Eritrovírus B19, Detecção por PCR, Vários Materiais

Outros nomes:
PARVOVÍRUS B19, DETECÇÃO POR BIOLOGIA MOLECULAR
DETECÇÃO DE PARVOVÍRUS B19, POR PCR QUALITATIVO
DETECÇÃO MOLECULAR DE PARVOVÍRUS B19
PCR QUALITATIVO PARA PARVOVÍRUS B19
DETECÇÃO DE DNA DE PARVOVÍRUS B19
ERITROVÍRUS B19, DETECÇÃO POR PCR QUALITATIVO

Agendamento

Este exame nao necessita ser agendado.

Prazo de Entrega

Em até 3 dias úteis (incluindo sábados) às 22h

Processamento e adequação da amostra

- Não manusear; - Enviar o tubo de sangue, medula óssea ou de líquido amniótico para a seção, refrigerado. - Não será aceito material enviado em seringa com agulha. Estabilidade da amostra: Temperatura ambiente: não aceitável; Refrigerada (2-8ºC): 48 horas; Congelada (-20ºC): não aceitável.

Método

- Amplificação de uma região conservada do gene NS1 (proteína não estrutural) do DNA do eritrovírus (parvovírus B19) por PCR em tempo real. - Para o controle do processo, um segmento do gene da beta-actina é amplificado em multiplex.

Valor de referência

- Negativo.

Interpretação e comentários

- O exame serve para o diagnóstico de infecção aguda pelo eritrovírus, sobretudo quando a sorologia se mostra inconclusiva. Tem particular utilidade em pacientes imunocomprometidos, assim como em gestantes que apresentaram o quadro agudo da virose, nas quais a pesquisa deve ser idealmente realizada no líquido amniótico. - O DNA do eritrovírus é comumente detectado já na primeira fase da doença, que se caracteriza, em imunocompetentes, por rash, prurido, cefaleia, mialgia e calafrios. Esses sintomas costumam ocorrer por volta de oito dias após a exposição ao agente etiológico e se mostram autolimitados. Em adultos, porém, é possível que as manifestações reumatológicas decorrentes do processo infeccioso persistam por semanas. - A detecção do DNA por PCR geralmente precede a produção de IgM e IgG e se sobrepõe a esse processo, contribuindo para o esclarecimento de suspeitas da infecção, em especial nas gestantes. Embora a maioria das grávidas infectadas apresente evolução satisfatória, cerca de 10% podem ter perda ou hidropisia fetal, mais frequentemente quando a infecção ocorre no segundo trimestre de gestação.

Orientações necessárias

I - Material - Este exame pode ser realizado em sangue periférico, medula óssea ou líquido amniótico. II - Coleta no Fleury - Para a coleta de medula óssea ou de líquido amniótico no Fleury, é necessário agendar o procedimento de coleta previamente. III - Material não colhido no Fleury - As amostras precisam ser refrigeradas e entregues até 48 horas após a coleta. - O Fleury não aceita material enviado em seringa com agulha.

Dias de Medicamento

0

Cobertura de convênios

Para informações sobre cobertura de convênio, consulte nossa página de Convênios ou ligue para nossa Central de Atendimento pelo telefone: (11) 3179-0822

Preços e Pagamento Particular

Sabia que o Fleury oferece parcelamento em até 6x sem juros e condições especiais para pagamento particular para os médicos cadastrados?

Não possui cadastro? Cadastre-se já!

Entre em contato com a nossa Central de Atendimento e agende seu exame: (11) 3179-0822