Informe-se sobre COVID-19 clicando aqui

Uma vida nova | Revista Fleury Ed. 20

“Fumei por 16 anos. E eu precisava parar. Tinha a consciência de que aquilo vinha me fazendo muito mal, mas sabia que precisaria de uma extrema força de vontade para cortar, definitivamente, o vício."

Fumei por 16 anos. E eu precisava parar. Tinha a consciência de que aquilo vinha me fazendo muito mal, mas sabia que precisaria de uma extrema força de vontade para cortar, definitivamente, o vício. E também de um estímulo. Coincidentemente, o Fleury lançou um programa para ajudar seus colaboradores a pararem de fumar e resolvi aderir.

No começo do tratamento, me perguntaram o quanto de força de vontade eu teria para parar. Dizia que não era 100%, talvez fosse 80%, mas aí apareceu um fator mais que determinante, algo que fez minha vontade pular para os 150%. Descobri que minha mulher estava grávida. Era o suficiente para me doar por inteiro.

Eu costumava fumar dez cigarros por dia. Um pouco antes de parar, comecei a tomar remédios, o que fiz por 19 dias. E conforme os dias foram passando, já não sentia mais vontade e nem conseguia fumar um cigarro inteiro. Então, escolhi uma data para parar de fumar definitivamente: foi o dia 5 de maio de 2009. Depois disso, passei por diversas etapas do tratamento, seguidas conversas com psicólogos, exames e a ajuda dos médicos.

E o tratamento foi um sucesso. Depois disso, minha vida só mudou para melhor. Sentia as diferenças a cada semana. O simples fato de subir uma escada já deixava meu dia melhor. Meu fôlego melhorou e minha disposição para encarar a rotina também. Decidi me matricular em uma academia e passei a correr vários dias por semana. Minha vida mudou por completo.”


Luciano Morales trabalha na equipe de Marketing do Fleury Medicina e Saúde como designer gráfico. Tem 33 anos, é casado e pai de Luigi.