Densitometria óssea, para avaliação do escore trabecular ósseo

Agendamento

Precisa Agendar

Prazo de Entrega

Em até 2 dias úteis (sem contar o sábado) às 18h

Orientações necessárias

I - Interferentes A avaliação do escore trabecular por densitometria não pode ser realizada após exames com uso de contraste. Aguardar 7 dias se houve realização de algum exame relacionado abaixo: - Raios-X com contraste - Tomografia com contraste - Ressonância com contraste - Medicina Nuclear - Suspender o uso de medicamentos que contém Cálcio no dia do exame. II - Restrições - Este exame é feito em clientes na faixa etária entre 30 e 90 anos, mediante a apresentação de pedido médico. - A densitometria óssea não pode ser realizada em gestantes nem em mulheres com suspeita de gravidez. - Este exame é realizado apenas nas Unidades Anália Franco II, Morumbi e Paraíso. - O limite de IMC para realizar o exame é de entre 15 e 37 Kg/m2. Valores fora destes limites comprometem o resultado do exame. IV - Tempo de duração do exame - A avaliação do escore trabecular por densitometria dura cerca de 30 minutos.

Método

- A avaliação do Escore Trabecular Ósseo é realizada através do software TBS iNsight instalado no equipamento de Densitometria óssea (Densitométrico por dual energy x-ray absorptiometry-DXA) e utiliza a imagem de coluna lombar adquirida neste equipamento.

Valor de referência

TBS ? 1.350: Normal TBS entre 1.200-1.350: Microarquitetura parcialmente degradada TBS ? 1.200: Microarquitetura degradada

Interpretação e comentários

TBS é um software que avalia a distribuição de pixeis que compõem a imagem densitométrica da coluna lombar e não usa radiação adicional para sua análise. Um TBS elevado está associado a melhor estrutura óssea. Valores de TBS baixos indicam deterioração da microarquitetura trabecular óssea. O TBS pode ser usado em associação à densitometria e aos fatores de risco clínicos para estimar o risco de fratura, especialmente em pacientes com potencial comprometimento da qualidade óssea nos quais há um aumento do risco de fraturas independente da DMO, como no Diabetes Mellitus e em pacientes em uso crônico de corticoides. Também está relacionado a fraturas em pacientes com Artrite Reumatoide, Hiperparatireoidismo primário, incidentalomas adrenais e insuficiência renal crônica.

Dias de Medicamento

0

Cobertura de convênios

Para informações sobre cobertura de convênio, consulte nossa página de Convênios ou ligue para nossa Central de Atendimento pelo telefone: (11) 3179-0822

Preços e Pagamento Particular

Sabia que o Fleury oferece parcelamento em até 6x sem juros e condições especiais para pagamento particular para os médicos cadastrados?

Não possui cadastro? Cadastre-se já!

Entre em contato com a nossa Central de Atendimento e agende seu exame: (11) 3179-0822