Antibiograma para fungos, quantitativo, Vários Materiais

Outros nomes:
ANTIBIOGRAMA QUANTITATIVO P/FUNGOS
ANTIFUNGIGRAMA QUANTITATIVO
CANDIDA, ANTIBIOGRAMA QUANTITATIVO
FUNGOS, ANTIBIOGRAMA QUANTITATIVO
MIC PARA FUNGOS
ANTIBIOGRAMA PARA FUNGOS, QUANTITATIVO

Agendamento

Este exame nao necessita ser agendado.

Prazo de Entrega

Em até 5 dias úteis (incluindo sábados) às 18h

Orientações necessárias

I - Informações sobre o exame - O exame é realizado quando a solicitação médica indica determinação de concentração inibitória mínima (CIM), ou antifungigrama quantitativo, em cultura de materiais nobres, tais como sangue, lavado broncoalveolar, cateter, liquor e líquidos pleural, sinovial, pericárdico e de diálise peritoneal com crescimento de Candida spp. Contudo, não há possibilidade de fazer o teste quando a cultura para fungos é negativa. - Neste antibiograma, são testados rotineiramente o fluconazol, a anfotericina B, o voriconazol e a caspofungina. - Apesar de somente o fluconazol ser testado na urina de forma rotineira, o antibiograma quantitativo para fungos é feito sempre que o médico pede a determinação da CIM. - O teste pode ser solicitado juntamente com a cultura para fungos ou, então, ser incluído no prazo máximo de dez dias após o isolamento da cepa no Fleury. Neste último caso, é importante confirmar se o material ainda está disponível para a realização do exame. - O Fleury também recebe cepas enviadas de outros laboratórios para esta análise. - Este teste é aplicável apenas a Candida spp., não sendo realizado para fungo filamentoso.

Processamento e adequação da amostra

- Este exame se aplica à Candida isolada em materiais nobres ou sítios estéreis, tais como sangue, lavado broncoalveolar, cateter, liquor e líquidos pleural, sinovial, pericárdico e de diálise. - Para outros materiais, abrir ANTIBFUN. No entanto, quando o médico solicitar antifungigrama por concentração inibitória mínima (CIM), abrir FUNGMIC3.

Método

- Microdiluição automatizada ou Etest (caspofungina).

Valor de referência

- Não aplicável.

Interpretação e comentários

- As principais indicações dos testes de suscetibilidade de leveduras a antifúngicos incluem: -- avaliação de alternativas terapêuticas em casos de candidíase recorrente com má resposta ao fluconazol; -- indivíduos neutropênicos com infecção fúngica; -- estudo de amostras de Candida glabrata, C. krusei e C. lusitaniae, que são usualmente resistentes ou apresentam sensibilidade dose-dependente aos azólicos. - O presente antibiograma testa rotineiramente o fluconazol, a anfotericina B, o voriconazol e a caspofungina. - Para a avaliação da suscetibilidade à anfotericina B, o método da microdiluição apresenta limitações. Contudo, o isolados com CIM maior que 1 µg/mL estão associado à falha terapêutica. - O termo sensível dose-dependente indica que a sensibilidade depende da obtenção de níveis séricos máximos, com doses de fluconazol de 400 mg/dia ou mais em indivíduos com função renal normal. Os critérios interpretativos preconizados pelo Clinical and Laboratory Standards Institute estão descritos na tabela abaixo. Os valores são expressos em µg/mL: -- Anfotericina B -Sensível: menor igual a 1 -Resistente: maior que 1 -- Caspofungina -Sensível: menor igual a 2 -Não Sensível: maior que 2 -- Fluconazol -Sensível: menor igual a 8 -Sensível-Dose Dependente: 16 - 32 -Resistente: maior igual a 64 --Voriconazol -Sensível: menor igual a 1 -Sensível-Dose Dependente: 2 -Resistente: maior igual a 4

Dias de Medicamento

0

Cobertura de convênios

Para informações sobre cobertura de convênio, consulte nossa página de Convênios ou ligue para nossa Central de Atendimento pelo telefone: (11) 3179-0822

Preços e Pagamento Particular

Sabia que o Fleury oferece parcelamento em até 6x sem juros e condições especiais para pagamento particular para os médicos cadastrados?

Não possui cadastro? Cadastre-se já!

Entre em contato com a nossa Central de Atendimento e agende seu exame: (11) 3179-0822