Exame MAPA: Monitorização Ambulatorial da Pressão Arterial

O exame MAPA (Monitorização Ambulatorial da Pressão Arterial) é um método não invasivo que possibilita a avaliação da pressão arterial ao longo de um período de 24 horas, fornecendo informações importantes para o diagnóstico e para o controle da hipertensão arterial sistêmica, entre outras aplicações.

A partir do registro de várias medidas de pressão arterial durante 24 horas, o MAPA fornece uma análise mais precisa dos padrões de variação da pressão arterial do indivíduo durante diferentes atividades e momentos do dia e no período de sono.

É importante que o MAPA seja preferencialmente realizado em um dia de atividades normais do paciente. Isso permite uma avaliação mais abrangente e realista da pressão arterial em diversas situações cotidianas.

Consulte o preparo e informações sobre esse exame com a nossa central de atendimento ou clicando aqui.

Esse material tem caráter informativo e não deve ser utilizado para diagnóstico ou substituir uma consulta com médico especialista.

Como é feito o exame MAPA?

O exame MAPA envolve o uso de um dispositivo portátil para medir automaticamente a pressão arterial em intervalos regulares ao longo do dia e da noite. Ao início do exame, um manguito de pressão é colocado em torno do braço do paciente e conectado a um monitor portátil que registra todas as medidas aferidas. O exame deve ser finalizado e o aparelho retirado no laboratório, 24 horas após a instalação.

Geralmente, o aparelho realiza medições a cada 15 minutos durante o dia e a cada 30 minutos no período da noite.

Os pacientes são orientados a anotar as atividades diárias, incluindo horários de exercícios físicos, de sono e de ingestão de medicamentos. Se, durante o período de exame, houver qualquer sintoma, o paciente também deve registrá-lo.

Benefícios do exame MAPA

O exame MAPA oferece uma visão abrangente e precisa da pressão arterial de um indivíduo ao longo de um período de tempo determinado, permitindo aos médicos identificar padrões e flutuações que podem não ser capturados em medições isoladas de consultório.

A principal vantagem do exame MAPA sobre medições isoladas é sua capacidade de fornecer aferições periódicas ao longo de um dia completo, ou seja, durante as atividades normais do indivíduo e durante o sono, o que ajuda o médico a identificar picos de pressão arterial associados a situações específicas, estresse ou distúrbios do sono, entre outras condições, além de permitir identificar episódios de hipotensão.

O MAPA também tem utilidade para monitorar a eficácia do tratamento em pacientes hipertensos e auxiliar o ajuste das medicações conforme necessário.

Indicações e interpretação dos resultados

O exame MAPA tem como principais indicações a avaliação indivíduos com suspeita de hipertensão de consultório (hipertensão do avental branco), com hipertensão episódica ou com hipertensão arterial limítrofe. Além disso, também é recomendado para avaliar o efeito do tratamento anti-hipertensivo quando há dúvidas relacionadas ao adequado controle da pressão arterial.

O MAPA também tem utilidade para avaliar indivíduos com sintomas sugestivos de hipotensão, ou seja, de pressão baixa, ou com episódios de desmaios sem causa estabelecida.

Os resultados do MAPA devem ser sempre interpretados pelo médico, que analisa as medidas registradas ao longo do período de monitorização e avalia os níveis de pressão arterial em diferentes momentos do dia e da noite. Esse conjunto de dados ajuda a identificar padrões de pressão arterial, determinar a eficácia do tratamento e ajustar as terapias conforme necessário.

No entanto, o MAPA também possui algumas limitações, como a possibilidade de desconforto para o paciente nos momentos em que o manguito é insuflado e a necessidade de colaboração ativa do paciente em registrar atividades diárias. Algumas condições específicas, como determinados tipos de arritmias também podem trazer dificuldades à realização do exame.

Mapa em crianças e adolescentes: cuidados e relevância para a saúde cardiovascular

O exame MAPA também pode ser útil em crianças e adolescentes, diante de quadros específicos. No Fleury, o MAPA é feito em crianças a partir dos 10 anos de idade.

No entanto, a interpretação dos resultados na faixa etária pediátrica requer considerações específicas, uma vez que os valores normais de pressão arterial variam com a idade, sexo e altura.

Preparo e agendamento do exame MAPA

A Monitorização Ambulatorial da Pressão Arterial (MAPA) precisa ser previamente agendada. Não é necessário um preparo específico nem alteração de rotina. Pede-se que o paciente tome banho pouco tempo antes da colocação do monitor, uma vez que ele não deve ser retirado nas 24 horas seguintes.

Entre em contato com a Central de Atendimento Fleury e agende agora mesmo seu exame MAPA na unidade Fleury mais próxima de você.

Para sua comodidade, disponibilizamos o agendamento on-line. Clique no botão agendar no site Fleury e escolha a melhor opção para você ou realize o agendamento do seu exame via WhatsApp ou Messenger.

Converse sempre com seu médico.