Teste para detecção da mutação EGFR L858R, por biopsia liquida, sangue total

Outros nomes:

Biópsia líquida, mutação L858R

EGFR no plasma, biópsia líquida para pulmão

Orientações necessárias

- Não é necessário preparo para este exame; - Para mais informações acesse www.fleurygenomica.com.br/exames/Oncologia/

Processamento e adequação da amostra

- O material coletado deve ser mantido e transportado em temperatura ambiente. Envio do Material: 1) O material coletado, mantido em temperatura ambiente, deve ser enviado imediatamente após a coleta para o setor de métodos moleculares (BMO); Estabilidade da amostra: Temperatura ambiente: 5 dias; Refrigerada (2-8 ºC): não aceitável; Congelada (-20 ºC): não aceitável.

Interpretação e comentários

Este exame permite a detecção da mutação L858R no gene EGFR a partir de DNA tumoral circulante livre de células no plasma. Esta mutação geralmente é encontrada em pacientes ao diagnóstico e caracteriza sensibilidade para o uso de terapia com inibidores de tirosina quinase como gefitinibe e erlotinibe. Em pacientes nos quais uma biópsia do tumor não é possível, a detecção desta mutação utilizando DNA circulante no plasma, liberado pelas células neoplásicas, constitui uma alternativa minimamente invasiva, e desta forma, serve para nortear a terapia mais adequada para o paciente segundo seu atual status molecular.

Valor de referência

Ausência da mutação L858R em EGFR no plasma.

Método

PCR digital (dPCR)

Cobertura de convênios

Para informações sobre cobertura de convênio, consulte nossa página de Convênios ou entre em contato com a nossa Central de Atendimento pelo Whatsapp (11) 3179-0822.

Preços e Pagamento Particular

Sabia que o Fleury oferece parcelamento em até 10x sem juros e condições especiais para pagamento particular para os médicos cadastrados?

Não possui cadastro? Cadastre-se já!

Entre em contato com a nossa Central de Atendimento e agende seu exame pelo Whatsapp (11) 3179-0822.