Saccharomyces cerevisae, Anticorpos, soro

Outros nomes:
CROHN, DOENCA DE, ANTICORPOS
DOENCA DE CROHN, ANTICORPOS PARA
SACCHAROMYCES CEREVISAE, ANTICORPOS ANTI MEMBRANA
SACCHAROMYCES CEREVISAE, ANTICORPOS IGA E IGG
SACCHAROMYCES CEREVISAE, PESQUISA DE ANTICORPOS
SACCHAROMYCES CEREVISAE, ANTICORPOS

Agendamento

Este exame nao necessita ser agendado.

Prazo de Entrega

Em até 15 dias corridos às 18h

Processamento e adequação da amostra

- Receber a amostra em embalagem REF e mantê-la nesta condição até a manipulação. - Aguardar 30 minutos; - Centrifugar a 2200 g por 10 minutos a 18 ºC; - Não aliquotar; - Enviar 2 mL de soro (mínimo 0,6 mL), refrigerado. Estabilidade da amostra: Temperatura ambiente: 8 horas; Refrigerada (2-8 ºC): 3 semanas; Congelada (-20 ºC): 3 semanas.

Método

- Imunoenzimático IgG e IgA.

Valor de referência

IgA: Negativo: igual ou inferior a 20,0 unidades Indeterminado: 20,1 a 24,9 unidades Positivo: igual ou superior a 25,0 unidades IgG: Negativo: igual ou inferior a 20,0 unidades Indeterminado: 20,1 a 29,9 unidades Positivo: igual ou superior a 30,0 unidades

Interpretação e comentários

- A pesquisa de anticorpos IgG e IgA contra a Saccharomyces cerevisiae (ASCA) tem sido sugerida como uma ferramenta auxiliar para o diagnóstico de doença de Crohn, por ter sido demonstrado que a presença de tais marcadores sorológicos é significativamente mais prevalente em pacientes com essa doença do que em portadores de retocolite ulcerativa ou em controles normais. A sensibilidade e a especificidade do teste para os anticorpos ASCA são de, respectivamente, 60% e 95%. Também tem sido relatado que anticorpos anticitoplasma de neutrófilo que apresentam o padrão perinuclear - P-ANCA - podem estar presentes em torno de 60% a 80% dos pacientes com retocolite ulcerativa, o que faz com que tenham alto grau de especificidade para essa doença. A associação dos dois testes, ASCA e ANCA, não alcança sensibilidade necessária para ser utilizada como triagem populacional, mas essa estratégia pode ser útil como teste auxiliar não-invasivo na avaliação complementar de indivíduos com suspeita de doença inflamatória intestinal. Na prática, ASCA positivo e PANCA negativo orientam para a possibilidade de doença de Crohn, enquanto ASCA negativo e P-ANCA positivo apontam para a retocolite ulcerativa.

Orientações necessárias

- Este exame não necessita de preparo.

Dias de Medicamento

0

Cobertura de convênios

Para informações sobre cobertura de convênio, consulte nossa página de Convênios ou ligue para nossa Central de Atendimento pelo telefone: (11) 3179-0822

Preços e Pagamento Particular

Sabia que o Fleury oferece parcelamento em até 6x sem juros e condições especiais para pagamento particular para os médicos cadastrados?

Não possui cadastro? Cadastre-se já!

Entre em contato com a nossa Central de Atendimento e agende seu exame: (11) 3179-0822