BCR-ABL, detecção de mutações do gene, Vários Materiais

Outros nomes:
DETECÇÃO DE MUTAÇÕES DO GENE BCR-ABL POR SEQÜENCIAMENTO
BCR-ABL, DETECÇÃO DE MUTAÇÕES QUE CONFEREM RESISTÊNCIA AO TRATAMENTO
MUTAÇÕES DO GENE BCR-ABL PARA PESQUISA DE RESISTÊNCIA AO TRATAMENTO COM GLIVEC®
PESQUISA DE RESISTÊNCIA AO TRATAMENTO DA LEUCEMIA MIELÓIDE CRÔNICA (LMC)
BCR-ABL, MUTAÇÕES ASSOCIADAS À RESISTÊNCIA A INIBIDORES DE QUINASES DE TIROSINA
MUTAÇÃO T315I
BCR-ABL1, DETECÇÃO DE MUTAÇÕES DO GENE, VÁRIOS MATERIAIS

Agendamento

Este exame nao necessita ser agendado.

Prazo de Entrega

Em até 10 dias úteis (sem contar o sábado) às 18h

Orientações necessárias

I - Informação sobre o exame É necessário apresentar exames/laudos anteriores relacionados à patologia II - Material - A análise pode ser realizada em amostras de sangue periférico ou de medula óssea, a critério do médico solicitante, coletadas ou não no Fleury. - Para coleta de medula óssea no Fleury, é necessário agendamento prévio III - Material enviado - A amostra deve ser mantida sob refrigeração e entregue até 24 horas após a coleta. - O Fleury não aceita materiais enviados em seringa com agulha. - Este exame tem restrição de atendimento, não é realizado aos domingos e feriados

Processamento e adequação da amostra

- Não manusear. - Enviar o material o mais rápido possível para a seção, refrigerado. - Rejeitar amostras colhidas em heparina - Não será aceito material enviado em seringa com agulha. Estabilidade da amostra: - Temperatura ambiente: não aceitável - Refrigerada (2-8 ºC): 5 dias - Congelada (-20 ºC): não aceitável.

Método

- Transcrição reversa com posterior reação da cadeia de polimerase (RT-PCR), e com análise de produtos de PCR pelo sequenciamento método Sanger.

Valor de referência

- Ausência de mutações.

Interpretação e comentários

- A utilização de inibidores de tirosinoquinase (mesilato de imatinibe, dasatinibe ou nilotinibe) é indicada para o tratamento de portadores com leucemia mieloide crônica. Contudo, alguns pacientes que utilizam esses medicamentos podem desenvolver resistência clínica primária ou secundária, que se caracteriza por falha na resposta, resposta subótima ou ainda perda de resposta previamente alcançada. - A resistência à terapêutica pode ser multifatorial, incluindo mutações do gene BCR/ABL1, hiperexpressão da proteína BCR/ABL1, evolução clonal e diminuição da biodisponibilidade da droga ou exposição celular. Dentre os mecanismos associados à resistência adquirida estão as mutações pontuais do gene BCR/ABL1, particularmente em seu domínio de tirosinoquinase. Tais mutações modificam a conformação da proteína quimérica BCR/ABL1, afetando a ligação desses medicamentos no sítio específico desse domínio. - Na prática, as mutações detectadas nos resíduos 253, 255 e 315 estão relacionadas com uma resistência elevada ao mesilato de imatinibe e costumam apontar a necessidade de modificação do tratamento. Por sua vez, a presença da mutação T315I sugere resposta desfavorável aos inibidores de tirosinoquinas e de primeira e de segunda geração disponíveis na prática clínica atualmente. É importante salientar, entretanto, que a maioria das alterações detectadas em BCR/ABL1 ocorre de forma esporádica, o que pode, em alguns casos, dificultar a interpretação de seu impacto clínico. Todavia, a identificação de mutações do gene BCR/ABL1 auxilia o médico na adoção de outras condutas terapêuticas personalizadas, entre as quais o aumento da dose do mesilato de imatinibe, a substituição do medicamento por outro de 2ª geração, transplante de células progenitoras hematopoiéticas ou de ensaios clínicos.

Dias de Medicamento

0

Cobertura de convênios

Para informações sobre cobertura de convênio, consulte nossa página de Convênios ou ligue para nossa Central de Atendimento pelo telefone: (11) 3179-0822

Preços e Pagamento Particular

Sabia que o Fleury oferece parcelamento em até 6x sem juros e condições especiais para pagamento particular para os médicos cadastrados?

Não possui cadastro? Cadastre-se já!

Entre em contato com a nossa Central de Atendimento e agende seu exame: (11) 3179-0822