Ácido Vanil Mandélico, urina

Outros nomes:

Ácido Vanil Mandélico

AVM

FEOCROMOCITOMA, ACIDO VANIL MANDELICO

NEUROBLASTOMA, ACIDO VANIL MANDELICO

VANIL MANDELICO, ACIDO

VMA, ACIDO VANIL MANDELICO

Orientações necessárias

- Este exame é realizado em urina colhida durante 24 horas. - O cliente deve retirar, no Fleury, os frascos adequados para a coleta do material e a folha de instruções. É obrigatório a apresentação do pedido médico na retirada dos frascos. - Durante a coleta, todos os medicamentos que forem possíveis devem ser suspensos. Em caso de dúvida, recomenda-se que o cliente consulte o médico assistente. - Para mulheres, o ideal é não fazer o exame na ocasião da menstruação. - O material deve ser entregue no Fleury até 48 horas após o término da coleta.

Processamento e adequação da amostra

- Homogeneizar, medir o volume total; - Medir o pH, que NÃO deverá estar superior a 5,0; - Aliquotar 2 tubos plásticos com capacidade para 4 mL cada um. - Anotar volume total, na ficha do cliente e no sistema de gerenciamento de amostra; - Enviar à seção, em temperatura ambiente; - Volume mínimo: 4 mL. ATENÇÃO - para crianças de 0 a 5 anos, quando solicitado pela Enfermagem, retirar do frasco 50% do conservante, alterando a quantidade constante no rótulo. Estabilidade da amostra Temperatura ambiente: 8 horas; Refrigerada (2-8ºC): 7 dias; Congelada (-20ºC): 1 ano.

Método

- Cromatografia líquida de alta eficiência (HPLC).

Valor de referência

- De 1 a 6 meses : de 0,1 a 1,0 mg/24 h - De 6 a 12 meses : de 0,2 a 1,5 mg/24 h - De 1 a 5 anos : de 0,5 a 2,5 mg/24 h - De 5 a 10 anos : de 0,8 a 3,0 mg/24 h - De 10 a 15 anos : de 1,0 a 6,0 mg/24 h - Acima de 15 anos: de 2,0 a 7,0 mg/24 h

Interpretação e comentários

- O ácido vanilmandélico (VMA) é o metabólito final comum das catecolaminas adrenalina e noradrenalina. Sua excreção urinária está aumentada em portadores de feocromocitoma, ganglioneuroma e neuroblastoma. - Em cerca de 20% a 30% dos neuroblastomas, a dosagem de VMA pode ser normal, mas, na maioria das vezes, encontram-se alterações de outros parâmetros laboratoriais que permitem o diagnóstico, como as catecolaminas e as metanefrinas, por exemplo. - Os exames recomendados para a triagem do feocromocitoma são as dosagens de metanefrinas e VMA na urina. Neste caso, a dosagem de catecolaminas urinárias deve ser deixada para uma abordagem posterior. É possível ainda encontrar valores elevados de VMA em outras doenças graves, tais como choque, insuficiência respiratória e neoplasias. - Todos os métodos disponíveis estão sujeitos a variações e interferências, a exemplo de drogas que inibem a enzima responsável pelo metabolismo do VMA (monoaminoxidase) e da L-dopa.

Cobertura de convênios

Para informações sobre cobertura de convênio, consulte nossa página de Convênios ou entre em contato com a nossa Central de Atendimento pelo Whatsapp (11) 3179-0822.

Preços e Pagamento Particular

Sabia que o Fleury oferece parcelamento em até 10x sem juros e condições especiais para pagamento particular para os médicos cadastrados?

Não possui cadastro? Cadastre-se já!

Entre em contato com a nossa Central de Atendimento e agende seu exame pelo Whatsapp (11) 3179-0822.