Cintilografia, de corpo inteiro, Óssea

Outros nomes:

CINTILOGRAFIA OSSEA

CINTILOGRAFIA OSSEA DE CORPO INTEIRO

MAPEAMENTO DO ESQUELETO

MAPEAMENTO OSSEO

METASTASES OSSEAS, PESQUISA DE

Cintilografia de articulações temporomandibulares

CINTILOGRAFIA DO ESQUELETO

CINTILOGRAFIA DE MASTOIDES

Orientações necessárias

I - Informações sobre o exame - Neste exame, administra-se o radioindicador por via endovenosa e as imagens são obtidas após um intervalo de 2 horas e 30 minutos. O tempo de permanência no Fleury é de cerca de 4 horas. Porém, se o cliente desejar, poderá sair do Fleury no intervalo. II - Critérios de realização - Este exame é realizado somente com solicitação médica. - O procedimento não é realizado em gestantes. No caso de mulheres em fase de amamentação, consultar a equipe médica da Medicina Nuclear. - Menores de 18 anos devem estar acompanhados de um responsável legal. - Não há necessidade de acompanhante (exceto menores de 18 anos e clientes que necessitam de algum auxílio), entretanto, se o cliente vier acompanhado, recomenda-se que não seja uma acompanhante gestante. - Há restrição de peso para a realização do exame. Por isso, o cliente deve consultar a Central de Atendimento ao Cliente Fleury antes de comparecer à unidade de atendimento. - É necessário informar os exames de Medicina Nuclear realizados nos últimos 30 dias, para verificar a necessidade de aguardar algum intervalo de tempo antes desse exame. - O cliente deve apresentar resultados anteriores de cintilografia óssea, que são imprescindíveis para a comparação. - Se houver exames de punção ou biópsia de medula óssea, o cliente deve realizá-los após a cintilografia.

Método

Cintilográfico com radioisótopo

Interpretação e comentários

- O princípio do exame baseia-se na capacidade de o radioindicador metilenodifosfonato marcado com tecnécio-99m (MDP-Tc99m) concentrar-se nas áreas de formação óssea. Como essa capacidade é diretamente proporcional ao grau de osteogênese existente, a cintilografia óssea é útil na pesquisa de lesões osteoblásticas de qualquer natureza, sobretudo neoplásicas. Habitualmente, qualquer zona de osteólise apresenta osteogênese intensa e, portanto, o radioindicador é incorporado mais avidamente nessa região, produzindo uma área hipercaptante. Em raros casos, é possível encontrar zonas de hipoconcentração, que geralmente são conseqüência de alteração de perfusão na área afetada. O exame apresenta alta sensibilidade e baixa especificidade. Contribui no estudo de artropatias, osteoartrites, fraturas de estresse e lesões osteomusculares, na evolução de processos infecciosos e em sua avaliação prognóstica, na determinação do estágio de cânceres, na evolução de fraturas, na avaliação de tumores ósseos primitivos e em doenças metabólicas e histiocitoses, assim como na doença de Paget e na doença de Legg-Perthes, entre outras aplicações. - A concentração óssea depende do estado funcional do osso. Assim sendo, qualquer medicação e/ou condutas que interfiram nesse setor podem comprometer o resultado da cintilografia óssea. Em tais casos, o ideal é aguardar um intervalo de tempo para a recuperação do estado metabólico ósseo basal.

Regiões estudadas

Estruturas anatômicas avaliadas: ossos do corpo todo

Cobertura de convênios

Para informações sobre cobertura de convênio, consulte nossa página de Convênios ou entre em contato com a nossa Central de Atendimento pelo Whatsapp (11) 3179-0822.

Preços e Pagamento Particular

Sabia que o Fleury oferece parcelamento em até 10x sem juros e condições especiais para pagamento particular para os médicos cadastrados?

Não possui cadastro? Cadastre-se já!

Entre em contato com a nossa Central de Atendimento e agende seu exame pelo Whatsapp (11) 3179-0822.