Potássio: O que é, Como é feito o exame e mais

O potássio é um eletrólito muito importante para manter a função de todos os músculos dentro da normalidade.

Alterações desse eletrólito podem prejudicar o organismo e, por isso, o acompanhamento médico nas situações que possam aumentar ou diminuir seus valores é muito importante.

Sempre consulte o preparo e informações sobre esse exame com a nossa central de atendimento ou clicando aqui.

Todas as informações contidas aqui são de caráter informativo, não devendo ser utilizadas como diagnóstico ou substituição de uma consulta com médico especialista.

Como é feito o exame de dosagem de potássio no sangue?

Para medir os níveis de potássio, é feita uma coleta como em um exame de sangue comum, na qual é retirada uma pequena amostra de sangue do paciente, geralmente da veia do braço. Esse material é armazenado e, em seguida, enviado para análise em laboratório.

Em geral, recomenda-se jejum de no mínimo três horas.

Quais são os valores de referência para os níveis de potássio no exame laboratorial?

Os valores de referência, que são considerados como normais para os níveis de potássio no sangue variam de acordo com a idade dos indivíduos sendo, respectivamente:

Crianças:

  • Até 7 dias: 3,2 a 5,7 mEq/L;

  • 8 dias a 30 dias: 3,4 a 6,2 mEq/L;

  • 1 mês a 6 meses: 3,5 a 5,8 mEq/L;

  • 6 meses a 1 ano: 3,5 a 6,3 mEq/L.

Adultos: 

  • 3,5 - 5,1 mEq/L.

Fonte: Potássio - Manual de Exames Fleury.

Quando esse exame é solicitado?

Pode ser solicitado em diversas situações, como: insuficiência renal, consumo de medicamentos diuréticos ou algumas outras doenças, que podem incluir:

  • Insuficiência renal;

  • Consumo de medicamentos diuréticos;

  • Distúrbios eletrolíticos;

  • Doenças cardiovasculares;

  • Desidratação;

  • Distúrbios endócrinos;

  • Lesões musculares;

  • Distúrbios gastrointestinais.

Quais sintomas ou problemas de saúde podem estar associados aos níveis alterados de potássio?

Os sintomas relacionados aos baixos níveis de potássio podem ser: fadiga, cãibras musculares e prisão de ventre. Além disso, a deficiência de potássio também pode ser verificada em pessoas que apresentem vômitos constantes ou diarreia, e que fazem uso regular de medicamentos diuréticos.

Por outro lado, o excesso de potássio pode provocar transtornos cardíacos graves, e evoluir para consequências fatais.

Como são tratados os distúrbios de potássio no organismo?

Os desequilíbrios nos níveis de potássio podem ser tratados de acordo com a gravidade da situação e sua causa.

Em situações em que o nível de potássio está reduzido, é recomendado a suplementação por via oral ou intravenosa. Já em situação de excesso desse nutriente, pode ser necessário restrição dietética, medicamentos e até diálise.

De qualquer forma, é sempre indicado consultar um médico de confiança para entender a melhor forma de tratar algum distúrbio que tenha sido identificado no exame.

Conte com a segurança do Fleury para fazer seus exames!

No laboratório Fleury, você encontra todo conforto e segurança que precisa para atualizar seus exames. A coleta do material pode ser feita na unidade mais próxima de você sem necessidade de agendamento ou à domicílio - neste caso, basta agendar com o Fleury em Casa.

Entre em contato com nossos atendentes e consulte a unidade ideal para você, os convênios atendidos e as condições especiais para atendimento particular.