Manual de exames

TSI - IMUNOGLOBULINAS, ESTIMULADORAS DO RECEPTOR DE TSH, soro

Outros nomes: Anticorpos estimuladores do receptor de TSH, TRAb estimulador, anti TRAb estimulador, imunoglobulina estimuladora do receptor de TSH

Este exame precisa ser agendado

Orientações necessárias

"Para realização do exame NÃO é necessário jejum.

É necessário trazer documento de identidade (RG).

Processamento e adequação da amostra

"Aguardar 30 minutos;
Centrifugar a 2200 g por 10 minutos a 18 ºC;
Alíquotar 1 mL de soro em tubo de alíquota padrão;
Volume mínimo: 0,50 mL
Encaminhar material refrigerado ao LARI-LARN

Critérios de rejeição:
- Amostras com volume inferior ao volume mínimo;
- Apresentando acentuada hemólise, lipêmia ou ictericia.


Estabilidade da amostra:
Temperatura ambiente: não aceitável
Refrigerada: 7 dias
Congelada : 1 ano

Método

QUIMIOLUMINESCÊNCIA

Interpretação e comentários

Este teste é utilizado como complementação do diagnóstico da doença de Graves. As principais indicações são os casos de tirotoxicose na gestação para determinação do risco de tirotoxicose neonatal, em feto de gestante com doença de Graves ativa ou pregressa. Pode ser útil nos casos de doença ocular secundária ao hipertiroidismo (oftalmopatia de Graves). A diferença entre a dosagem do TRAb (convencional) e do TSI é que o teste de TSI avalia a fração do TRAb que estimula o receptor do TSH.  Uma combinação de TSI e TRAB pode ser útil como adjuvante no diagnóstico de casos incomuns de hipotireoidismo (por exemplo, Hashitoxicose).

Valor de referência

ATÉ 0,55 UI/L

Convênio e cobertura

Consulte nossa página de Convênios para mais informações

Particular e valores

Não tem convênio? Fale com a gente e consulte as condições especiais de pagamento particular.

Faça em casa

Agora, você pode fazer exames de sangue, urina e fezes em casa, no trabalho ou onde preferir. Consulte as regiões de cobertura