Hepatite C, Genotipagem, plasma

Outros nomes:
CEPAS DO VIRUS DA HEPATITE C
GENOTIPAGEM DO VIRUS DA HEPATITE C
GENOTIPOS DO VIRUS DA HEPATITE C
HEPATITE C, GENOTIPOS/SUBTIPOS DO VIRUS DA
SUBTIPOS DO VIRUS DA HEPATITE C
VIRUS C DA HEPATITE, GENOTIPOS/SUBTIPOS DO
HEPATITE C, GENOTIPAGEM
GENOTIPAGEM DO VHC

Agendamento

Este exame nao necessita ser agendado.

Prazo de Entrega

Em até 4 dias úteis (incluindo sábados) às 22h

Processamento e adequação da amostra

- Receber a amostra em embalagem REF e mantê-la nesta condição até a manipulação. - Centrifugar o material, dentro de no máximo 6 horas após a coleta, por 15 minutos a 2200g, a 18°C. - Com pipeta estéril e evitando tocar a camada de leucócitos, aliquotar todo o plasma do tubo em um tubo plástico de 4 mL estéril. - Enviar à seção congelada. ATENÇÃO: - Não são aceitos plasmas hemolisados devido à interferência na metodologia. Estabilidade da amostra: Temperatura ambiente: não aceitável; Refrigerada (2-8ºC): não aceitável; Congelada (-20ºC): 1 mês.

Método

- Sequenciamento da região 5´ não-codificante do genoma do vírus da hepatite C (HCV). O subtipo é determinado por estudo de homologia, comparando-se a sequência identificada com sequências padrões para cada um dos subtipos conhecidos.

Valor de referência

- Resultado descritivo.

Interpretação e comentários

- O genoma do vírus da hepatite C apresenta significativa variabilidade, podendo, de acordo com sua seqüência, ser agrupado em pelo menos seis principais genótipos, denominados de 1 a 6 e subdivididos em subtipos como 1a e 1b. A distribuição dos diferentes genótipos varia de um país para outro, sendo o 1, o 2 e o 3 os mais freqüentes na América do Sul, na Europa e nos Estados Unidos. - A identificação do subtipo de HCV tem importância clínica, pois há dados indicando pior prognóstico (má evolução e baixa resposta ao tratamento) associado ao tipo 1 do HCV. Assim, esta caracterização está indicada como um dos elementos utilizados para a avaliação do prognóstico e o planejamento terapêutico de indivíduos infectados pelo HCV. - O método de escolha para a determinação dos subtipos do HCV é o seqüenciamento de regiões de seu genoma, entre as quais a 5´ não-codificante, a E1 e a NS5B. O método desenvolvido e padronizado no Fleury emprega o seqüenciamento da região 5´ não-codificante. - Em estudo realizado no Fleury, com 233 amostras consecutivas de indivíduos infectados pelo HCV, provenientes de São Paulo, observou-se que o subtipo 1b e o 3a são os mais prevalentes nessa população, com 44,6% e 31,8%, respectivamente, seguidos do 1a, detectado em 15,5% dos pacientes. Nos 8,1% restantes, foram encontrados diversos subtipos.

Orientações necessárias

- Este exame não necessita de preparo.

Dias de Medicamento

IMPORTANTE: Anotar medicamento(s) do (s)último(s): 10 dias(s).

Cobertura de convênios

Para informações sobre cobertura de convênio, consulte nossa página de Convênios ou ligue para nossa Central de Atendimento pelo telefone: (11) 3179-0822

Preços e Pagamento Particular

Sabia que o Fleury oferece parcelamento em até 6x sem juros e condições especiais para pagamento particular para os médicos cadastrados?

Não possui cadastro? Cadastre-se já!

Entre em contato com a nossa Central de Atendimento e agende seu exame: (11) 3179-0822