzido pela Escola Paulista de Medicina, da Unifesp, Grupo fará exames do tipo sorológico durante triagem de participantes de experimento. Vacina está sendo testada em 50 mil pessoas em vários lugares do mundo. IMPORTANTE: Os 2000 candidatos para o estudo da vacina serão selecionados exclusivamente pela Unifesp. Nossa central de atendimento não recebe candidaturas.