Manual de exames

Citológico, de Punção de Nódulo, Vários Materiais

Outros nomes: Citologia aspirativa, Citológico de punção de nódulo, CITOLOGICO, NODULOS PALPAVEIS E NAO PALPAVEIS, VARIOS MATERIAIS, Punção aspirativa exame citológico, Adenograma, Citológico de punção de glândula salivar, Gânglio, citólógico abtido por punção, Citológico de punção de nódulo de tiróide, Células neoplásicas em mat de punção de mama, Biópsia aspirativa, citológico, Citograma de punção de mama, Citológico de punção de mama, Citológico de biópsia aspirativa com agulha fina, Exame citológico de punção aspirativa, Exame citológico de biópsia aspirativa, Análise do material obtido por punção, Citológico de material de gânglio, Citológico de punção por agulha fina, CAAF citologia aspirativa por agulha fina

Este exame não precisa ser agendado

Orientações necessárias

I - Informações sobre o exame
- Esse exame é realizado em material colhido no Fleury ou enviado.
- O método consiste na análise citológica de material obtido por punção de nódulos, palpáveis ou não, de tiroide, mama, linfonodos e da glândula salivar, assim como de cistos cervicais, massas subcutâneas, nódulos e lesões superficiais em geral, entre outros.

II - Critérios de realização
- É necessário apresentar a solicitação médica e exames anteriores ou relacionados, se houver (raios X, tomografia, ultrassonografia, cintilografia, mamografia, sorologias, TSH, T4, etc.).

Atenção:
- Caso a coleta do material seja realizada no Fleury, o cliente deve agendar a respectiva punção com antecedência.
- No caso de punção de mama, a cliente precisa informar se está amamentando.

Processamento e adequação da amostra

- A enfermagem deve encaminhar o material coletado ou material enviado para a Distribuição em temperatura ambiente se for esfregaço em lâmina e refrigerado se for líquido, junto com o(s) questionário (s), para que ele seja enviado, em condições adequadas, para o setor técnico. A cópia da solicitação médica deve ser encaminhada apenas nos casos de problemas no escaneamento da mesma.

- As lâminas secas e frascos de formol devem ser transportados em caixas separadas, para evitar que os vapores interfiram no exame.

- O material colhido em tubo ou seringa deve ser enviado a fresco e refrigerado, no máximo até 6 horas após a coleta. Se o material não for chegar ao setor dentro deste prazo, fixá-lo com álcool 50% v/v.

- Não enviar para o setor material em seringa COM AGULHA

- Se houver exame para a MIC: o material transferido para o tubo vacutainer silicon de 10 mL deve ser enviado para a Distribuição para depois ser encaminhado para o setor técnico.

- Domingos e Feriados: somente material enviado: esfregaços em lâminas a seco ou fixados em álcool 96% ou fixador celular. No caso de líquidos, fixá-los com álcool 50% v/v.

Instrução para preparar o álcool 50%:
A partir do álcool absoluto (100%), misturar partes iguais de álcool e água destilada. Por exemplo: 50 mL de álcool 100% e 50 mL de água destilada.

Instruções para misturar o álcool 50% no material (v/v):
Misturar volumes iguais do material obtido e do álcool 50%.

Método

- Estudo citológico no ato da punção para avaliação da representatividade do material com a coloração Panótica. No caso do material ser representativo, as lâminas serão encaminhadas à Anatomia Patológica, onde as lâminas secas serão coradas com a coloração Panótica e as lâminas fixadas em álcool serão coradas pelo Papanicolaou. No caso de haver material em tubo contendo fixador, este material deverá ser centrifugado e /ou emblocado. O material centrifugado será corado com coloração de Papanicolaou e o emblocado será corado pelo H.E.

Valor de referência

- Ausência de células neoplásicas malignas.

Interpretação e comentários

Glândulas salivares
- As glândulas salivares permitem um acesso fácil para punção. A citologia aspirativa fornece o diagnóstico em 90% dos casos - o mais freqüente é o adenoma pleomórfico.
- Na prática, o método diagnostica várias alterações nessa região:
- afecção não-neoplásica: cistos simples;
- neoplasias benignas: adenoma pleomórfico, adenoma monomórfico, tumor de Warthin, oncocitoma (raras vezes maligno);
- neoplasias malignas: carcinoma de células acínicas, carcinoma adenóide cístico, carcinoma mucoepidermóide e adenocarcinoma.

Linfonodo
- A punção para exame citológico é útil no diagnóstico diferencial das linfadenopatias reacionais, infecciosas e neoplásicas, sendo extremamente importante na avaliação inicial dessas doenças, assim como no seguimento dos casos decorrentes de processos neoplásicos.
- Em linfadenopatias reacionais e infecciosas, é possível a realização de exames complementares, tais como colorações específicas para fungos, bactérias e micobactérias, imunocitoquímica e hibridização in situ (FISH) para EBV, além de FISH e métodos moleculares para a detecção de eventuais agentes patogênicos.
- Já nas linfadenopatias causadas por processos neoplásicos, o método ajuda a determinar o estágio e a acompanhar o câncer, permitindo também a diferenciação entre neoplasias primárias e metastáticas. Nas primárias, é possível a caracterização do linfoma com o auxílio de exames complementares, tais como métodos imunocitoquímicos, citogenéticos, moleculares e de citometria de fluxo.

Mama
- O exame contribui para o diagnóstico diferencial das lesões benignas, atípicas e malignas da mama. É um exame sensível e específico para a avaliação de nódulos mamários palpáveis e impalpáveis, estes últimos examinados com o auxílio de métodos de imagem, tais como ultra-sonografia ou mamografia. Os diagnósticos citológicos nas punções de mama são os seguintes:
- lesões benignas: cisto, fibradenoma, alteração fibrocística proliferativa, fibradenoma/fibradenose, lesão epitelial proliferativa sem atipias e alterações fibrocísticas proliferativas sem atipia;
- lesões suspeitas para células neoplásicas malignas: alterações fibrocísticas proliferativas com atipia, com suspeita de tumor Phyllodes;
- lesões indeterminadas: papilíferas;
- lesões positivas para células neoplásicas malignas: carcinomas, sarcomas, linfomas, melanoma e metástases.

- Nos casos de punção de mama, recomenda-se a utilização do teste triplo, ou seja, os achados clínicos, radiológicos e citológicos precisam estar em concordância, o que eleva a sensibilidade e a especificidade de tais métodos para 99%. Não havendo concordância, a investigação diagnóstica deve prosseguir com core biopsy ou biópsia cirúrgica incisional ou excisional. Em todas as categorias de lesões atípicas, suspeitas, indeterminadas ou positivas, a realização de biópsia cirúrgica está indicada.
- As punções positivas para células neoplásicas malignas podem ser submetidas a estudos complementares, tais como o imunocitoquímico para avaliar os receptores de estrógeno e progesterona; a citometria de fluxo para determinar a ploidia; e a reação imunocitoquímica ou hibridação in situ para detectar a presença do c-erbB-2 (HER2-neu).

Massas cervicais
- Em tais materiais, o exame citológico de material obtido por punção pode diagnosticar cistos branquiais, cistos do ducto tiroglossocarcinoma de células escamosas, carcinoma nasofaríngeo (linfoepitelioma ou tumor de Schmincke) e outros.

Tiróide
- A punção aspirativa está indicada nos casos de nódulos tiroidianos, principalmente os únicos.
Na presença de múltiplos nódulos, são puncionados de preferência os que a ultra-sonografia caracteriza como dominantes e/ou sólidos, desde que sejam palpáveis. Já a punção de nódulos impalpáveis ou dificilmente palpáveis deve ser guiada por ultra-som.
- O estudo citológico dos nódulos tiroidianos permite o diagnóstico das seguintes doenças e condições:
- bócios colóide e adenomatoso;
- cistos;
- tiroidites;
- neoplasias foliculares;
- neoplasias de células de Hürthle;
- carcinomas (papilífero, pouco diferenciado, medular e anaplásico);
- sarcomas;
- linfomas.

Convênio e cobertura

Consulte nossa página de Convênios para mais informações

Particular e valores

Não tem convênio? Fale com a gente e consulte as condições especiais de pagamento particular.

Faça em casa

Agora, você pode fazer exames de sangue, urina e fezes em casa, no trabalho ou onde preferir. Consulte as regiões de cobertura