Imunoistoquimica para, ALK, Vários Materiais

Agendamento

Este exame nao necessita ser agendado.

Prazo de Entrega

Em até 6 dias úteis (sem contar o sábado) às 20h

Orientações necessárias

- Este exame é realizado em material obtido por biópsia/ressecção cirúrgica, fixado em formol a 10% (preferencialmente tamponado) ou em fragmentos de tecidos incluídos em bloco de parafina, acompanhados da cópia do laudo original. - Caso o material de biópsia ainda não tenha sido analisado, orientar abertura de exame anátomo-patológico ANATPATP ou ANATPATTE. - NÃO SÃO ACEITOS MATERIAIS FIXADOS EM OUTROS MEIOS. (como Bouin, ou álcool por exemplo). - O TEMPO DE FIXAÇÃO DEVE SER DE 06 A 72h. - O exame poderá ser realizado em emblocados celulares em parafina fixados em formol a 10%, desde que a quantidade e a qualidade do material sejam verificadas previamente ao exame pelo patologista responsável. - Preferencialmente, o material deve ser enviado até 24 horas após a coleta.

Processamento e adequação da amostra

- Enviar o material para à seção.

Método

-Fragmentos de tecidos seccionados de 2 a 3 micras são desparafinizados, hidratados e submetidos a reação automatizada no equipamento BENCHMARK ULTRA-VENTANA (Roche) Clone (D5F3).

Valor de referência

- O resultado do exame baseia-se na interpretação das reações por médico patologista: Anticorpo anti-ALK (clone D5F3): POSITIVO para ALK: Presença de coloração citoplasmática granular forte em qualquer porcentagem de celular tumorais. Artefatos de colotação devem ser excluídos. NEGATIVO para ALK:Ausência de coloração citoplasmática granular forte em células tumorais.

Interpretação e comentários

A proteína ALK é um membro dos receptores tirosina quinase normalmente expressa apenas no sistema nervoso. A patogênese molecular de ALK começa com rearranjos cromossômicos envolvendo o cromossomo 2p resultando na formação de um produto de gene de fusão composto por porções do gene que codifica a proteína EML4 e do gene ALK. Diferentes tipos de inversão EML4-ALK tornam ALK cataliticamente ativa e de localização citoplasmática. Foram identificados outros genes parceiros de fusão com ALK, além de EML4. O rearranjo de ALK é reconhecido como um fator oncogênico chave em carcinoma não pequenas células de pulmão (CPNPC). A incidência de rearranjos do gene ALK é de cerca de 5%, identificada mais frequentemente em adenocarcinomas de pulmão, com tendência a maior frequência em não fumantes ou fumante ocasional. Este teste (VENTANA ROCHE clone D5F3) destina-se à detecção laboratorial por imuno-histoquímica automatizada da proteína ALK em tecido de carcinoma do pulmão de não pequenas células (CPNPC) fixado em formol e impregnado em parafina. É indicado como um auxiliar da avaliação de doentes com CPNPC que podem beneficiar do tratamento com crizotinib. A interpretação clínica dos resultados é feita no contexto da avaliação histológica e dos controles adequados, por patologista dentro do contexto clínico do paciente. - A fixação inadequada e as condições adversas de preparo do bloco de parafina podem interferir nesta análise.

Dias de Medicamento

0

Cobertura de convênios

Para informações sobre cobertura de convênio, consulte nossa página de Convênios ou ligue para nossa Central de Atendimento pelo telefone: (11) 3179-0822

Preços e Pagamento Particular

Sabia que o Fleury oferece parcelamento em até 6x sem juros e condições especiais para pagamento particular para os médicos cadastrados?

Não possui cadastro? Cadastre-se já!

Entre em contato com a nossa Central de Atendimento e agende seu exame: (11) 3179-0822