Segura e prática | Revista Fleury Ed. 13

A vasectomia é um procedimento rápido e seguro para homens que não desejam mais ter filhos

Simples, rápida e eficiente, a vasectomia é um dos métodos contraceptivos cada vez mais utilizados no mundo todo. A cirurgia nada mais é que a interrupção de um pequeno duto (canal deferente) que serve única e exclusivamente para transportar os espermatozóides – produzidos nos testículos – até se juntarem aos demais componentes do sêmen, próximo à próstata e às vesículas seminais. “A vasectomia não compromete a potência sexual, nem tampouco aumenta os riscos de desenvolvimento de câncer de próstata, como chegou a ser veiculado há alguns anos”, afirma o urologista José Carlos Truzzi, médico responsável pelo setor de Urologia do Fleury.


A rapidez está entre as maiores vantagens da técnica. A cirurgia dura de 20 a 30 minutos e pode ser realizada em hospital-dia, sem necessidade de internação. Segundo o urologista Adalberto Andriolo, cirurgião que opera no Fleury Hospital-Dia, outro ponto positivo é a eficácia: “É um método definitivo, com chance mínima de retorno à fertilidade espontânea sem a realização de outro procedimento cirúrgico”. A terceira vantagem, de acordo com Andriolo, é o pós-operatório. “A volta às atividades cotidianas é quase imediata, e com pouca necessidade de uso de medicações e baixíssimos riscos de complicações”, afirma.

É recomendada abstinência sexual por até cinco dias e contra-indicado o esforço físico por sete dias. “Normalmente, os homens optam por fazer a cirurgia às sextas-feiras, e, na segunda, voltam às atividades profissionais, consideradas as restrições de esforços físicos”, observa Truzzi. Após a cirurgia, deve ser realizado um exame (espermograma) para confirmar a ausência de espermatozóides no esperma, que continuará sendo produzido e ejaculado normalmente. São necessárias, em média, 20 ejaculações para eliminar os espermatozóides que restaram da interrupção, embora esse valor sofra variação de indivíduo para indivíduo. Nesse período, é indicado fazer uso de outro método contraceptivo.

Dependendo do caso, a vasectomia é reversível. Apesar disso, os especialistas indicam que o homem só deve fazer a cirurgia se já estiver plenamente decidido a não ter mais filhos. A legislação brasileira define que ele precisa ter mais de 25 anos, dois filhos e o consentimento da esposa.

Uma medida preventiva, no caso de uma futura mudança de planos, é utilizar os bancos de sêmen. “São uma segurança a mais para o vasectomizado, porque esses espermatozóides férteis serão congelados por um período indeterminado”, explica Elvio Tognotti, diretor-presidente do Projeto Alfa, banco de sêmen localizado em São Paulo. Segundo Tognotti, o primeiro passo é uma indicação médica, comprovando que fará a vasectomia e deseja congelar sêmen. Em seguida, serão realizados exames de sangue para saber se não é portador de doença infecciosa. Normalmente, o paciente vai três vezes ao laboratório para coletar amostras. Depois disso, é preciso pagar uma taxa inicial para congelar, e outra para manutenção, a cada seis meses. “Esse sêmen congelado pode ser usado para fazer inseminação artificial, que é um procedimento muito mais simples e barato do que o bebê de proveta, por exemplo”, destaca Tognotti.

Simples e eficaz
Entenda como funciona o procedimento de vasectomia:

O canal
O duto, ou canal deferente, tem a função de transportar os espermatozóides. É um pouco maior que um vaso sangüíneo.
A técnica
Durante a vasectomia o duto é isolado. A técnica consiste em retirar um pequeno segmento de cerca de 1 centímetro. Em seguida, os dois cotos são amarrados cirurgicamente, desalinhados e separados.
Sêmen
Os espermatozóides e o fluído que os carrega representam menos que 5% do volume total de sêmen ejaculado. Por isso, nenhuma diferença será percebida pelo homem que fizer vasectomia.

Outras Notícias

Grupo Fleury e Kunumi fecham parceria para uso de inteligência artificial no combate à COVID-19

Projeto prevê aplicação de algoritmos para identificar e comparar padrões em hemogramas de pacientes testados para doença. Objetivo é desenvolver modelo preditivo para auxiliar médicos no diagnóstico da doença.

Campanha Cuide com Todo Coração

Ele está com você desde o primeiro instante. Acompanhando a sua trajetória pelas batidas. Pulsando a cada nova etapa, conquista, sensação. E agora, mais do que nunca, você deve entendê-lo. Prevenindo-se para que o amanhã seja sempre melhor. Por isso vamos falar desse órgão tão importante nos próximos dias, para que você aprenda ou continue a cuidar dele com todo o seu coração.

Resultados da terceira fase do mapeamento da COVID-19 em São Paulo

Pesquisa estima 1,5 milhão de pessoas com 18 anos ou mais infectadas pelo novo coronavírus na capital paulista. Dados são da terceira etapa do projeto de monitoramento da soroprevalência do SARS-CoV-2 no município; baixa renda segue como grupo mais atingido pela pandemia.

Aleitamento Materno – Agosto Dourado

A amamentação é uma das melhores estratégias para salvar vidas infantis e melhorar a saúde e o desenvolvimento econômico e social dos indivíduos e das nações. Vale ressaltar que o profissional de saúde deve sempre informar sobre a importância da amamentação e apoiar a resolução materna. O suporte à mulher que amamenta é fundamental para a manutenção do aleitamento materno.