Ácido Úrico: Entenda sua função e importância clínica

O ácido úrico é um composto orgânico presente no organismo humano, desempenhando funções importantes e, ao mesmo tempo, podendo ser associado a condições clínicas significativas.

O ácido úrico é o metabólito final das purinas no ser humano. É excretado pelos rins e seu nível sérico depende do equilíbrio entre ingestão, síntese endógena, filtração glomerular e sistemas complexos de reabsorção e excreção tubular. Não há correlação entre o nível sérico e o urinário de ácido úrico.

Dentre os efeitos benéficos do ácido úrico estão: pode servir como estimulante do sistema imunitário, é um potente antioxidante, ajuda a manter a pressão arterial num ambiente pobre em sal e apresenta alguns benefícios em diversas doenças do sistema nervoso central, provavelmente devido às suas propriedades antioxidantes.

Sempre consulte o preparo e informações sobre esse exame com a nossa central de atendimento ou clicando aqui.

Todas as informações contidas aqui são de caráter informativo, não devendo ser utilizadas como diagnóstico ou substituição de uma consulta com médico especialista.

Como é feito o exame de Ácido Úrico?

A coleta da amostra para o exame de dosagem de ácido úrico é realizada por meio de um exame de sangue simples. Uma amostra de sangue é retirada geralmente de uma veia do braço, e os níveis de ácido úrico são mensurados em laboratório.

Os valores de referência normais para o ácido úrico no sangue podem variar ligeiramente, mas, em geral, situam-se em torno de 2,4 a 5,7 mg/dL para mulheres e 3,4 a 7,0 mg/dL para homens.

O que é gota?

Níveis elevados de ácido úrico no sangue, conhecidos como hiperuricemia, podem estar associados a várias condições médicas. Uma das conexões mais conhecidas é com a gota, uma forma dolorosa de artrite que ocorre quando cristais de urato se precipitam dentro e fora das articulações, causando dor intensa e inflamação.

As articulações mais afetadas pela gota são do dedão do pé, joelho e tornozelo. A dor começa de maneira súbita, às vezes durante a noite e costuma ser intensa e insuportável. A articulação afetada parece quente e vermelha.

A gota crônica, chamada de artrite gotosa, pode causar danos nas articulações afetadas e consequente perda de movimento.

Os cristais de urato podem se acumular nos rins, causando cálculos renais.

Quais são as condições médicas mais comuns que podem levar a níveis elevados de Ácido Úrico?

A determinação do ácido úrico é útil no diagnóstico das hiperuricemias, como as encontradas na gota, na calculose e na nefropatia úricas, na insuficiência renal e também em neoplasias, leucemias, linfomas, mieloma, policitemia, toxemia da gravidez e psoríase.

O ácido úrico também está associado com hiperlipidemia, obesidade, diabetes, ingestão de álcool, acromegalia, sarcoidose e hipertensão.

Por outro lado, seus níveis encontram-se reduzidos em situações como síndrome de Fanconi, doença de Wilson e secreção inapropriada de hormônio antidiurético. Além disso, há diminuição do ácido úrico sob efeito de drogas como alopurinol, Aspirina® em altas doses, contrastes radiológicos e vitamina C em doses elevadas.

Quais são as abordagens de tratamento para reduzir os níveis elevados de Ácido Úrico no organismo?

O tratamento para reduzir os níveis elevados de ácido úrico visa não apenas aliviar os sintomas agudos, como os da gota, mas também prevenir futuros ataques e complicações.

Abordagens incluem mudanças na dieta: reduzir o consumo de alimentos ricos em purinas (como a carne vermelha) e dos industrializados com muito açúcar (refrigerantes, bolacha).

Também é recomendada a perda de peso em casos de obesidade, moderação no consumo de álcool e aumento da ingestão de líquidos para ajudar na eliminação do ácido úrico pelos rins.

Além da dieta, alguns medicamentos podem ser indicados, na fase aguda e nos casos crônicos. É importante que o tratamento seja personalizado de acordo com as necessidades de cada paciente e que seja monitorado regularmente por um profissional de saúde.

Agende seu exame de Ácido Úrico

O exame de ácido úrico não precisa de agendamento prévio. Basta ir à unidade Fleury mais próxima de você e realizar a coleta. Você também pode agendar em casa, com o “Fleury em casa”, serviço de coleta domiciliar do Fleury.