Triglicérides, pós prandial, soro

Outros nomes:
TRIGLICÉRIDES, DOSAGEM PÓS-PRANDIAL
TRIGLICÉRIDES, DOSAGEM DUAS HORAS APÓS O ALMOÇO
TG PÓS-PRANDIAL

Agendamento

Este exame nao necessita ser agendado.

Prazo de Entrega

Em até 1 dia útil (incluindo sábados) às 18h

Orientações necessárias

- O cliente deve manter sua dieta habitual nos cinco dias que antecedem a realização deste exame, mas sem ingerir bebidas alcoólicas nas últimas 72 horas. - Caso tenha de fazer algum procedimento que necessite de dieta específica e/ou de preparo intestinal, o cliente precisa realizar este exame antes de iniciar o preparo ou três dias após o procedimento. - O cliente deve evitar a prática de exercício físico vigoroso nas 24 horas que antecedem a coleta de sangue. - Na data que antecede o exame, para aqueles que praticam diariamente algum tipo de exercício físico, deve-se solicitar que a prática de exercício seja de leve intensidade ou, se possível, a suspensão da atividade física. - A amostra precisa ser colhida duas horas após o início do almoço ou conforme solicitação médica. No primeiro caso, o tempo deve ser cronometrado a partir do começo da refeição. - Independentemente da situação, a coleta tem de ser feita o mais próximo possível do período especificado pelo médico. - Se a dosagem de triglicérides de jejum também tiver sido solicitada e a de triglicérides pós-prandial não puder ser realizada no mesmo dia, deve haver um intervalo máximo de até 60 horas entre as duas coletas.

Processamento e adequação da amostra

- Aguardar 30 minutos. - Centrifugar a 2.200 g, por 10 minutos, a 18ºC. - Não aliquotar. - Enviar o material à seção em temperatura ambiente. - O volume ideal de soro para a análise é de 1 mL e o volume mínimo, de 0,5 mL. - A análise pode ser feita em plasma com heparina sódica ou lítica. - Estabilidade da amostra: -- temperatura ambiente: 2 dias; -- refrigerada (2-8ºC): 7 dias; -- congelada (-20ºC): 1 ano.

Método

- Enzimático colorimétrico.

Valor de referência

- Não está definido um valor referencial para a dosagem de triglicérides pós-prandial.

Interpretação e comentários

- Os triglicérides são formados pela esterificação do glicerol com três ácidos graxos, constituindo-se em uma das gorduras de interesse na avaliação do metabolismo lipídico. - A dosagem de triglicérides pode ser realizada para estudar o metabolismo lipídico, para calcular o VLDL-colesterol, para determinar o risco de pancreatite, para avaliar eventual hipertrigliceridemia secundária ao uso de drogas anti-hipertensivas e para analisar a eficiência de tratamentos de redução dos níveis dessa gordura. - Considerando que há grande variação biológica, de cerca de 20%, é importante que o raciocínio clínico não se baseie em dosagens isoladas. Mudanças na dieta e na atividade física e o uso de bebidas alcoólicas são as causas mais frequentes de grandes variações nos níveis de triglicérides. - De acordo com a IV Diretriz Brasileira Sobre Dislipidemias e Prevenção da Aterosclerose do Departamento de Aterosclerose da Sociedade Brasileira de Cardiologia, publicada em 2007, na síndrome metabólica, os indivíduos geralmente apresentam um quadro de dislipidemia, com triglicérides elevados, HDL-colesterol baixo, partículas de LDL-colesterol pequenas e densas e hiperlipidemia pós-prandial, acompanhado de resistência à insulina e hipertensão arterial sistêmica, o que eleva significativamente o risco de eventos coronarianos.

Dias de Medicamento

0

Cobertura de convênios

Para informações sobre cobertura de convênio, consulte nossa página de Convênios ou ligue para nossa Central de Atendimento pelo telefone: (11) 3179-0822

Preços e Pagamento Particular

Sabia que o Fleury oferece parcelamento em até 6x sem juros e condições especiais para pagamento particular para os médicos cadastrados?

Não possui cadastro? Cadastre-se já!

Entre em contato com a nossa Central de Atendimento e agende seu exame: (11) 3179-0822