EXAME IMUNOCITOQUIMICO, PESQUISA DE P16 E Ki67, material vaginal e colo uterino

Outros nomes:

EXAME IMUNOCITOQUIMICO COM CO-EXPRESSÃO DE P16 E KI67

CINTECPLUS

Orientações necessárias

- Critérios de realização - Necessário apresentar pedido médico. - Cliente com idade inferior a 18 anos, necessário estar acompanhado de um responsável legal no dia do exame. - Este exame é efetuado em amostra colhida nas Unidades de Atendimento ou em material enviado em frasco de citologia em base líquida. - Esse exame é realizado somente com pedido médico. II - Preparo - Nas 48 horas anteriores ao exame, é necessário seguir os cuidados abaixo: -- não usar creme e/ou óvulo vaginal; -- não utilizar ducha nem fazer lavagem interna; -- não realizar exame ginecológico com toque, ultra-sonografia transvaginal e/ou ressonância magnética da pelve; -- não manter relações sexuais com ou sem uso de preservativo; -- A coleta não deve ser feita durante a menstruação, exceto se o médico do cliente solicite a realização durante esse período. -- Exame poderá ser realizado em sangramento não menstrual. - Este exame é feito nos materiais abaixo, que podem ser colhidos no Fleury: ou enviados conforme as especificações também descritas a seguir: - Materiais citológicos (cervical/cérvico-vaginal) colhidos em MEIO LÍQUIDO: ThinPrep, Cobas PCR ou SurePath III - Restrição de horário - Para este procedimento,é necessário contatar a central de atendimento, pois em algumas unidades este exame é agendado. - Caso tenha na solicitação médica exames de COLPOSCOPIA ou VULVOSCOPIA, a coleta do CITOBLIQ será realizada junto com esses exames. --Material enviado: O Fleury recebe material para esta análise em qualquer uma de suas unidades e em todo o período de atendimento.

Processamento e adequação da amostra

- Só realizamos em materiais citológicos (cervical/ cérvico-vaginal) colhidos em MEIO LIQUIDO: ThinPrep, Cobas PCR ou SurePath). Enviar o material para o AP em temperatura ambiente. - É necessário o envio de questionário específico, disponível no site do laboratório, corretamente preenchido. MATERIAL PARA COLETA: - Espéculo - Frasco de coleta SurePath - Escova de coleta cervical (paciente virgem) ATENÇÃO - Caso solicitado CITOBLIQ + exame de urina, colher primeiro a urina. - Nas 48 horas anteriores ao exame, é necessário seguir os cuidados abaixo: -- não usar creme e/ou óvulo vaginal; -- não utilizar ducha nem fazer lavagem interna; -- não realizar exame ginecológico com toque, ultra-sonografia transvaginal e/ou ressonância magnética da pelve; -- não manter relações sexuais com ou sem uso de preservativo; - Idealmente, a coleta não deve ser feita durante a menstruação, mas pode ser realizada em vigência de sangramento não-menstrual. Clientes não virgens e não gestantes - Colocar luva de procedimento - Passar espéculo para localização do colo uterino - Remover secreção/muco abundante com o auxilio da espátula com gaze (parede vaginal e ectocervix) ou com ceconete (cervical) antes da coleta do material garantindo uma amostra de qualidade (rica em células) e evitando problemas no equipamento. - Posicionar as cerdas mais longas da escova no canal endocervical - As cerdas laterais devem se espalhar sobre a ectocérvice e as centrais devem penetrar completamente no canal endocervical - Mantendo uma pressão suave, girar a escova duas vezes no sentido horário. - Retirar a escova do canal endocervical e passar as cerdas laterais, no fundo de saco e no terço médio da parede vaginal direita e esquerda. - Destacar a cabeça da escova, colocando-a no frasco Surepath contendo o meio liquido - Fechar o frasco - Certificar-se de que o frasco está fechado (para evitar perda do material). - Retirar a luva de procedimento. - Lavar as mãos. - Encaminhar o frasco identificado, a ficha de atendimento e os questionários para distribuição ou acondicionar no malote (unidade sem distribuição) Cliente Gestante ou com suspeita de gravidez - Passar espéculo - Não coletar material do canal endocervical e não utilizar escova do kit. - Com a espátula plástica (tipo Ayre) coletar material do ectocérvice, fundo de saco e terço médio interno da parede vaginal direita e esquerda. - Lavar imediatamente a espátula no frasco SurePath contendo a solução liquida, seguida de batidas vigorosas na parede lateral do frasco, agitando várias vezes a alça no líquido para desprender melhor o material coletado. - Fechar o frasco - Certificar-se de que o frasco está fechado (para evitar perda do material). - Retirar a luva de procedimento - Lavar as mãos. - Anotar na ficha de atendimento: "CLIENTE GESTANTE" - Encaminhar o frasco identificado, a ficha de atendimento e os questionários para distribuição ou acondicionar no malote (unidade sem distribuição) Cliente Virgem - Não passar espéculo - Colher material vaginal com a escova endocervical tradicional, introduzindo toda a parte das cerdas da escova e rodar 360°, com delicadeza, suavemente e com movimentos giratórios, como se estivesse rodeando o colo e raspando as paredes vaginais e fundo-de-saco. - Lavar imediatamente a escova no frasco SurePath contendo a solução liquida, seguida de batidas vigorosas na parede lateral do frasco, agitando várias vezes a alça no líquido para desprender melhor o material coletado. - Fechar o frasco - Certificar-se de que o frasco está fechado (para evitar perda do material). - Retirar a luva de procedimento. - Lavar as mãos. - Anotar na ficha de atendimento: cliente virgem - Encaminhar o frasco identificado, a ficha de atendimento e os questionários para distribuição ou acondicionar no malote (unidade sem distribuição) Clientes histerectomizadas - Passar espéculo - Colher, delicadamente, com a escova material vaginal (paredes e cúpula vaginal ou fundo cego) - Destacar a cabeça da escova no frasco Surepath contendo o meio liquido - Fechar o frasco - Certificar-se de que o frasco está fechado (para evitar perda do material). - Retirar a luva de procedimento, - Lavar as mãos. - Anotar na ficha de atendimento: cliente histerectomizada - Encaminhar o frasco identificado, a ficha de atendimento e os questionários para distribuição ou acondicionar no malote (unidade sem distribuição) Cliente em uso de DIU - Deve-se explicar para a cliente que o procedimento é seguro, com risco mínimo e desprezível de que o DIU saia do lugar. - O procedimento é idêntico ao padrão de clientes não virgens e não gestantes. - Deve-se ter especial cuidado ao introduzir e girar a escovinha na endocérvice. - Avisar a cliente que se está visualizando (ou não) o fio do DIU. - Anotar na ficha de atendimento: "Cliente com DIU, visualizado (ou não) o fio". - Encaminhar o frasco identificado, a ficha de atendimento e os questionários para distribuição ou acondicionar no malote (unidade sem distribuição) Atenção: - Em caso de alterações no local de coleta ou queixas da cliente, solicitar presença do Médico (setor de Colposcopia) para avaliação e coleta do exame. - Em casos onde não se consiga visualizar o orifício externo do colo e um dos médicos da Colposcopia não estiver presente para auxiliar, a coleta deve ser feita da superfície cervical que se vê, do fundo-de-saco e paredes vaginais. Anotar na ficha de atendimento e comunicar ao AP, anotando na ficha branca do questionário. - Quando observado sangramento no momento da coleta no canal endocervical (escova), comunicar à cliente que houve um sangramento que normalmente cessa sozinho; caso contrário, solicitar que entre em contato via Central de Atendimento. - Quando a vagina estiver ressecada (comum em mulheres idosas e menopausadas), umedecer previamente com salina estéril os materiais a serem utilizados. - Enviar o material colhido em frasco coletor para citologia em base liquida em temperatura ambiente. (frasco da BD SurePath).

Método

-Consiste na expressão imunocitoquimica simultânea das proteínas P16 e KI67 em amostras citológicas obtidas no colo uterino. -As proteínas são detectadas por um coquetel de anticorpos primários e visualizado por uma reação colorimétrica através de dois substrato-DAB e Fast Red resultando em um precipitado acastanhado no antígeno P16 e precipitado vermelho no KI67 respectivamente. -A positividade do teste é visualizada precisamente no núcleo e citoplasma das células infectadas.

Valor de referência

Resultado NEGATIVO (ausência de co-localização p16/Ki67)

Interpretação e comentários

Resultado de teste positivo A presença de uma ou mais células epiteliais do colo do útero com a co-localização de imuno-coloração citoplasmática castanha específica e imuno-coloração nuclear vermelha específica dentro da mesma célula é interpretada como um resultado de teste CINtec PLUS Cytology positivo. Resultado de teste negativo Se nenhuma célula epitelial do colo do útero apresentar simultaneamente imunocoloração citoplasmática castanha e imuno-coloração nuclear vermelha, o resultado do teste CINtec PLUS Cytology é considerado negativo. A presença de células epiteliais do colo do útero que apresentem imunorreactividade apenas para um e não para ambos os marcadores (como coloração castanha apenas para p16INK4a ou coloração vermelha apenas para Ki-67) não é considerada como um resultado de teste positivo para o Kit CINtec PLUS Cytology.

Cobertura de convênios

Para informações sobre cobertura de convênio, consulte nossa página de Convênios ou entre em contato com a nossa Central de Atendimento pelo Whatsapp (11) 3179-0822.

Preços e Pagamento Particular

Sabia que o Fleury oferece parcelamento em até 10x sem juros e condições especiais para pagamento particular para os médicos cadastrados?

Não possui cadastro? Cadastre-se já!

Entre em contato com a nossa Central de Atendimento e agende seu exame pelo Whatsapp (11) 3179-0822.