Manual de exames

Biópsia de couro cabeludo Anat

Outros nomes: Biópsia de pele do couro cabeludo, Biópsia incisional de pele do couro cabeludo

Este exame precisa ser agendado

Regiões estudadas

Couro cabeludo.
Couro cabeludo.

Orientações necessárias

Realização de exérese de 2 pequenas áreas da pele de couro cabeludo, marcada previamente em consulta dermatológica (interna ou externa) ou pelo exame de Tricoscopia (TRICO).

Caso paciente não apresente a marcação da área a ser biopsiada, agendar exame de TRICOSCOPIA (Sigla TRICO) que será realizado previamente à biópsia na mesma data.

Método

Exérese de 2 fragmentoS de pele por PUNCH, com sutura simples do local e curativo simples. Procedimento: 1. Assepsia com gaze e clorexidine; 2. Anestesia: seringa 3ml e agulha de insulina ou carpule e tubete, anetesia com xilocaína com vasoconstritor (ex.: Xylestesin); 3. Remoção do fragmento de pele e sutura: punch 6 ou cabo de bisturi com lâmina 15, tesoura de íris, porta agulhas, mononylon 4.0 ou monocryl 4.0; curativo com gaze e micropore ou curativo pronto (filme impermeável com compressa - Ex.: Opsite, Leukomed T Plus). OBS.: Materiais cirúrgicos: kit sutura (cabo de bisturi nº3, pinça dente de rato 12cm, pinça anatômica dissecção 12cm, pinça mosquito curva 12cm, porta agulha 12cm, tesoura íris ponta fina 12cm) .

Valor de referência

Diagnóstico anatomopatológico de pele.

Interpretação e comentários

Consiste na remoção de pequeno fragmento de pele do couro cabeludo para avaliação anatomopatológica, a fim de auxiliar no diagnóstico de possível patologia do couro cabeludo.

Convênio e cobertura

Consulte nossa página de Convênios para mais informações

Particular e valores

Não tem convênio? Fale com a gente e consulte as condições especiais de pagamento particular.

Faça em casa

Agora, você pode fazer exames de sangue, urina e fezes em casa, no trabalho ou onde preferir. Consulte as regiões de cobertura