Cultura de urina, após massagem prostática, urina - pós-massagem prostática

Outros nomes:
CULTURA DE URINA, APÓS MASSAGEM PROSTÁTICA
UROCULTURA, APÓS MASSAGEM PROSTÁTICA

Agendamento

Este exame nao necessita ser agendado.

Prazo de Entrega

Em até 3 dias úteis (incluindo sábados) às 18h

Orientações necessárias

- O exame é realizado no primeiro jato de urina, colhida imediatamente após massagem prostática. - A coleta deve ser feita preferencialmente no Fleury devido à necessidade de o cliente receber orientação adequada para realizá-la. - Recomenda-se colher a primeira urina da manhã ou, então, qualquer outra amostra isolada de urina, desde que o cliente fique pelo menos duas horas sem urinar antes da coleta. - Em caso de uso prévio ou atual de antimicrobianos, o cliente precisa informar ao Fleury o nome do medicamento. Convém ponderar que, apesar de não impedir a realização da cultura, o emprego de antibióticos pode interferir no resultado em algumas situações. - As coletas no Fleury são realizadas de segunda a sábado das 7 às 12 horas, em todas as Unidades de Atendimento. No período da tarde, de segunda a sexta, somente nas Unidades Ibirapuera (até às 18 horas) e Paraíso (até às 21 horas). Aos domingos e feriados, das 7 às 12 horas, somente na Unidade Paraíso. Importante - Caso a coleta se destine tanto ao exame de cultura quanto ao de urina tipo I, é necessário seguir as orientações para a realização da cultura de urina e recomendação que não pode ter feito uso de contraste radiológico nas 48hs antes que antecedem o exame. - Para clientes com ultra-som de abdome total ou pelve marcado no mesmo dia do exame de urina tipo I ou cultura de urina, são necessárias quatro horas sem urinar antes do exame. Para material colhido fora do Fleury - É necessário obter, no mínimo, 5 mL de urina em frasco estéril de boca larga ou coletor universal estéril. - O horário da coleta precisa ser anotado no frasco e o material deve ser entregue ao Fleury em até uma hora, se mantido em temperatura ambiente, ou em seis horas, se refrigerado.

Processamento e adequação da amostra

- Aliquotar 10 mL de urina (mínimo 3 mL) em um tubo cônico estéril de tampa rosqueada AZUL, centrifugar a 2200 g por 10 min. - Enviar o tubo cônico com o sedimento, no saco plástico para a Seção de Microbiologia, refrigerado. - OBS: NÃO semear urina de 1º jato após massagem prostática em meio cromogenico (CPS). Estabilidade da amostra: Temperatura ambiente: 2 horas; Refrigerada (2-8ºC): 6 horas; Congelada (-20ºC): não aceitável.

Método

- Cultura quantitativa em ágar sangue, ágar chocolate e ágar Thayer-Martin.

Valor de referência

- Cultura negativa.

Interpretação e comentários

- O exame é útil no diagnóstico etiológico das infecções do trato geniturinário, em especial como método complementar ao diagnóstico de prostatites. Geralmente, costuma ser solicitado juntamente com cultura do primeiro jato de urina e de secreção prostática (ou esperma). - A presença de qualquer microrganismo, dependendo da quantidade, pode indicar um processo infeccioso. É sempre importante correlacionar o resultado da cultura da amostra com o da cultura de urina de primeiro jato e segundo jato, de esperma e de secreção uretral e prostática. - Convém ponderar que este exame não inclui a pesquisa de outros possíveis agentes causadores de prostatite, como Mycoplasma hominis, Ureaplasma urealyticum/parvum e Chlamydia trachomatis, os quais necessitam de métodos especiais e pedidos específicos do clínico. - Eventualmente, contagens baixas de determinados microrganismos (até 500 UFC/mL) podem ser consideradas um resultado negativo por se referirem a agentes da microbiota normal da uretra.

Hospital

- Aliquotar 10 mL de urina (mínimo 3 mL) em um tubo cônico estéril de tampa de rosca AZUL centrifugar a 3000 rpm por 10 min. - Enviar o tubo cônico com o sedimento, refrigerado, no saco plástico para a Seção de Microbiologia. Plantão Noturno: - Aliquotar 10 mL de urina (mínimo 3 mL) em um tubo cônico estéril de tampa de rosca AZUL, centrifugar a 3000 rpm por 10 min. -- Semear com alça descartável uma amostra do sedimento na placa de AS, CHOC-HAE e na placa de VCAT (TM) de forma quantitativa , conforme intrução abaixo: - Mergulhar perpendicularmente a alça calibrada estéril de 1 microlito, no tubo cônico. -Verificar se o filme permanece na alça. Caso o filme se rompa, repetir o processo acima. -Descarregar o volume da alça fazendo uma estria central de uma extremidade nos meio de culturas AS, CHOC-HAE e na placa de VCAT (TM), repetindo o processo de pegar material no tubo cônico para cada meio de cultura . - Perpendicularmente a estria central, fazer estrias o mais próximo possível uma das outras, pegando toda largura da placa. - Encaminhar a placa para a microbiologia em temperatura ambiente. - Fazer esfregaço em 1 lâmina. - Conservar o sedimento processado refrigerado até enviar para a Seção de Microbiologia. - Para enviar para a Seção de microbiologia retirar as placas da jarra e colocar em saco plástico apropriado. - Colocar as lâminas em frasco porta lâminas e colocar no mesmo saco plástico. - Encaminhar as placas e a alíquota em temperatura ambiente.

Dias de Medicamento

0

Cobertura de convênios

Para informações sobre cobertura de convênio, consulte nossa página de Convênios ou ligue para nossa Central de Atendimento pelo telefone: (11) 3179-0822

Preços e Pagamento Particular

Sabia que o Fleury oferece parcelamento em até 6x sem juros e condições especiais para pagamento particular para os médicos cadastrados?

Não possui cadastro? Cadastre-se já!

Entre em contato com a nossa Central de Atendimento e agende seu exame: (11) 3179-0822